"Os mais excitantes contos eróticos"

 

1˚ vez como Dominadora


autor: angelluz
publicado em: 07/11/16
categoria: hetero
leituras: 1127
ver notas


Galera boa Madrugada, bom como venho dizendo sou viciada em sexo e gosto de contar oque realmente já fiz. Neste conto vou contar uma experiência que poucas pessoas sabem quando " Dominei pela 1˚ vez com Inversão de Papéis".

Bom era um final de semana e eu havia ido buscar umas coisas em Lorena Sp, ainda de tarde na casa de um rapaz fiquei excitada vendo ele e sua ficante fazendo sexo, sai de lá era umas 22h e cheguei em minha cidade quase de madrugada. Para não atrapalhar e não acordar ninguém de casa fui dormir num motel.
Assim que adentrei no recinto peguei tomei um banho bem demorado e me deitei nua na cama, cansada de ficar só entrei numa sala de Bate- papo do Uol. Que sempre em certo hora da madrugada tem muitas pessoas procurando alguém para transar, muitos rapazes, casais e lésbicas me chamaram, tratei de dar minha atenção a todos.
O casal queria que eu os olhasse fazendo sexo pela câmera, me passaram o Skype deles e lá fui eu, enquanto eles faziam eu me tocava, gemendo com ele chamando sua mulher de cadela, metendo na buceta dela, até que recebi uma mensagem bem intrigante.
"Olá Angel, sei que és mulher e que isto pode parecer meio estranho, mas estou a procura de uma mulher que aceite me dominar e fazer uma inversão de Papéis. Bom se quiseres me chama no meu skype, eu irei paga-la." Peguei o tal email e o chamei.

- Olá sou a Angel, vi sua mensagem e me interessei muito.
- Que bom, você já fez isto antes?.
- Bom ainda não, mas não há nada que me impeça.
- Bom sou bi sexual e amo quando sou dominado tanto fisicamente como verbalmente.

Disse que que amava ser chicotiado, amordaçado e mais do que nunca amava inversão de papéis oque para mim era uma certa novidade. Ele me dizia que eu amaria me deixaria poderosa e tudo mais.
Aceitei mas disse que não tinha nada comigo aonde eu estava, ele realmente queria e falou que me levava tudo e me perguntou onde eu estava. Respondi que em um motel beirando a Dutro Bips mas especificamente, ele me pediu o número da suíte, suíte 15.

- Okay em meia hora chego ai.

Liguei para a recepção avisando que estava esperando um rapaz e que poderiam deixá-lo entrar e fui me arrumar. Botei o que estava comigo, uma lingerie preta fio dental, espartilho vermelho que tenho até hoje, bota de salto, batom vermelho e fiz um coque e sentei na cama para o esperar.
Ele chegou abri a porta do quarto, um rapaz loiro branquinho, estava bem arrumado e cheiroso. Entao eu disse para ele bem safada....
- Vem vamos logo por que quero algemá-lo e comer este seu cu.
Humm neste momento fiquei com um enorme tesão. Deitei na cama e mandei ele tirar a roupa, ele me obedeceu pondo a mochila sobre a mesa. Fui até ela e abri vários acessórios de sadomasoquismo, chicote, amarra, mordaça e algemas. Ele havia esquecido o consolo.

Peguei liguei para a recepção pedindo um e eles me mandaram. Coloquei ele de joelhos amordaçado e algemado, peguei a cinta peniana e coloquei. Fiz ele chupar aquele pau 18cm, ele ali indefeso olhando para mim começou a chupar, eu puxei seu cabelo logo disse.
-Não esqueceu de nada?
- Não do que?
- A cada ordem você vai dizer sim minha dona. Agora chupa meu pau gostoso.
- Sim minha dona( me derreti ouvindo isto).
Logo peguei as amarras pedi para ele deitar de bruços, ele logo deitou amarrei sua pernas uma de cada lado da cama, assim poderia tê-lo de pernas abertas o tempo todo. Ele estava ali deitado e indefeso pronto para ser estuprado. Cheguei por trás passei lubrificante no seu cu e me posicionei.
- Minha dona põe devagar meu cu é apertadinho e pode Machucar.

Assim foi fui pondo devagar , era bem apertado, fui forçando o pau aos poucos para entrar porque era grande e grosso ele gemia alto, forcei um pouco mas até que entro tudo( minha pepeca tá até piscando comigo lembrando dele gemendo).
Comecei a entrar e sair com o pau do cuzinho dele, hummmm era um entre sai perguntei se estava doendo ele disse que um pouco e começou a gemer de dor e ao mesmo tempo de prazer.
- Vai minha dona não para. ( ele pedia dizendo que estava muito gostoso).
- Ai que delícia que cuzinho apertado( dizia eu com tanto tesão).
Ele não parava de gemer enquanto eu comia seu cu ao mesmo tempo que lhe dava chicotadas.
- Toma meu cachorro oque você merece.
Ele tava com muita tesão, eu tirei o consolo do cuzinho dele mandei ele se ajoelhar e lamber lamber minha vagina por que vi ele gozando e gozei também. E merecia em forma de agradecimento.
Ele se pôs e começou a me chupar tirando o consolo me deitou na cama.
- Agora é sua vez de ser comida minha dona.
- Ai então fode sua dona gostoso vai,come a bucetinha dela.
Ele começou a por devagar, e foi metendo entrando e saindo da minha vagina( Humnmmmm vai assim mete vai).
-Ai que delícia de buceta, gostosa e quente.
- Então faz ela gozar neste pau gostoso.
Ele socava com tanta força que eu gritava de prazer até que me pediu para ajoelhar de costas para ele, eu ajoelhei e logo senti a cabeça de seu pau no meu cuzinho ele começou a por e quando entrou tudo metia com força( ai vou gozar aqui).
Gritei de parazer e gozei novamente e ele não deixou quieto se pôs em minha frente bateu uma e gozou na minha cara.

Bom este foi mas uma de minhas experiências espero que gostem, deixe um comentário e sua nota são importantes para mim e me inspiram a contar mais uma loucura sexual que já tive.





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.