"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Pâmela, a travesti


autor: PauloOLV
publicado em: 10/11/16
categoria: outra
leituras: 4301
ver notas


Me chamo Paulo, tenho 22 anos e essa história aconteceu a mais ou menos 3 meses. Namoro com uma menina muito linda, mas sempre tive uma afinação por travestis. Não curto homens, mas uma travesti bonita me encanta.

Era noite e como moro sozinho, ficava super tranquilo em casa. Peguei meu celular e comecei a mexer, em busca de alguns vídeos. Nisso comecei a ver o de uma travesti loira, muito linda. Fiquei super excitado e comecei a me masturbar. Mas antes de gozar, parei e resolvi ir atrás daquelas "mulheres" de beira de estrada.

Fui de moto, e ao chegar lá vi uma loira, até parecida com a do vídeo. Não era tão bonita, mas era alta e tinha um bundão.

Chamei ela, perguntei o preço (40 reais) e fomos.

Chegando em minha cada, ela já foi tirando a roupa e arrancando também a minha. Era toda depilada e veio me dando um beijo. Tinha uma boca carnuda e bem molhada. Foi me abraçando e chupando minha língua. Em pouco tempo já tinha descido meu corpo e estava chupando minha piroca. E como sabia chupar, chupava muito gostoso.

Nisso ela se deitou e fomos fazer um 69 bem gostoso. Ficamos assim durante um tempo até que ela se levantou e me colocou pra chupa-la. Tentava enfiar a piroca toda na minha boca, mas como ela tinha uns 20 cm não cabia.

Depois de um tempo com aquela pica enorme na boca, ele disse que queria chupar meu vizinho. Nesse momento eu já tava entregue a ela.

Ela começou chupando meu cuzinho e mordendo minha orelha e pescoço. Nisso pegou uma camisinha, colocou no pau e disse que ia me comer. Eu fiquei com medo, pois era muito grande. Mas ela era muito carinhosa e fui relaxando, até que resolvi liberar meu cuzinho pra ela.

Ela colocou a cabeça na portinha e foi forcando bem devagar. Doía muito. Mas com jeitinho ela empurrou até que a cabeça deslizou pra dentro do meu cu.

Nisso ela foi forçando e eu sentia muita dor, o meu se arreganhando todo e ela forçando cada vez mais.

De repente, ela enfia tudo me uma vez e começa um vai-e-vem muito gostoso, e eu fui me abrindo todo, e em pouco tempo eu já estava rebolando naquela piroca deliciosa.

Ela foi metendo até que eu gozei. Mas ela não parou, me puxou pra cima dela e me fez cavalgar muito. Depois de uns 10 minutos cavalgando eu gozei de novo e nesse momento sai de cima dela e tirei a camisinha dela, coloquei aquele pau na boca e chupei de forma alucinante, até que ela descarregou um jato de porra na minha boca.
Ficamos nos beijando por um tempinho e depois levei ela até o local onde a peguei.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.