"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Cunhada e sobrinha


autor: Théo Ozga
publicado em: 02/03/15
categoria: incesto
leituras: 39332
ver notas


ESTE CONTO SERA CONTADO EM 6 PARTES, CADA DIA POSTAREI UMA PARTE.

Bom dia todos,eu não podia falar de minha vida com minha sobrinha,se antes não falace de minha cunhada,uma mulher de 38 anos,muito bem apessoada,pra não dizer uma mulher linda.tenho 42 anos,muito bem vividos,olhos negros,1,72alt,78kg, não costumo deixar barba nem bigode, e claro também procuro me depilar nas partes intimas, já que gosto de uma gata lisinha, ela também, deve me querer limpo de pelos, sou o que se pode chamar de bem dotado,(dote de 23x6cm),um pau descrito por minha cunhada,lindo e muito gostoso.
O caso aqui descrito e verdadeiro, na época do acontecido meu irmão mais novo sofreu um terrível acidente,ficando assim em uma cadeira de rodas,passado 1 anos do acontecido,ele me chamou pra uma conversa,e foi muito claro e objetivo:e disse:
-Théo...preciso muito de sua ajuda meu irmão!
Eu muito preocupado,e sem saber o assunto a que se tratava ,disse sou todo ouvido ,estou aqui pra te ajudar no que for preciso.Assim ele começou a conversa,dizendo:
-Como você sabe, eu não posso mais ser um homem de verdade para minha esposa por isso eu gostaria que você a conquistasse,e passasse a ser amante dela,pois tenho certeza que mais cedo ou mais tarde isso vai acontecer,amo minha esposa,sei que ela também me ama,não quero ver ela nos braços de qualquer um.
Aquilo ficou martelando em minha cabeça,sou um homem fogoso,adoro sexo,sempre fui muito leitor de tudo a respeito de sexo,bem antes da vinda da internet,eu já me deliciava com as revistas do gênero,por isso sou muito ligado a sexualidade e ao sexo,já tive encontro com casais,mulher sozinhas e claro muita farra,no mesmo dia no horário do almoço,senti minha cunhada mais linda ,vestida com um vestido leve,uma marquinha de calcinha que não era normal agente ver,minha sobrinha também é uma linda garota tem 19 anos,ela não deixou barato e disse:
-Minha mãe..você esta querendo provocar o papai hoje???
Ela apenas sorriu.O almoço transcorreu normal,depois do almoço fui pra meu quarto,que fica nos fundos da casa grande,logo ela chegou me trazendo uma xícara de café,aproveitei e perguntei sobre a situação de meu irmão,fui direto:
-Ele faz amor com você??
-Se você considerar...linguá...dedo...e beijos amor...então faz sim!
Ela ia saindo eu chamei de novo:
-Paula....a quanto tempo você não toca em um pau com vida?
-Mais o menos um ano....sabe Théo...hoje eu gostaria muito de poder tocar em um!
-Esta a perigo cunhada??
-Estou muito Théo....!!!....
-Quer pegar no meu cunhada?
-Não brinca com isso Théo!por favor.
Eu disse a ela que não estava brincando,que eu a desejava muito,e a muito tempo,queria muito fazer ela feliz,ai eu disse pra ela dizer ao meu irmão,que precisava fazer umas compras pra casa,e que eu ia ajudar no mercado,antes dela sair,peguei ela pelo braço,e dei um beijo nela, beijo correspondido por ela, ela tremia ,não sei se de medo ou de tesão, levantei seu vestido,toquei sua calcinha,que já se podia sentir uma pouca umidade,seus seios estevão livres no vestido toquei eles de leve,empurrei ela em direção a minha cama,ela disse que ali não, apenas eu fiz obedecer meus movimentos,ela ficou de quatro na cama,subi o vestido,ate a altura do bumbum, assim pode ver sua calcinha enterradinha, nesta posição dei um beijo na xaninha ainda por cima da calcinha, e outro em seu cuzinho, que quase engoliu meus lábios com uma piscada, ela soltou um urro, parecia um animal morrendo, sai de perto, ela continuava na mesma posição, fiquei admirando seu belo rabo, em seguida ela virou pra mim e disse:
-só?
Eu disse que na naquele momento era só, mais se caso ela quisesse continuar era para ela falar ao meu irmão sobre a compra, e mais se concordava era pra ela tirar a calcinha e deixar em cima da minha cama, e entrei no banheiro!
Quando eu sai do banheiro, encontrei um bilhete em minha cama, dizia assim: -Eu sei o que vocês estão fazendo!é justo?
Fiquei muito intrigado com aquilo, na casa só tinha eu e meu irmão que sabia de tudo, minha cunhada, minha sobrinha e a empregada, digo a secretaria do lar. Fiquei bastante assustado, mais não dei bola, afinal, eu tinha o consentimento de meu irmão e claro tava atendendo um pedido dele, saímos, fizemos umas compras de verdade, pedido de meu irmão, para que sua filha Suewa, não desconfiasse de nada, e fomos para um motel, la dentro agente se acabou a muito eu desejava minha cunhada, ela estava cheirosa, estava de saia e blusa,há estava me esquecendo no mercado eu encochava ela a todo momento, e ela dizia que eu era muito safado,que estava saindo melhor que a encomenda, não entendi nada mais não estava ali pra entender e sim deixa-la um pouco feliz,ela disse:
-Théo...sempre tive curiosidade pra sentir seu pau, pois seu irmão sempre disse que seu pais fora generoso com você, pois tem um pauzão, embora eu já tenha visto na sunga na piscina, mais assim ao vivo deva ser bem melhor.
Tireia roupa e aproximei dela disse:
-pega nele mata sua vontade! O que mais você tem vontade cunhada??...chupar???já sentiu muita porra na boca??? Aproveita cunhadinha...de agora para frente todos os dias você vai poder me usar, risos.
-Théo...lava meu rosto com sua porra, sua noiva disse que é a melhor parte de uma transa com você, ser banhada por sua porra....!!!hum.....,eu não sabia que minha noiva tinha essas conversa com ela.
Ela me disse :
-tem muita coisa que você não sabe Théo...por exemplo....se eu dissesse que ela sabe que você ta aqui comigo....???
Fiquei mudo, e continuamos nossos beijus e caricias, todo esta nossa conversa, acontecia rolando na cama, mamei seus peitinhos gostoso, tocava sua xaninha molhada com os dedos, passava aquele melzinho, nos biquinhos dos peitinhos e sugava com força,ficamos nessa por muito tempo, ate que ela resolveu chupar meu pau, quase não cabia em sua boca,mais ela o engoliu,parou a chupada e disse:
-É verdade que nunca uma mulher conseguiu engolir sua porra, digo toda sua porra?
-Sim nunca! quem te disse isso??se nunca falei isso com você!
-sua noiva!
Ela continuava chupando e me deixando louco que boca maravilhosa, ai não resistia mais preste a gozar coloquei ela de 4 e fui metendo na xaninha dela, eu podia ver sua suas unhas cravada no travesseiro....ela gozou assim que eu coloquei na xaninha, ela gozou sem almenos um movimento, apenas na entrada, eu nunca tinha visto nada parecido, era uma melação total, então peguei ela na posição papai mamãe, e meti, meti por uns 10 minutos sem parar bombava com força, ela gemia chora gritava dizia que ia se acabar em gozo, foi ai que não aguentei e e disse que ia gozar.
Ela disse :
-Em emu rosto, em meus rosto!
Eu apenas obedeci ao seu pedido e foi porra em seu rosto ,cabelos, seios, o banho completo, risos, caímos um ao lado do outro, ai ela me disse tudo sobre as conversa com minha noiva, inclusive da força que minha noiva vinha dando a ela pra estarmos ali naquele momento.
-Resolvemos então irmos embora, ao sairmos do motel havia um táxi do lado de fora , levei o maior susto quando a porta se abriu e desceu minha sobrinha acenando, parei ela entrou no carro com lagrimas no rosto, mais não fazia um ruido se quer apenas lagrimas descia de seus olhos mel, minha cunhada disse:
-Filha eu posso explicar!
Mais ela cortou e disse:
-Explica pro meu pai assim que chegarmos em casa!
Ao chegarmos em casa ela correu pra seu pai chorando e destampou a falar que tinha nos visto saindo um motel, que tinha visto eu fazer caricias na sua mãe em casa, seu pai calado ouviu tudo, chamou ela pro quarto de casal dele eu e minha cunhada ficamos na sala. Dez ,vinte,trinta,quarenta minutos, ufaaa...ai eles volta ela abraça a mãe pede decupas, se volta para mim e diz:
-vc ainda continua sendo o meu tio favorito e meu tio maravilhoso, e eu ai o admiro muito tio, nisso minha noiva adentra a sala, ela arregala os olhos e sem se conter diz;
-E ela tio sabe?
Não tenho temo de dizer nada, pois minha noiva se antecipa e diz:
-Sei, não só sei como concordo,sua mãe ainda é jovem tem desejos, vontades, e não quer ficar por ai a procura de homem, alem do mais seu tio da conta de nos duas, e deve se respeitar ainda mais a atitude nobre de seu pai.
aproximou-se dela e disse algo em seu ouvido, que só fiquei sabendo depois, ela me disse que havia dito a ela que eu daria conta de três até 4.

espero que gostem,não sou escritor, APENAS estou dividindo parte de minha vida com os leitores.

theo_ozga_vitury@hotmail.com......




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.