"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Charmoso,sedutor e galante, me fode logo


autor: Ronimac
publicado em: 22/11/16
categoria: hetero
leituras: 2903
ver notas



Um belo dia entro aqui no site e leio um conto... uma delicia de conto, a descrição da autora me atrai, mando um invite e ela aceita.
Vou descrevê-la detalhadamente para que vcs sintam a delicia de mulher.

Ela tem 19 anos, 1,64 cm, loira cabelos compridos jogados de lado, olhos castanhos bem delineados, seios médios, aureolas lindas pequenas e os biquinhos deliciosos sempre durinhos, bunda empinada, coxas grossas e... como ela se auto define sem nenhuma modéstia muito gostosa!

Namora já há alguns anos, eles não são um casal comum, gostam de realizar algumas fantasias sexuais para apimentar a relação e não cair na mesmice, o que a transforma numa puta mais depravada que realmente é.

A Lú tem uma boca linda, carnuda disfarçada em um batom vermelho forte que contrasta com a pele branquinha... sua boca é como um doce morango que me convida a morder e beijar e com a ponta da língua sentir as suas sementinhas por trás do batom disfarçado de chantilly.

Impossível beijar sem querer cada vez mais.

Ela deixa uma mensagem...
- Sentirei falta da sua safadeza durante um tempo...
- É muito bom saber disso... Já conseguiu o seu primeiro ponto do dia, me excitou é gostoso, sentir tesão por vc hummm como é maravilhoso, é como acordar de manhã já sentindo a sua boca passando a língua levemente na minha virilha, respondo com a minha peculiar cara de safado” .

Durante alguns dias trocamos várias mensagens algumas fotos o nosso jogo sempre foi de provocação, um jogo de sedução, uma mulher inteligente me atrai muito, excita, me deixa louco de vontade.

Ela tem viagem marcada para o final da semana, vai sair de férias, talvez só volte no ano que vem, tomo uma atitude e intensifico as minhas provocações deixando-a mais excitada com a possibilidade de um encontro... ou com o tesão da saudade.

Aguço a sua curiosidade com xaradas que ela retribui, peço fotos dela, ela me enrola ao máximo e manda em doses homeopáticas pra me atiçar, e vamos jogando pelas madrugadas dia após dia, o bom humor dos dois é a marca registrada, poxa, uma mulher linda, deliciosa, inteligente e bem humorada, eleva o nível de testosterona a potência máxima.

No último dia dela no Brasil, ela me diz que o seu voo fará uma conexão em Cumbica-SP e teríamos 5 horas se eu topasse!
What??? Se eu topasse, claro que vou!!!
Aliás, já fui... Uber, carro, ou taxi???
Aceito o conselho da Angélica e “vou de taxi”, ele pega o corredor chego mais rápido e posso “preparar” o local.
No caminho ligo pro Hotel e peço a suíte nupcial, a ocasião exige e merecemos isso.
Chegando ao hotel, mando colocar flores e pétalas vermelhas na cama, velas, prosecco, morangos e... Chantilly... Muito chantilly!

Vou ao Aeroporto o voo estava atrasado... após alguns minutos ela saiu pelo portão de desembarque... Que Deusa, sorriu pra mim, aquela boca entreaberta veio me dar um beijo no rosto, peguei a pela cintura com uma das mãos e puxei-a de encontro ao meu corpo a outra lhe apertou a nuca por baixo dos cabelos ela soltou um gritinho baixo...
– ui... Que pegada!!!

Não deixei a dizer mais nada, um longo beijo, a minha língua dentro da sua boca, uma mordida nos lábios enquanto a puxava pra mais perto do meu corpo, ela me abraçou e ficamos apertados, nos beijando e a minha mão bagunçando os cabelos dela, fecho a mão com os seus cabelos por entre os dedos e puxo a sua cabeça, as nossas línguas se devorando... era só o começo, ela sente o volume na minha calça, suavemente abaixa uma das mãos e passa na minha perna e acaricia suavemente o meu pau que já doía de tesão dentro da calça.

Hoje vc é minha!!!

O elevador chega ao andar ela sai na minha frente, posso ver o contorno do seu corpo através do vestido agarradinho, vejo aquela bunda espetacular, deliciosa, redondinha, saio e a agarro por trás, ela sente o meu pau encaixado na sua bunda, coloca uma das mãos no meu pescoço vira a cabeça e me dá um beijo molhado, a pego no colo e ela abre a porta.

Entro com ela no colo, nos beijamos muito, as suas mãos ao redor do meu pescoço, meia luz, um caminho de velas acesas que flutuam em potes de vidro coloridos com água pétalas de rosas Colombianas vermelhas da porta até a cama, e a cama coberta de pétalas compõem o cenário.

Aproximo-me da cama e a jogo... as pétalas colam no seu corpo, aquele sorriso me convida, vou me ajoelhando e devagar tiro as suas sandálias, vou mordendo os dedos dos seus pés.
Passo a língua na parte de baixo vou lambendo as suas pernas, cada milímetro, ela se contorce e fecha os olhos, não falamos nada, somente sentimos, vou subindo vagarosamente, lambendo, mordendo, beijando as panturrilhas, os joelhos, as coxas, subindo... devagar, as minhas mãos vão à frente, puxando a calcinha, beijos, lambidas, segurando as suas coxas que se entreabrem...

As minhas mãos na sua bundinha, uma leve mordida na virilha, raspando a barba por fazer... vou mordendo a outra, deslizando o queixo de um lado para o outro, ela suplicando, dizendo coisas sem nexo, se contorcendo de tesão, puxando os meus cabelos para o encontro da sua bucetinha, arranca a minha camisa, e tira o seu vestido, quando ela sente a ponta da minha língua num movimento de baixo pra cima, que toca o seu cuzinho subindo até a sua bucetinha e fazendo movimentos de baixo para cima, a cada vez que passa pelos grandes lábios adentra mais profundamente como que querendo foder aquela buceta com a língua.

Desabotoo a minha calça que ela retira com os pés, sem tirar as mãos dos meus cabelos, se contorcendo e gemendo de excitação, gritinhos, lagrimas, choros de tesão, ela geme muito, uma mão nos seios, beliscando os biquinhos duros, acariciando e apertando, dois dedos, alisando o cuzinho ao mesmo tempo, a língua agora em movimentos golpeando o grelinho duro, quente, a língua sorvendo todo o mel que escorre pela sua bucetinha, ela se contorce... geme...avisa que vai gozar, dou vários tapas na sua bunda, ela geme,
- Goza cadelinha na boca do teu macho... eu digo... vai putinha goza na minha língua.
Intensifico os movimentos nos seios, a língua na buceta, agora são dois dedos deslizando para dentro daquele cuzinho maravilhoso, ela... piscando... uivando, gemendo de tesão não se controla... e começa a gozar pra mim, goza várias vezes, muitas vezes, o melzinho escorrendo pela buceta na minha língua... aquele mel na minha boca, um sabor indescritivelmente gostoso, agridoce, intenso, puro prazer, ela continua gemendo, me xingando...

- Caralho que delicia seu filho da puta... arrrr quero mais....me fode logo porra!!!!!

Ajoelho-me na cama, ela se vira e de bruços começa a lamber o meu pau, que já estava todo babado, passeando a língua pela cabecinha que lateja de tesão por ela, massageia as bolas com se as preparando para o que viria a seguir, passa a ponta da língua no furinho da cabeça, começa a sugar com mais força e acelerar o movimento nas bolas, o pau duro dói de tesão, pulsando na sua boca, ela engole ele inteiro, baba muito nele, cospe na cabecinha e volta a engolir, sente a cabecinha na garganta e acelera o movimento alternando com uma punheta maravilhosa, engasga, lacrimeja, mas continua acelerando.

Começo a urrar de tesão prenuncia de leitinho na boca, ela olha nos meus olhos, aquela boca... meio sorriso...que boca, suga com mais força, puxando pra ela toda a porra que sai como se fossem jatos, seis , oito vezes...quente grossa reservada pra ela, ela continua massageando as bolas, pedindo mais leitinho, mais porra quente, lambe tudo, movimentos circulares ao redor da glande deixou o meu pau limpinho, lisinho... Proponho um banho.

Ao chegar à banheira ela solta a pérola...

- Vc é Charmoso... sedutor....galante... Me come agora cachorro.

Ajoelhou e começou a me punhetar, alternava chupadas cuspidas e sugadas insaciáveis, estava completamente entregue ao cio... uma delícia... a Lú é tudo... Tudo o que eu imaginei, e mais ainda... Pedia rola, eu batia com o pau no rosto dela, dava tapas no rosto, ela ria e perguntava...

- É só isso que vc tem pra mim cachorro??? me provocando...

Entramos na banheira, a coloquei de quatro, a minha mão sobe pelas suas costas dedilhando a sua espinha e chego aos seus cabelos, os enrolo na minha mão e dou uma puxada vigorosa em minha direção, dominador... dou tapas na sua bunda.... pincelo o pau duro como mármore na sua bucetinha encharcada de tesão, uma estocada até o fundo, ela respira fundo e vira pra trás sorrindo – era isso que eu queria, ela disse...
Ao tirar, encaixo deliciosamente o meu pau no seu cuzinho... a cabecinha com 5 cm de diâmetro no seu botãozinho rosa e dou uma estocada fundo... ela grita, lacrimeja, e pede pra não parar... e eu aumento as estocadas

- Vai cachorro me fode... isso coloca tudo...vai mete... mete... meu macho meteee, me faz sua puta.
Vou acelerando... metendo fundo muitos tapas na sua linda bundinha, bombando até o fundo tiro todo ele, ela fica doida pede mais, está quase gozando, quer mais... continuo metendo e tirando ele inteiro ela começa a gozar... estremeceu toda...miou... Gemeu...chorou, uivou e gozou muito...ela tem orgasmos múltiplos é delicioso ver ela tremendo de tesão por mim....

Ela sem forças... a carrego no colo, encosto na parede da sala, uma das pernas apoiada na mesinha bistrô à outra esticada no chão, as minhas duas mãos em seu rosto a beijo carinhosamente, acariciando os seus cabelos, a puxo o meu pau na sua bucetinha, sem pressa ela sorri, lisinha depilada, suculenta... lábios grandes e apertadinha... a mais deliciosa, vou acariciando a sua barriguinha chapada... deliciosa, mordendo os seios, beijando-lhe a boca acariciando os cabelos...quase um filme de amor....vamos nos sentindo....metendo... fazendo amor... sabendo que aquela é uma despedida... gozamos junto...

E até que o fim das férias a traga de volta...pra mim.



Por favor comentem, deem nota escrevam pra mim
ronimacc@gmail.com





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.