"Os mais excitantes contos eróticos"

 

meu 1˚ anal


autor: angelluz
publicado em: 07/11/16
categoria: hetero
leituras: 4539
ver notas


Bom pessoal muitas pessoas estão me chamando no email com a curiosidade de porque amo dar meu cuzinho então pensando nisto resolvi contar-lhes como foi meu 1˚ anal espero que gostem.



Bom eu estava na casa de uma amiga com a famosa desculpa de fazer um trabalho de escola oque de fato era meio que verdade, ela e sua família já sabia que eu e o irmão dela estávamos tendo um caso.

Eu tinha 17 anos e ele 23, ele trabalhava no quartel e nos víamos sempre que possível perto da casa dele, neste dia estava chovendo muito e ele chegou enxarcado. Fiquei observando sua bermuda colada, seu pau estava bem evidente 20cm. Minha amiga começou a falar comigo mas nem prestei tanta atenção ele foi até mim e me deu um beijo " Oi minha gatinha tudo bem?." E eu respondi que sim.

Ele foi tomar um banho, então terminamos o trabalho e minha amiga perguntou se eu queria dormir lá porque estava chovendo muito. Eu disse que tinha que perguntar para a mãe dela, fomos até a sala e ela perguntou " Mãe a Angel pode dormir a aqui?." Sim aliás o seu irmão já havia pedido.

Caiu a noite e ele me chamou para ver um filme, falei que tinha que tomar um banho e ele pediu para tomar no quarto dele. Depois do banho nos deitamos para assistir de uma hora para outra ele pôs a mão dentro do meu shorts e começou a mexer na minha vagina( um começei a ficar molhada de tesão), fiquei meio sem geito e coloquei a mão no pau dele para brincar um pouco ele estava gemendo no meu ouvido.

As coisas foram esquentando ele me beijava e chupava meus seios, Hummmm só de lembrar. Tiramos a roupa e começamos a nos tocar, ele insistia para comer meu cuzinho no princípio eu recusei dizia que ia doer muito, mas ele disse que ia devagar e que ao acostumar eu ia sentir muito prazer,de tanto ele insistir acabei deixando.

Ele começou a me fazer um beijo grego( hummm só de lembrar minha vagina tá piscando muito), foi muito gostoso ai ele enfiou só a cabeça no meu cuzinho e foi massageando( eu gemia e estava ficando cada vez mais excitada) ai ele começoua ameaçar a enfiar no meu cu.

Ele começou a forçar a entrada devagar, pois meu cuzinho era muito apertado, no começo doeu muito e até pedi para ele parar um pouco. Ele ficou parado e me perguntava se podia continuar e eu dizia que sim, foi quando ele meteu com tudo, dei um grito neste momento.

- Aí doeu

- desculpe amor, foi o calor do momento.

Quase chorei de dor, comecei a brincar com meu grelo para a dor se transformar em prazer e assim foi. A medida do vai e vem eu comecei a gostar ele percebendo foi apertando minha cintura e aumentando a velocidade e gemendo de prazer.

Ele parou um pouco e tirou o pau perguntei oque estava havendo e ele me disse que estava apreciando meu cuzinho arrombado por ele. Começou a bater na minha bunda e pediu para que eu deitasse de bruços para que ele pudesse fuder em cima de mim, deitei e ele com cuidado foi ajeitando o pau no meu cu.

Ele me torturava gemendo e falando besteira em meu ouvido( sabia que eu ficava louca de tesão deste jeito), aquele vai e vem estava muito gostoso ai ele pôs minhas mãos em minha bunda me pedindo para abri-la para que ele pudesse ver seu pau entrando lá dentro. Que nesta altura já não era mais virgem.

-Que cuzinho gostoso e apertadinho você tem meu amor. Se eu soubesse que é tão gostoso já tinha fudido ele antes.

Nisto ele metia de todo jeito possível, mudamos de posição ele sentou e me pediu para sentar com o cuzinho e cavalgar no pau dele, cavalguei gostoso gemendo e rebolando muito até que ele gozou no meu cuzinho.

Fui tomar banho e ele foi junto eu estava com a perna bamba que ele acabou me dando um banho e me levou para o quarto eu cansada deitei com ele de conchinha e dormimos.

Bom está é minha história e o por que amo dar meu cuzinho se você gostou, dê sua nota e seu comentário que são importantes para mim e como sempre para qualquer dúvida ou curiosidade deixarei meu contatos beijos.






ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.