"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Encontros de Desejo


autor: abgailsafadinha
publicado em: 07/10/16
categoria: romance
leituras: 1117
ver notas




- Vamos Max vai ser divertido.

- Não estou muito afim leva a mal não.

- Você vai sim, te espero no carro você tem que se distrair um pouco.

Ele me irritava, Diovany era novato no corpo de bombeiros um excelente amigo mas um pouco persuasivo e chato, talvez ele esteja certo umas cervejas em um bar qualquer não ira fazer mal afinal.

- Cara não acredito que você não tiro a farda.

- Não pretendo demorar Diovany.

- Nossa Max já te falei que você e chato pra caralho, porra tenho uma amiga pra te apresentar então animo por favor.

- Ok, mas o chato aqui e você.

A brisa do fim de tarde estava me aliviando um pouco, conhecer alguém nesse momento delicado da minha vida não esta nos meus planos desde minha separação não tem sido fácil. Chegamos no bar e pegamos uma mesa mas afastada do palco um sertanejo universitário tocava ao fundo observando as pessoas dançarem e se divertir minha visão pairo sobre uma mulher que vinha em minha direção, em um vestido branco que realçava suas curvas cabelos loiros e olhos incrivelmente verdes aquela mulher além de linda me hipnotizou já não ouvia mais oque Diovany me falava só tinha olhos pra aquela mulher.

- Max essa aqui e Leila uma grande amiga minha conheci em uma viagem a fortaleza.

- E um prazer conhece-la

- Hum adoro a farda do corpo de bombeiros.

Dei espaço para que se senta-se ao meu lado a conversa segui simples e gostosa no resto da noite ao terminarmos nossas rodadas de cerveja resolvemos ir Diovany me deixo em casa e Leila quis ficar em um ponto em frente a meu apartamento nos despedimos e resolvi subir, tomei um banho rápido troquei de roupa e fui olha pela janela a madrugada estava fria, Leila ainda espera no ponto resolvi descer e chama-la para entrar.

-Leila ainda ai, acho que esse ônibus não vai vir hoje

-I agora ir, de a pé ia demorar uma eternidade.

-Que tal ficar lá em casa de manhã te levo

Subimos a escada ela foi em minha frente o balanço de seus quadris eram hipnotizante, chegamos em meu apartamento e nos sentamos no sofá.

-Pizza e vinho?

-Sim. Obrigada

Uma conversa gostosa seguiu começamos a nos abrir uma para o outro, o desejo foi aumentando aquela mulher além de linda era inteligente excitante.

- Podemos termina essa conversa de um jeito melhor Max.

A ideia era boa mas lembranças do passado resolveram aparecer, mas Leila leu meus pensamentos e essa noite prometia.

-Vamos pro quarto anjo, não pense em mas nada.

Me jogou na cama a visão de seu corpo era incrível se despindo devagar ajoelho no chão e veio engatinhado em minha direção tirou minha bermuda meu membro pulsou, o abocanhando com vontade passava a língua na cabeça e que língua.

- Max esta gostando e ?

- hunhumm

- isso não e resposta sim ou não ?

Passo as unhas nas minhas coxas gemi com aquela pegada forte

-Sim muito!

Já não aguentava mais gozei gostoso na sua boquinha, engoliu tudinho era minha vez a levantei e joguei na cama abri suas pernas sem cerimônia e que mel delicioso já estava escorrendo ela gemia e arqueava contra minha cabeça.

-Oh Max não para, seu cachorro me chupa vai

Meu membro já pulsava dinovo precisava me enterrar nessa buceta gostosa, abri espaço e pincelei a entrada e soquei, como estava quente sedenta por mim comecei lento saboreando o momento

- Max por favor !

-Calma anjo não vamos acelerar o momento.

Incrível acelerando as movimentos queria que dura-se mais, a pus de quatro só pra ter uma visão daquele rabo delicioso ums tapas só pra deixar vermelho aquela bunda, estocadas fortes e o clímax chegando gozei forte esfregando aquela boceta seu orgasmo veio junto ficamos a uns segundos recuperando o folego.

-Você e dimais.

-Você qui e gostosa.

Depois desse dia nos vemos mais vezes oque era pra ser transas por puro prazer se torno amor, e hoje ela e a mulher da minha vida.





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.