"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Doce Passageira


autor: Sr cafajeste
publicado em: 02/11/16
categoria: casual
leituras: 3705
ver notas




Decidi me aventurar a trabalhar como motorista Uber como uma fonte de renda extra, confesso que estou até gostando, fora o horário que eu faço é o noturno, está indo tudo bem.
O mais bacana de tudo é as pessoas que entram em seu carro, lugares que você nunca pensou em ir, histórias malucas, e até sexo oral já fizeram em meu carro rsrs. De vinte viagens que chego fazer as vezes em uma noite, mais de quinze são mulheres, isso mesmo, a maioria mulheres saindo de faculdades, escolas, indo e saindo de bares e shoppings
Dirigindo dificilmente puxo assunto com as pessoas, as vezes nem chego a ver o rosto de quem sentou no banco de trás, claro que algumas mulheres chamam atenção antes mesmo de entrar no carro. O que irei relatar aqui é sobre a Lorena. (Lory, como estava no aplicativo Uber)
Era segunda feira, tinha acabado de deixar duas passageiras no morumbi, tocou o aplicativo, aceitei a viagem, apareceu Lory o nome da passageira, a menos de 1km dali onde eu estava, chegando no destino, um condomínio luxuoso, no portão principal uma bela mulher, nem alta nem baixa, loira, cabelos longos, usava uma roupa social de cor azul marinho, salto alto, com uma mala de viagem Desci do carro, abri o porta malas, guardei a mala dela e abri a porta traseira para ela entrar. O delicioso e provocante perfume dela tomou conta do carro.
Boa Noite senhorita Lory.

Boa noite Nick, eu estou super atrasada, meu vôo sai de guarulhos em mais ou menos 1h30, será que você consegue chegar lá em 50 min?

Entrei no carro, verifiquei o tempo de viagem pelo aplicativo, estava dando 58 min.

Então Lory, posso tentar, mas a viagem não vai ser tranquila. Alta velocidade de é que me entende.

Ah sim, sem problemas, então vamos por favor.

Ofereci água, bala, não aceitou, no meu carro tem Wifi e Bluetooth, ela conectou o seu celular no som do carro e controlou as músicas. Até na metade do caminho ela ficou muda, mexendo em seu celular, até que para quebrar o gelo perguntei.

Pega sempre a Uber Lory?

Não, na verdade eu gosto de dirigir, só quando preciso viajar que pego mesmo. Mas é bem bacana esse sistema da Uber, confesso que gosto muito quando uso. Eu só acho que nós passageiros poderíamos escolher o motorista ou o tipo de carro que pega a gente.

Poxa que bom que você está gostando, agora em relação a escolher o passageiro, muitas outras pessoas já me disseram isso também. O que eu indico aos passageiros é procurar pegar o contato dos motoristas e aquele que ele gostar, poderá chamar para fazer uma corrida particular. Assim os dois ganham, o passageiro por ter um motorista de seu gosto e o motorista por não ter o desconto pela Uber.

Poxa Nick, boa idéia. E você sempre trabalha a noite?

Sim, meu horário é sempre após as 18h, e paro normalmente 01h da manhã, a não ser se eu tiver uma corrida particular agendada aí estendo um pouco mais.

Legal, então vou querer um cartão seu pode ser? Eu chego no Domingo a noite, umas 22h, mas te mando uma mensagem confirmando antes.

Sim, sem problemas. Aqui está meu cartão, tem meu whats, meu e-mail, quando você, amigos, familiares precisarem é só chamar.


Nisso o celular dela toca, parecia ser o namorado ou noivo dela, começaram a discutir, do nada ela desliga e começa a chorar. Eu percebo o clima meio pesado e eu mesmo troco de música, coloco um pop mais agitado.


Está tudo bem? Quer uma água?

Não, obrigada, eu não sei o que eu faço com esse noivo imprestável que eu arrumei. O cara só quer saber de beber com os amigos meu, quase todos os dias, nem se ligou que hoje eu iria viajar, aff.

Humm, entendo, as vezes ele não está preparado para assumir uma responsabilidade desse tamanho, ou uma mulher linda e inteligente como você.

Ela me olhou pelo espelho, sorriu…


Obrigada Nick. Sabe eu estou cansada, ele ao menos poderia me levar no aeroporto, mas nunca se preocupou em me levar nem buscar, só quer saber de sexo, pagar de gatinho com os amigos.

Eu entendo você. Mas se ama ele de verdade, chama ele, senta e conversa, fala pra ele tudo que você não está gostando nele, se ele gostar de você vai entender.

Nisso ela tirou o blazer, ficou apenas com sua camisa social, abriu um botão, ali deu para perceber o tamanho dos seus seios, lindos, médios, bem pontudos. Começamos a trocar olhares pelo espelho, ela falando da vida dela, uma advogada de uma multifuncional, estava indo viajar, pois teria duas audiências no dia seguinte. As doces palavras que ela falava, o olhar penetrante que ela tinha, os cabelos dourados, tinha me despertado um tesão que a algum tempo não sentia.
Chegamos em Cumbica, fiz o trajeto em 49min, ela adorou ficou super feliz.

Putz Nick, que maravilha, fiquei com medo de perder meu vôo, nem sei como te agradecer.

Relaxa, esse é meu trabalho, você ficando satisfeito com ele, já é o suficiente.

Sai do carro para pegar a mala dela, abri a porta para ela sair, ao se despedir, me surpreende com um beijo no rosto, fiquei bem surpreso, primeira passageira que me da um beijo rsrs. Ao voltar para o carro, percebi que tinha uma nota no banco da frente, era R$50,00, fiquei em dúvidas, aliás o pagamento dela tinha sido em cartão de crédito, não havia necessidade em me pagar. Mas enfim se ela deixou lá, devo ter agradado ela.
Meu próximo passageiro que entra no carro era um senhor já bem de idade, ele me chama e me entrega alguma coisa.

Ei Moço, acho que esqueceram aqui no teu carro.

E me entrega um Batom, que possivelmente seria da Lory. Peguei e guardei no porta luvas.
No Domingo de manhã recebo uma mensagem no whats;

Nick bom dia tudo bem? Aqui é a Lorena, vou desembarcar hoje em Cumbica às 21h, teria como me buscar? Claro se estiver disponível.

Com certeza, às 20h55 vou está te esperando.

Ótimo meu lindo, muito obrigada, o portão de desembarque é o 2. Bjs.

Bjs Lory…

Tive uma sorte que no domingo apareceu um cliente para Guarulhos, deixei ele lá e fiquei na espera dela, as 221h05 ela me manda uma mensagem dizendo que estava chegando a plataforma de desembarque da Gol. Foi bem fácil a localização, também uma mulher linda e elegante como ela, não passa despercebido. Nesse dia ela usava um vestido justo preto com detalhes branco, sexy melhor resumindo, um batom rosa e o salto alto. Dessa vez eu a beijei seu rosto.

Boa noite Lory, vamos?

Boa noite Nick, muito obrigada por vir me buscar. Posso ir na frente hoje?

Você é quem manda.


Abri a porta da frente, ela entrou, se descuidou e mostrou sua calcinha vermelha, ela percebeu que eu vi e ficou sem graça.


Acho que isso aqui é seu.

Entrego o batom na mão dela.


Nossa, bem que imaginei mesmo que tinha esquecido em algum lugar rsrs. Valeu.

Aquele perfume que ela usava era uma delícia, provocante, ela era uma mulher elegante. Ela pediu para passar na casa do seu Noivo na zona norte, iria fazer uma surpresa para ele, e de lá os dois iriam sair. Dessa vez o papo foi mais agradável, ela disse que sua viagem foi ótima, ganhou as duas audiências logo no primeiro acordo, ela estava bem feliz, Isso era notável.
Chegamos na casa do noivo dela…

Quanto foi Nick?

Poxa, não é nada, na viagem anterior você deixou R$50,00 no banco sendo que a corrida tinha sido em cartão.

Não, Não, aquele dinheiro foi uma gratificação, esquece ele. Vai me fala quanto é?

Poxa obrigado, R$60,00 está bom?

Está mais que ótimo.


Meu deu uma nota de R$100,00.

Fica com o troco Nick.

Não questionei, desci do carro, tirei a mala dela, abri a porta para ela descer, novamente ela se descuida e me deixa ver sua calcinha, mas dessa vez um descuido mais indiscreto, com direito a uma paradinha para olha em meus olhos e me pegar no flagra olhando sua calcinha.

Menino, cuidado rsrs. Olha, comprei esse presente para você, quando senti ele, achei a sua cara, homem charmoso, fino e educado. Acho que você irá gostar.

Poxa não precisava, obrigado. Olha, quando precisar me chama, a qualquer hora, qualquer lugar. Ah após as 18h rsrs.

Ela solta um sorriso maroto, me beija no rosto e entra para o prédio onde seu noivo mora.
Mais ou menos 1h da manhã comecei a sentir sono, então desliguei o aplicativo e fui em direção a minha casa, meu celular toca, Lory na tela chamando.

Nick, não sei se está trabalhando ainda, mas teria como me buscar aqui no Jardins? Por favor, meu noivo encheu a cara, brigamos e o fdp me deixou aqui sozinha.

Ela estava com uma voz meia que rouca, aparentava que estava chorando.

Sim, te busco claro, me passa o endereço.


Cheguei em 15min, nem esperou eu abrir a porta, ela mesmo entrou e se jogou no meu colo, cheirando cerveja, chorando.

Calma, vai ficar tudo bem? Cadê sua mala?

Deixei na casa do traste, amanhã eu mando alguém buscar. Eu não aguento mais Nick, ele mudou tanto sabe, eu estava com pena dele por ele ter perdido o irmão em uma acidente de carro, mas não vai dar, não quer ser infeliz ao lado de um homem que só pensa em beber.

Abracei ela, fiz um cafuné, passei a mão em seus cabelos, enxuguei suas lágrimas.


Já já isso passa, o que não pode é você sofrer por uma pessoa que não liga para seus sentimentos, quer ir para sua casa?

Sim, me leva por favor, desculpa Nick, de verdade, mas a primeira pessoa que pensei em ligar foi para você.

Sim, fico feliz, lembra que te avisei que poderia me ligar quando precisar, o dia e a hora que quiser após as 18h rsrs. Isso era verdade. Vou te levar para casa, você precisa tomar uma banho, relaxar, tomar um chá ou um copo de leite quente.

Ahh não me lembra disso, eu moro sozinha Nick, não sei fazer nada, não cozinho nada, como sempre em restaurantes.

Se quiser posso fazer um chá ou um leite para você e alguma coisa rápida para você comer.

Menino, para de me mimar assim assim rsrs, você já está fazendo muito por mim, deixa que eu me viro.

Sinto que você não sabe se virar sozinha, parece ser forte, mas apenas por fora. Precisa ser forte por dentro também.


Ela dormiu até chegar em seu condomínio, delicadamente, passo a mão em seu rosto, ela desperta.

Entra na garagem, pode entrar.

O segurança viu que ela estava no carro, ela liberou e entramos. Parei em sua vaga, abri a porta para ela descer, ela abriu as pernas, novamente não teve como disfarça e olhei para sua calcinha vermelha, dei a mão para ela, ela se jogou em meus braços, peguei ela no colo e subi com ela. Meia tonta ela me fala;

Ele nunca me pegou no colo, você deveria dar umas aulas a ele, como tratar uma mulher.


Eu estava bem excitado com ela ali em meu colo, estava louco de tesão por aquela mulher, mas jamais iria abusar dela. Chegamos em seu apartamento, deixei ela sobre o sofá.

Você precisar tomar um banho e descansar.

Vou para o banho.

Ajudei ela até o banheiro, ela preferiu a hidro, deixei ela lá e fui na cozinha preparar algo para ela comer. Não tinha nada rsrs, acho q ela não fazia compras a tempo, só tinha bebidas. Fui até seu quarto, bati na porta e entrei. No chão seu salto alto e seu vestido jogado, na cama a sua calcinha vermelha, minúscula, sexy, de renda e um lacinho atrás. Não resisto, pego a calcinha cheiro, que delícia de cheiro, parecia estar muito úmida, talvez molhada, talvez excitada, sinto cada detalhe dela em minhas mãos, beijo ela por inteira, guardo em meu bolso. Minha excitação fica a flor da pele, meu pau duríssimo.

Nick? Está aí?

Sim Lory, estou aqui.

Vim ver se está tudo bem e se quer algo para comer, em seu armário não tem nada, na sua casa só tem bebidas rsrs.

Ótimo, pega lá um vinho do Porto Rubi, traga duas taças e venha aqui comigo.

Tem certeza?

Pensei que você já estava me trazendo.

Fui logo em seu barzinho, peguei o vinho que ela pediu que eu adoro também, duas taças, e abri a porta do banheiro. Vejo ela na banheira coberta por espuma, apenas os bico dos seios quase à mostra, durinhos, do nada ela olha para minha calça, vê eu excitado, meu pau de lado, tento disfarçar, mas ela mesmo assim continua olhando.

Menino levado, para que tudo isso? Uauu. Agora me diz, o que vou que te deixou assim?

Tirei do bolso a calcinha dela, levei a minha boca e fiquei olhando em seus olhos.

Só queria deixar você ver por inteiro o que já tinha visto um pedaço. Gostou?

Sem falar nada, abro o vinho, coloco na duas taças, tiro minha roupa, primeiro a camisa, depois abro minha calça, fico de cueca box vermelha, meu pau de lado pulsando, passo a mão por cima dele, ela passa a língua em seus lábios, então abaixo minha cueca mostrando meu pau por inteiro para ela, duro, excitado e cheio de tesão, pego as taças e entro na banheira com ela, fico olhando em seus olhos, entrego a taça em sua mão, ela me olha, e de uma vez vira a taça, eu faço o mesmo, pego a taça da mão dela, coloco na mesinha, e vou em sua direção, devagar passo a mão entre seus cabelos, olhando em seus olhos, devorando ela com o olhar, me aproximo, pego firme em sua nuca e a beijo. ela fica sem fôlego, arranha minhas costas. Paro, olho em seus olhos e falo;

Aperta o play e deixa o jogo rolar.

Safado, assanhado, tarado, fiquei com tesão em você quando olhou a primeira vez para minha calcinha, na segunda vez já queria dar para você, fiquei tão molhada que tive que ir no banheiro do meu noivo dá um jeito, e agora está aqui, na minha Hidro, todo meu, por inteiro. Só vai sair daqui quando me satisfazer. Ninguém mandou me provocar.

Ela então sobe em cima de mim, me beija loucamente, puxa meu cabelo, me chamava de puto safado, cachorro, ela então segurou meu pau e sentou em cima, que delicia, que maravilha de buceta, toda pequena, apertada, molhada.


Ahhh caralho que pau gostoso, só de ver você tinha imaginado que esse pau seria uma delícia, ai tesão da porra, me fode Nick, me come, me devora, me usa, abusa, faz o que quiser comigo, sou toda sua.

Safada, desde quando senti o cheiro do seu perfume, senti um tesão em conhecer esse corpo de outra forma, quero apenas te satisfazer, te fazer gozar…

Seguro na bunda dela e ajudo ela subir e descer, ela cavalga gostoso, o gemido dela é uma loucura, quente e gostoso demais. Ela senta em meu pau beijando minha boca, senta firme, forte até gozar pela primeira vez, ela gozou tanto que seu corpo ficou tremendo por um longo tempo, ficou tão sensível que meus beijos em seu corpo arrepiava ela todinha, mesmo assim não parei, continuei, fiz ela gozar mais uma vez nessa posição.

Ai caralho menino, que tesão, assim você acaba com ela, comigo, aiii porra que delicia de pau, menino selvagem. ahhh hummmmm. Delícia.

Levanto ela, pego a toalha e seco seu corpo, pela primeira vez tendo uma visão completa de seu corpo, aquela linda mulher, aquela deliciosa, maravilha, sem salto, baixinha, bunduda empinadinha, marquinha de biquíni, tipo aquela falsa magra, seios como falei, médios, bem durinhos e pontudos, gostosa por inteiro, e aquela boca carnuda que beija muito bem. deitei ela na beirada da cama, abro as pernas dela revelando aquela bucetinha deliciosa, um grelo fora do normal, grande, magnífico, me deu uma loucura de chupa la. Mas começo aos poucos, beijando sua boca, seu pescoço, passeando a mão em seu corpo, seios, grelo, ela estava super molhada, muito excitada que meus dedos entravam facilmente, ela se tremia toda, penetro dois dedos na bucetinha dela, e com a boca mordo seu mamilo, penetro forte e rápido, não demora muito ela esguicha em meus dedos, gozando deliciosamente.


Ahhhhh, ahhhh filha da puta, hummmm, que delícia uiiiii, isso é bom demais, quero mais, me faz gozar, me faz.


Contínuo, ela goza varias vezes, deixa a cama toda ensopada, gozava uma atrás da outra, eu amava aquilo, ela adorava e sentia mais prazer a cada toque. Ela já estava muito sensível, fui chupar aquele grelho maravilhoso, gozou na minha boca em menos de um minuto, que delicia aquela loira, que foda gostosa, e ainda nem tinha penetrado meu pau dentro dela. Dou um tempo para ela respirar, mas ela era insaciável, veio para cima de mim, pegou meu pau, segurou firme, olhou em meus olhos e devagarinho foi colocando sua boca, aos poucos engolindo, até enfiar todo em sua boca, que mulher maravilhosa, que boca, macia, gostosa, loucura. Começou um sexo oral frenético em mim, chegava a babar todinha no meu pau, escorria saliva, isso era maravilhoso, estava quase me fazendo gozar só no oral, coisa que é difícil acontecer, muito difícil. Mas ela era boa, percebeu que eu estava quase gozando, chupava fazendo barulho, aquele que todo homem fica louco quando uma mulher faz um oral com vontade, gozeiiii.


Ahhhhh isso, isso, não acredito, vou gozar, aiii caralhooooo que delicia de boca ahhhhhhh porra que delicia….

Gozei, mas gozei muito em sua boca, escorria pelos cantos da boca dela, ela se lambuzava com ele, olhando em meus olhos com aquele olhar de mulher safada, mulher querendo mais. Ela foi se limpar, encheu as taças de vinho e trouxe na cama, me lavei também e voltei para ela, meu pau ainda estava duro, queria mais, e ela muito mais. Ela veio por cima novamente posição do agachamento, segurei a mão dela e ela sentou com vontade, gozava litros, me lambuzava, não parava, aquilo era gostoso demais.


Caralho Nick, nunca gozei tanto na minha vida como hoje, que pau delicioso você tem, que delícia hummmmm. Meu macho, meu motorista, meu gostoso.

Ainda faltava uma posição que se não tiver ela numa transa, transa seria incompleta, de quatro, trouxe ela pra beirada novamente, coloquei dois travesseiros por baixo dela para ficar com aquela bunda magnifica empinadinha para mim. Antes de enfiar, chupei gostoso aquele cuzinho dela, passava a ponta da língua, lambuzava ele, até começar a penetrar um dedo, dois dedos, ela rebolando. Desistir da bucetinha dela, coloquei meu pau em seu cuzinho, devagarinho ela mesmo foi rebolando e encaixando ele, até entrar tudo, começo a enfiar devagarinho, aumentando o ritmo aos poucos, com uma mão pego os cabelos dela, puxo firme, a outra seguro sua cintura, enfio, meto, fodo aquele cuzinho do jeito que ela pedia para foder.

Isso Nick, fode meu cu fode, fode caralho que delicia Nick, aii que pau gostoso, uiiiii caralho meu cu, delicia vai Nick, vaiii caralho. Aiiii to gozando pelo cu, aiii, porra que delicia isso, ahhh como é bom.

Ela estava caindo na cama, mas não deixei, segurei firme.

Vem aqui cachorra, vem, vou gozar de novo.

E gozei novamente, caímos os dois sobre a cama, terminamos a garrafa de vinho, ela pediu outro, e ficamos nessa, sexo, vinho, sexo, vinho. Quando vi já eram quase 6h tinha que entrar no meu trabalho fixo às 7h, fui tomar banho, quando sair ela estava dormindo, me vesti e dei um beijo nela. Passei numa padaria e mandei entregar uma cesta de café da manhã para Lory. Eu estava esgotado, mas feliz e satisfeito, transei gostoso com uma mulher maravilhosa, se terá outras vezes, ai só o tempo irá dizer. Mas ela acordou, me mandou mensagem dizendo que amou a noite, que vai ser inesquecível para ela, mas que vai pensar em tudo que aconteceu, adorou a cesta de café da manhã. E foi Isso minha primeira aventura como motorista Uber.

Desculpem se houver alguns erros, meus texto são sempre digitados pelo celular.


srcafajeste.sp@gmail.com















ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.