"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Presente para a prima gostosa.


autor: johnDaPegada
publicado em: 14/11/16
categoria: virgindade
leituras: 5181
ver notas


í safadinhas e safadinhos.

desde moleque que minha prima e eu se desejava. Lembro que com meus 11 ou 12 anos tivemos nossa primeira aventura prazerosa.
Sempre que chegava a sexta feira eu ia para casa de um amigo ou para a casa de primos. E quando pedia a minha mãe para ir a casa do meu primo Felipe, era por causa do skate e pela irmã gostosa dele.
A primeira aventura que tive com ela foi brincando de pique-esconde. Eu tinha 11 a 13 anos. Se escondemos dentro do guarda roupas da minha tia e de leve coloquei um dedo na coxa dela e fui colocando todos os dedos até está toda mão grudada naquela pele de pêssego. Meu pau estava duro como aroeira, latejando. Comecei a subir a mão até chegar naquela bunda durinha de novinha, e comecei a apalpa-la. Nossa como eu estava louco de tesão. E ela deixou por um tempo mas depois tirou a minha mão e saiu correndo do guarda roupas.
Isso aconteceu por uns anos com acréscimo de chupadas e dedadas a mais. Quando completei 19 anos já não tinha tanto contato assim com ela.
Mas um dia saí para beber com amigos e quando cheguei em casa estava ela dormindo no quarto da minha irmã. Nossa, pirei as duas cabeças na hora. Ainda mais porque minha irmã havia saído e não iria voltar naquela noite. Fiquei no meu quarto pensando o que faria pra comer aquela vadia gostosa.
Descidir ir lá e deitar do lado dela e ver qual seria minha sorte. Quando deitei do seu lado e senti aquele cheiro de mulher, cheiro de perfume adocicado com sabonete caro fiquei tarado. E ela fingido está dormindo abriu os olhos e me perguntou o que eu estava fazendo ali. Respondi que estava ali para finalmente comer ela e realizar meu sonho de infância. Ela se fez de difícil dizendo que estava na casa dos meus pais e não podia fazer aquilo. Mas insisti pegando na bunda dela e mordendo o seu pescoço, ela começou a gemer e percebi que era meu dia.
Mas quando fui tirar a calcinha dela, ela me disse que estava menstruada. Pensei e disse que aquilo não importava. Mas ela novamente me disse que ainda era VIRGEM, foi aí que quase gozei de prazer. Ela ainda acrescentou que estava completando 18 anos e que queria aquilo como presente. Ah dia 5 de janeiro que não esqueço. Não pensei duas vezes, tirei a calcinha dela e coloquei a cabecinha do meu pau na xota dela toda molhadinha e comecei a empurrar. Ela começou gemia e então chupei o peito dela e coloquei o dedo no seu grelinho e massagiei. Quando vi o meu pau deslizou naquela xota deliciosa e comecei a bombar. Ela então ficou louca e grudou no meu pescoço e me beijava, aranhava e chupava dizendo que estava mais que maravilhoso. Era tão apertadinha que na posição de papai e mamãe que estávamos, gozei ela toda. Ela adorou o presente e hoje estou com 30 anos e ambos casados com filhos e ela ainda quer me dar...

Espero que gostem do meu primeiro conto.
Para contato pegodejeito69@gmail.com




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.