"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Gozada rápida encima da moto


autor: alrac
publicado em: 17/11/16
categoria: casual
leituras: 2751
ver notas



Havia combinado com "SP", de irmos fazer um passeio em uma cidade vizinha a minha, para resolver uns problema na agência do meu banco que ficava nessa cidade!, Também combinamos que iríamos dar uma foda bem gostosa no melhor motel dessa cidade! Eu coloquei uma calça vermelha super colada e uma blusa preta usava uma calcinha de renda fio dental Rosinha, ele veio me buscar as 8:00 da manhã, detalhe fomos de moto, ele me deixou no banco que era o local onde eu iria ficar, e ele foi até a uma oficina e depois daria uma volta na cidade! Enfrentei uma fila enorme com um atendimento super demorado,já estava um tanto estressada e as horas se passando e eu já preoucupada com a demora enquanto isso eu ficava tramando em minha mente como seria a nossa foda nesse motel e o que eu iria fazer de diferente . EnfimJá passavam do meio dia, quando ele chegou e eu ainda estava na fila, e faltava ainda algumas pessoas na minha frente! ele me avisou que iria almoçar e que voltaria depois, tudo bem! Voltei pra minha fila 13:30 terminou meu atendimento, eu já estava com fome pois não havia almoçado e não queria comer nada, porque eu passo mal em viagens me dar ânsia de vomito, então víamos que por conta do horário que não daria pra irmos no motel, já que nossa transas são bem demorada e eu teria que voltar pro serviço, embora ele queria muito que eu faltasse, mais não poderia pois já tinha tirado a folga de manhã, e eu teria que estar no serviço as 14:00hrs em ponto, resolvemos ir embora e eu já estava super arrasada pela falha da nossa programação quando no meio da viagem ele do nada pegou a minha mão e colocou sobre bermuda dele, sentir que ele estava super excitado já me deu um tesão louco, desabutuei a bermuda afastei sua cueca e tirei o seu cacete pra fora que já saltava de tão duro imaginei o quanto ele estava doido pra me comer!
Peguei aquele cacete tão macio na minha não sentir vontade de mamar ele naquele instante, comecei a massageá-lo bem e cobri pro cima da camisa, para que não desse muito na cara porque estávamos em uma estrada e passavam várias pessoas por lá, Entrei super no clima comecei logo a bater uma punheta bem gostosa pra ele. Eu abrir meu zíper e ele pediu que eu me levantasse pra que ele pudesse penetrar o seu dedo na minha buceta e assim eu fiz! com uma mão ele pilotava a moto a outra estava ocupada enfiando o seu dedo dentro da minha bucetinha que já estava mais do que meladinha , ele começou a fudê-la com os seus dedos eu já tava louquinha pra gozar em menos de um minuto quando ele falou:
- Isso sua vadia agora rebola gostoso por cima desse meu dedo e goza na minha mão! E não demorou 1 minuto depois destas palavras eu avisei a ele que iria gozar! E Gozeiiiiiiiiiiiiii uhhhh!!!! que delícia gemia gostoso me retorcendo atrás do ouvido dele, queria que ele sentisse o quanto aquele gozo foi delicioso pra mim! gostoso e que gostoso (...), ele pedia pra que eu não parasse de bater punheta porque ele queria gozar!
- Me faz gozar sua vadia ! Tou esperando! (Exclamou ele).
Molhei meus dedos com minha saliva passei em seu cacete caprichei a minha não no cacete dele e falei no ouvidinho dele várias sacanagens para que ele gozasse pra mim, enquanto isso ele continuava a meter o dedo na minha buceta notei a sua voz mudar quando ele falou que estava preste a gozar e queria que eu gozasse junto com ele tambem. Aquilo soou como uma ordem e eu claro como uma praticante de "bdms" obedecir!
- Goza comigo sua vadia, vai mais uma vez!
AHHHHHHHHHH GOZAMOS JUNTOS os dois juntos em cima de uma moto em uma velocidade gostosa, com quase uns flagras das pessoas que apareciam com o decorrer da viagem.
Ele gozou na minha mão, derramando aquele gozo gostoso que não poderia deixar estragar lambi um tanto do seu gozo o resto limpei na minha blusa! Cheguei em casa mal deu tempo de comer alguma coisa, já estava atrasada para voltar pro serviço, tomei um banho caprichado e vinha na minha mente toda a lembrança dessa nossa aventura bem tesuda! Eu estava tão maliciosa que vestir a mesma blusa suja com os restos do gozo dele havia pequenas pastadas de seu fluido esbranquiçado na parte de baixo da blusa!
Fui pra o serviço! Esfreguei despercebidamente a minha blusa em várias amigas do trabalho! E ficava rindo atoa. Algumas delas até acompanham essas minhas histórias!
Sempre lembrarei deste dia! Ainda não lavei a blusa até hoje! De vez enquanto me apego com ela em cima da minha cama e bato aquela siririca cheirando ela e lembrando das gozadas que eu dei!





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.