"Os mais excitantes contos eróticos"

 

MOLHADINHA NO CINEMA


autor: luah
publicado em: 21/11/16
categoria: hetero
leituras: 5645
ver notas


Domingo é um dia gostosinho para namorar assim um convite se deu por mensagem e logo foi aceito.
A hora marcada para almoçar fazia a ansiedade crescer e na adormecida do final da manhã se encontram. .. um casal de amigos com histórico de muitas aventuras temperadas envolvidas.
Um almoço gostoso num restaurante conhecido... papo solto e cumplicidade no olhar deixavam o início de tarde singular quando o convite do cinema veio a diferenciar o passeio e logo que aceito e ingressos comprados os minutos passaram rápidos entre olhares de vitrine fazendo com que o frio do local fosse sentido na bermuda dele e na saia que ela vestia de curtição sem propósitos.
A magia tomou conta do lugar com um filme levemente juvenil e previsível em meios a muitos bancos vazios ele não se conteve e a abraçou. .. sorriu e puxou seu lábios para os seus na permissão do olhar... docemente... e sua mão colocou nas suculentas coxas que saltavam na poltrona.
Acariciava com as mãos subindo e descendo e o clima esquentava e o tesão crescia e ela retribuiu aos toques sentindo a pika dele latejar querendo explodir dentro da bermuda.
Assim ficaram por um bom tempo apreciando o filme e sorrindo tranquilos na calmaria de seus lugares.
Mas a ousadia fazia parte da Luah e não conseguiria se segurar tendo o egocentrismo como um de seus deliciosos defeitos como ele descreveu numa exclamação:
- Você quer mais que isso!!!
Ela sorriu e discretamente abriu sua bolsa e aos poucos subiu a saia naquele friozinho gostoso E puxou um lado da calcinha e depois o outro por baixo da saia e assim foi fazendo até pegar nas pernas e colocar na bolsa enquanto ele sussurrava palavras no seu ouvido a deixando mais molhada e assim abriu sua bermuda tampando levemente com a blusa pois poderiam ser advertidos pela libertinagem que todos desejam e poucos ousam.
A mão subiu a coxa e logo encontrou a buceta lisinha que ele já conhecia bem e ele a tocou com vontade enquanto era tocado com os olhares indo e vindo da tela do filme e ainda em putaria chupou ps dedos em provocação.
O filme já estava por terminar quando ela quase gozava e se arrumaram ... ele relaxando para desarmar a pika latejando e logo sairam da sala como se nada tivesse acontecido e voltaram para casa com um segredo gostoso pra começar a semana e um novo convite para outra aventura entre amigos mais que perfeitos.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.