"Os mais excitantes contos eróticos"

 

meu cu


autor: cloniac
publicado em: 14/11/16
categoria: gays
leituras: 1373
ver notas


Eu sempre fui um cara que gosta de diversificação com relação a sexo, com lésbicas que gostam de fazer inversão, mulheres que gostam de do que rolar homossexuais passivos, ativos,

Pau grande ou pequenos, não importa, mas sempre eu sendo ativo também, ou seja, eu comendo. Na linguagem popular um troca-troca.

Quando estava morando sozinho, não tinha minha esposa hoje, sai de casa para dar uma volta na rua, estava muito quente e eu sem sono, quando vejo um vizinho na porta de seu apartamento com o pau para fora, dei uma olhada e vi que seu pau não era muito grande, uma 15x4 cm, achei um delicia, já tinha dado algumas vezes, mas os paus eram grandes e doía um pouco, chegando até perder a excitação, para mim na hora do sexo, não pode haver dor.

Fui até a rua fumar um cigarro.

Quando voltei vi que a porta de seu apartamento estava aberta, dei uma olhada e percebi que ele estava no sofá vendo um filme de sacanagem, para ser mais exato um filme gay, ele ainda estava de pau duro, alisando-o, nesse momento perguntei o que curtia, ele me disse que só um cuzinho.

Mas depois que vi o pau dele me deu uma excitação no cu que nunca tinha sentido, queria o seu pau todinho dentro de mim, mas não poderia assumir minha vontade de sentir aquela pau dentro de mim, uma vez que onde morava, sempre tive a fama de garanhão, ou seja, comia todas. Até algumas vizinhas.

Para disfarçar a situação perguntei se ele poderia dar uma chupada no meu pau, ele falou que sim, desde que eu chupasse o pau dele, ai falei para ele, vamos tirar um par ou impar para ver quem chupa primeiro, nessa eu ganhei e ele fez um boquete muito bom, meu pau levanta de imediato, ficou chupando por um dez minutos. Ai foi minha vez de chupar aquele pau, meu sonho de consumo, o chupei como um bezerro desmamado chupava a cabecinha, lambia, o colocava todinho na minha boa, sentia ele na garganta, me deliciei com aquela pica, apesar de não ser muito grande me satisfazia plenamente.

Depois dessa chupada ele se deitou na cama, ai eu foi por cima dela, querendo que ele me chupasse de novo, mas a posição estava a sua favor, minha bunda esfregava em seu pau, e eu sentindo aquele membro rígido em minha bunda não resisti, comecei a esfregar meu cuzinho em seu pau, ele ficou louco queria colocar dentro de mim de qualquer maneira, mas entrar a seco é complicado, pedi para ele passar alguma coisa em seu pau, mas ele não tinha, nesse momento fui até meu ap para pegar um KY, assim fica mais fácil entrar, nos lambuzamos tudo, meu cuzinho e ele o pau, sentei em cima de novo, não deu outra entrou todinho, sentia as bolas bater na minha bunda, uma sensação maravilhosa, para quem gosta de sentir um pau dentro de si, ficamos assim uns quinze minutos, depois ele me colocou de frango assado, não precisou de muito muito esforço para entrar de novo, pois meu cuzinho já estava bem amaciado, só foi passar pela porta e ele entrou todinho de novo, ele meteu gostoso, até gozei pelo cu, não se alguns de vocês já tiveram essa sensação, mas é muito bom, depois disso ele me comeu de outras formas, chupei seu pau novamente, depois de um determinado momento ele falou que estava muito quente, não estava conseguindo me comer, ai parei e bati uma punheta para ele, gozou muito, na verdade queria aquela porra dentro de mim, mas não foi possível, sem problema isso fica para outra ocasião.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.