"Os mais excitantes contos eróticos"

 

A Vida vadia de uma amiga!


autor: alrac
publicado em: 18/11/16
categoria: aventura
leituras: 2463
ver notas


Conto feito por Alrac baseado na história de vida de uma amiga vadia!


Loira, de pele clara, 28 aninhos, 1,70cm de altura , olhos claros, bustos fartos e volumosos sou aquele tipo de "falsa magra", mais tenho o bumbum bem empinadinho, minha xaninha é carnudinha, lisinha com poucos pelos, detesto deixá-la muito exagerada ela é uma poldinha. A minha beleza sempre chamou atenção onde quer que eu fosse, Aos 13 anos eu já dava pra geral, perdir minha virgindade apenas aos 12 aninhos, com um cara que tinha 19 anos, até que foi super gostosinho com ele apesar de sentir dor e sangrar ele falava que era normal, que deveríamos ter relação sexual, porque todos os namorados faziam isso, e como era apaixonadinha por ele desde os 7 anos e um tanto inocente aceitei!
Enfim foi uma maravilha a nossa transa até ele falar :
-Agora você vai ter que transar com os meus amigos também!

Eu via um atrás do outro sair do banheiro eram 4 ao todo! E todos ele se aproveitaram de mim naquele dia. (um de cada vez) fiquei com minha xana ardida, vermelha e assada depois desse episódio, Mais ou menos uns 6 anos depois eu me mudei pra outra cidade e nunca mais eu vi aquele cara ou mantive contato com ele. sempre fui muito decidida em relação ao sexo, pra mim toda hora era hora! Não importava com quem Já em nova cidade, respirando novos ares, conhecendo novas pessoas eis que comecei a ficar com um rapaz, e esse rapaz era namorado da minha irmã dai nos tornamos "Amantes", Pensa que que minha consciência pesou? Não, Nem um pouco! A Minha irmã, sempre foi aquele tipo de mulher santa, que faz tudo pelo Maridinho, casa, comida e roupa lavada, no sexo era uma negação transa de 5 minutos, posição mamãe e papai, nunca gozou de verdade na vida! É muito sonsa nunca desconfiou de nada, sempre nos pegávamos quando ela saia pro serviço, eu deixava ele louco quando tava na presença dela, ficava de vestido sem calcinha e me abria sentada no sofá na direção dele para que ele pudesse olhar a minha bucetinha meladinha isso muitas das vezes quando ele estava com a minha irmã a vontade que eu tinha era que ela flagrasse toda a cena mais ela era boba demais nunca via maldade em nada!
Depois de uns meses eu conhecir um outro cara legal na balada aquele certo tipo de homem, pra se ter algo sério. Levei ele pra minha casa e transamos muito gostoso, chupava, lambia a minha buceta sugando todo meu líquido, esfregava sua língua no meu grelo me fazendo gozar gostosinho. Me deu uma surra de buceta que não pegava a tempos. Nossa sintonia super que bateu começamos a namorar sério, ele era um cara bom não só de cama, mais de caráter era atencioso, carinhoso, (sim continuei ficando com os dois, meu instinto falou mais alto) essa porra de traição é gostosa pra caralho! acho que o proibido sempre me atiçou, Minha safadeza não tinha limites, iniciei na faculdade e me tornei amiga de uma menina chamada Paula, era uma das meninas mais populares da faculdades que todos queriam pegar, depois de mim é claroooo, ia várias vezes na casa dela, e sempre saiamos pra balada juntas, Um dia fora do comum fui até a sua casa propositadamente, Eu sabia que não a encontraria, não fui com esse objetivo e quem me atendeu foi o gostosão do pai dela , finalmente conheci o famoso pai da minha melhor da faculdade famoso porque era conhecido conhecido por pegar novinhas e advinha "Eu peguei ele também" ( ou seja 1 namorado e 2 amantes) Eu era a pessoa mais manipuladora da face da terra, eu era muito fogosa ficar só com um cara não me dava prazer completo, eu precisava dividir meu arsenal de putaria com alguém! o primeiro amante que era o namorado da minha irmã sabia que eu tinha namorado, mas para o pai da minha melhor amiga eu disse que eu era solteira! Fui inteligente ele tinha grana, um coroa cuidadoso, bonito e elegante me dava de tudo! Eu intercalava entre os dias da semana pra cada um, o primeiro amante eu via todas as manhas que era quando a minha irmã saia pro serviço e ele tinha disponibilidade do trabalho, O coroa eu via de tarde pra noite antes de ir pra faculdade as vezes até a noite depois da faculdade antes do meu namoradinho chegar do trabalho para ir me buscar, e assim foi por muito tempo, ficava intercalando esses meus rolos por muito tempo sem ninguém saber!
Mais algo veio a tona um dia percebi meu namoradinho tava meio estranho comigo, dai lembrei que uma prima que também faz faculdade comigo e que eu não suporto havia me visto com o amante coroa me deixando na faculdade (Mais eu era tão fdp que ficava com o coroa até dentro do carro e que se foda! A transa era gostosa e nos pegávamos até no beco de uma rua qualquer ) Eu não tinha escrúpulos, e ai meu namoradinho começou a me pressionar, sobre esse comentário da minha prima, Mais eu claro mentir né, assim como sou manipuladora sou uma excelente mentirosa, e depois fiquei enchendo ele de carinho, desejos e juras de amor, não poderia jamais deixar ele desconfiar de nada!
No dia dos namorados comprei um presente pra meu namoradinho (e para os outro 2 também, porque além de cínica eu era nojenta kk) fiz carta e tudo mais ( a minha hipocrisia não tinha limites), um dia cheguei do shopping meu namorado veio falar comigo, muito sério, perguntei a ele se tinha acontecido alguma coisa, ele tadinho baixou a cabeça e disse que tinha me traído, Mas que me amava muito e que estava confuso, olhei pra ele e perguntei quem tinha sido a vagabunda! O FDP disse que foi com a minha prima, (isso mesmo aquela filha de rapariga!) e sabia que não poderia continuar com aquilo, então abri o jogo pra ele e terminamos ( ele casou com a minha prima e tem uma filha linda e fofa).
Continuei com os 2 amantes, sendo que o coroa achando que era o fiel ( SQÑ ), depois de uns dias descobrir que ele estava ficando com outra menina da minha faculdade e que ele pagava até a faculdade dela e tudo mais, então cai fora, o outro amante namorado da minha irmã começou a pegar uma amiga de trabalho da própria esposa dele. ai sai fora também, lá estava eu abandona minha xana sedenta por uma pica dura e gostosa, foi quando em uma festa de aniversário de um amigo da faculdade me trouxe um moreno gato, de corpo atlético, um shape sarado, de dar inveja a qualquer um, cheguei junto dele na balada e Imediatamente me ofereci de todas as formas possíveis, e ele entendeu muito bem o recado, dançamos juntos a festa toda, no embalo de muita agarraçao, sarradas e com beijos e amassos! No final da festa me levou pra sua casa, para minha surpresa eu já tinha ido lá. eu fui ao delírio com essa descoberta, acabai descobrindo que lá morava o irmão dele mais novo que eu já havia pegado... nossa que tesão que me deu em me deliciar com o irmão mais velho, comparar as pegadas, quem Fode melhor!
Continua.......
#AmigaMary



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.