"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Vivendo a três.


autor: Joper
publicado em: 10/10/16
categoria: romance
leituras: 3094
ver notas




Me chamo Gabriela , moro na cidade de Cuiabá MT e vou relatar para vocês um fato que aconteceu comigo e que durante o tempo que durou, me fez muito feliz.

Tenho 28 anos , sou morena clara , 1.68 altura,e um bumbum invejável.Tive um relacionamento curto com um rapaz e que não foi legal , quando terminamos , consegui um emprego na casa de um casal de empresários aqui de Cuiabá, e notei depois de alguns dias que o patrão(Vou dar o nome fictício de César a ele. Moreno claro , 1.85 , forte e lindo)me olhava de uma maneira diferente , sempre o pegava me olhando de uma forma como quem estava louco pra me possuir. Não posso negar que por outro lado , eu também estava doida para dar uma saída com ele. Um dia , era um domingo, ele estava com a esposa(Vou chamá-la de Zélia. Mulher branca linda , olhos verdes, 1.70, uma gata)na piscina da sua casa e me pediu para apanhar uma garrafa de vinho que estava na geladeira, fui e quando entreguei a ele a garrafa ele segurou a minha mão e falou baixinho pra mim : - Acho que um dia você ainda vai ser minha, eu numa sacada rápida respondi: Você acha? ...eu tenho certeza. Rsrsrs , nossa foi a gota d'agua, o homem ficou doido.Na primeira oportunidade que ele teve de ficar a sós comigo , ele me pediu para sair com ele, eu disse a ele que bolasse um plano bem seguro que eu iria com ele.Combinou comigo de irmos a um hotel numa segunda feira . Ele saiu depois do almiço e disse para Zélia que iria fazer uma pequena viagem e que no dia seguinte pela manhã já estaria de volta , e combinou comigo que me pegaria em minha casa assim que eu deixasse o serviço que era as 18.hs.

Quando deu 19.hs em ponto ele buzinou o carro e eu saí correndo para o encontro tão esperado.

Fomos a um Motel de luxo , entramos e ele pediu um gim pra mim e um wisque pra ele , com muita calma começou a conversar comigo e foi me abraçando e nos beijamos ardentemente por um bom tempo. Tirou minha calça , blusa e sutiã , me deixando apenas de calcinha e começou a beijar e lamber quase todo o meu corpo. Eu pedi a ele que ficasse de pé, tirei sua camisa e me ajoelhei aos seus pés e fui desabotoando o cinto de sua calça e baixando-a bem devagar quando me deparei com aquele pau maravilhoso em minha frente , e sem tirar sua cueca , puxei-o para o lado e comecei a chupá-lo delicadamente fazendo movimentos diversos e sensuais, chupei aquele pau gostoso por alguns minutos , quando ele já gemendo me disse pra parar que ele estava quase gozando. Eu disse : Goza amor , goza na minha boquinha que eu vou beber todo o seu leitinho, mal tinha terminado a frase e ele jogou uma quantidade imensa de porra na minha boca, e como havia prometido a ele , engoli gota por gota foi de mais , mas eu estava querendo que ele me fizesse um agradinho também , foi quando ele tirou sua cueca e me pediu pra que eu me deitasse de bruços , o que eu fiz com o maior prazer.Abriu minhas pernas , baixou minha calcinha , e com uma lingua poderosa começou a lamber meu cuzinho , e entre lambidas ao redor , ele metia uma lingua dura e pontuda no meu anelzinho traseiro com uma força que chagava a doer, mas o prazer era tanto que eu não me importei , logo em seguida me virou de frente e me chupou ardentemente a bocetinha , até eu explodir em um gozo que nunca havia tido na vida. Em seguida partimos para um 69 extraordinário onde gozamos por várias vezes , e enfim me comeu a bocetinha e depois meu cuzinho , e quando não aguentávamos mais de tanto trepar , começamos a conversar , e foi quando ele me disse que uma vez enquanto fazia amor com a Zélia, surgiu um assunto sobre fetiches, e ele disse a ela que gostaria de um dia trepar com duas mulheres , e ela disse que também gostaria de trapar com ele e uma outra mulher, quando ouvi isso , fiquei louca de tezão e disse a ele que nós poderiamos armar um plano, mas ele disse que ela já nem se lembrava mais disso. Foi aí que eu tive uma ideia e falei com ele que eu ia tentar arrumar isso pra nós. Ele me olhou de uma maneira assustada , mas concordou. Voltamos a nos amar, demos mais umas boas gozadas e enfim o dia clareou. Fomos embora , passei em casa troquei de roupa e quase dormindo em pé fui para o trabalho. Duas horas depois , ele chegou dizendo pra Zélia que a viagem tinha sido muito boa.

Um dia meu celular tocou e depois que conversei com a pessoa por alguns minutos, a Zélia brincou comigo , dizendo ; Namorando hem ??? e eu aproveitei a deixa e estiquei o assunto, dizendo pra ela : Sabe Zélia , as vezes a gente tem uns pensamentos né ??? Uma amiga estava falando comigo agora que saiu ontem com um casal e que fizeram de tudo a noite toda, rsrsrs e eu fiquei pensando nisso agora. Será que é bom ??? Ela riu e respondeu : Claro que deve , não tem como ser ruim e eu tenho esse fetiche também , mas o César não levou a sério uma vez que falei isso com ele. Nossa , cheguei a gelar o corpo e pensei , tá fisgada . rsrsrsrsr. Contei a conversa pro césar e ele deixou passar um tempo e me disse que voltou a falar com ela sobre o assunto e que ela disse que ela aceitaria , desde que ela arrumasse a garota. Foi aí que eu entrei na jogada. Boba não sou , uma tarde ela reclamando de dores nos ombros , eu me dispus a fazer uma massagem nela , e ela espantada me disse: desde quando você sabe fazer massagem Gabriela? Brincando eu respondi: sou igual ao BomBril , mil e uma utilidade. E ela me disse , vem aqui pro quarto , vamos ver se você pode realmente me ajudar.Pedi para ela tirar a camisa e o sutiã e deitasse de bruços e fiz uma massagem legal nela só nos ombros mesmo. Estava cheia de tezão , mas me contive , pois o plano tinha que ser executado de maneira certa. Ela adorou , agradeceu e disse que queria outra no dia seguinte , de tão bom que ela achou. NO dia seguinte , mal acabei de entrar em casa e ela foi logo dizendo : Deixa a limpeza pra depois e me faça outra massagem daquela de ontem . Pedi pra ela tirar a parte de cima da roupa e se deitar, fiz como no dia anterior, só que pedi pra ela se virar de frente e comecei a fazer massagem nos ombros dela pela frente também, e de vez em quando deslizava a mão encostando nos seios dela , seios lindos por sinal, e fui devagar , com muito jeito , até começar a massagear os seios dela também , com muito tezão que eu já estava , fui me contendo , mas já estava toda molhada e parei de repente . Ela abriu os olhos e me perguntou: Porquê parou , estava tão gostoso. foi aí que eu fiz um draminha , rsrsrsrs fingí querer chorar e comecei apedir desculpas pra ela e ela sem nada entender, me perguntou , porquê eu estava chorando , eu respondí que chorava por que estava toda molhada e com muito tezão, mas que eu não podia fazer aquilo com ela , pois era minha patroa. Ela disse calma , vem aqui , e me abraçou e disse baixinho pra mim: Eu também estou molhadinha de tezão. Trancou a porta do quarto tirou toda a roupa dela e a minha também , e começou a me chupar e chupar e chupar eu eu gozei loucamente na boca da patroa e logo depois começamos a nos beijar , e em seguida passamos pra um 69 , e foi sensacional. Quando terminamos ela me pediu sigilo total e me confidenciou que de vez em quando ela transava com umas amigas lésbicas , e me perguntou se eu era também , eu disse não e foi a primeira vez que fiz isso, e ela me perguntou se eu gostei, respondi que sim , mas faltava um algo mais, foi aí que ela me disse: - Vou ver se o César topa entrar nessa com a gente e te falo depois, você aceita ? e eu ingênua que sou , rsrsrsrs respondi: se ele não fizer nenhuma objeção. Ela caiu na gargalhada e me disse: Objeção??? Pensa que eu não vejo como ele te come com os olhos ???Eu pensei : só com os olhos ??? rsrsrsrsr.Bom , ela marcou com ele , e eu fiz de conta que não tava nem aí. Numa sexta feira antes de eu ir pra casa , ela me falou: Você podia vir amanhã Gabi , venha comigo no salão de uma amiga , vamos nos depilar , que amanhã eu você e o césar vamos dar uma saída. Nossa Fiquei louca ,louca , louca , em fim havia chegado o grande dia. Fomos pro salão , nos depilamos e marcamos pra domingo saírmos as 2 da tarde para um passeio. Me pegaram em casa e fomos, fiz cara de que estava envergonhada e a Zélia me falou: fica tranquila Gabi , o Cézar é doido pra te dar uma comidinha mesmo. rsrsrsrsr ai ai . Fomos pra um Motel , Olha gente foi a coisa mais louca e delirante da minha vida ,chupei , fui chupada , dei a buça , dei o cuzinho , chupei o cuzinho dela ela o meu , foi sensacional. Repetimos isso por várias vezes , até que um dia eles se separaram e hoje só eu e Zélia estamos juntas , mas mesmo assim está bom de mais .

Espero que gostem do meu conto. beijos .

Gabí.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.