"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Minha 1˚ vez Parte 2


autor: angelluz
publicado em: 20/11/16
categoria: hetero
leituras: 1860
ver notas


Bom amores tudo tem continuidade para quem gostou da 1 parte espero que curte o resto.



Bom depois de horas na piscina fazendo sexo, resolvi entrar e tomar um banho e meu soldado foi junto, entramos na casa e fomos logo para o banheiro. Ele me pegou no colo para me beijar seu pau foi ficando duro novamente,então ele pegou me encostou na parede e foi colocando na minha buceta.

Eu já tinha acostumada com a dor e ele foi metendo bem gostoso, ai assim amor fode vai, mete gostoso na minha buceta arrombada por você vai mete.

Ele não evitou e foi metendo com força eu não parava de gemer e pedir para ele meter com força. Ele pegou e me pôs de frente para a privada pondo um de meus pés em cima dela.

Meteu seu pau na minha buceta com tanta força que dei um grito de dor aliás, eu havia acabado de perder a vingindade ele foi mordendo minha nuca, pegou meu seios e começou a aperta-los, eu já estava chegando ao meu máximo até que tive um orgasmo entramos no chuveiro.

Comecei a chupar o pau dele todo, ele me dizia oque fazer pois, eu não era tão experiente e chupei como se fosse um picolé, ele gemia tão gostoso. Segurou minha cabeça e foi metendo na minha boca.

Senti seu pau até minha garganta, até que ele gozou, levantei com a boca cheia de porra e dei um beijo na boca dele.

Ele sabia que eu estava exausta e foi me dando banho, me secou e levou para o quarto. Deitamos de conchinha gostoso ele esfregava seu pau na minha bunda, peguei e pedi para ele meter em mim ele disse que queria tentar um 69.

Me disse como era a posição, me ajeitei sobre o corpo dele, ele me chupava tão gostoso, ai delícia amor assim chupa minha pepeca vai.

Ele queria sentir eu gosando na boca dele, começou a meter a língua na minha buceta e meter o dedo no meu cuzinho virgem eu estava gemendo tanto que até a empregada escutava que estava bom. Até que gozei na boca dele e ele me pediu para deitar de conchinha novamente.

Pegou começou a bombar com força gemia, me chamava de puta, e falava que ia gozar me pôs de bruços e começou a fuder com raiva até que gozou na minha buceta. Eu estava cansada de tanto ter feito sexo que pedi para dormir. E dormimos um pouco.

Beijos amores espero que gostem até amanhã.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.