"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Poema de um de meus leitores.


autor: angelluz
publicado em: 07/11/16
categoria: hetero
leituras: 564
ver notas


Nada melhor que ver que muitas das pessoas que lêem meus contos estão gostando e ainda acordar com um poema em minha tela me mostra que realmente estou os matando de desejo.

Obg meu escritor anônimo como dito irei compartilhar seu poema.

que fazes tu com esse decote? Pura maldade para os meus olhos? Porque mordes o teu lábio inferior? Avisas assim o que farás ao meu lábio? Esse sorriso malandro o que anuncia? O que faço a esta vontade que pretende saltar desde o interior da minha pele? Fecho os olhos e deixo-me ir? Abro a boca à espera dos teus lábios? Fico de garganta seca à espera da tua saliva. Vem, não me mates mais com essa imagem, vem, para eu sentir o teu cheiro, deixa a minha língua sentir a tua pele, mesmo nesses sítios mais escondidos onde somente os teus dedos passeiam. Vamos esquecer a gravidade e rebolamos um no outro até nos evaporarmos como os desejos mais longínquos. Vem com esse decote mostrando o olhar doce e quente.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.