"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Fodi gostoso com maninho


autor: Carlinhaa
publicado em: 25/11/16
categoria: incesto
leituras: 7581
ver notas


Me chamo Vanessa, tenho 18 anos, e tudo aconteceu quando eu tinha 16 anos, sempre fui louca por meu irmão, mais velho, ele tinha na época 18, e sempre foi muito popular com as garotas do bairro. Nos somo irmãos somente por parte de pai, não moramos junto ( é uma pena!).
Estava tendo um churrasco em minha casa, e papai como tem por Thiago (meu irmão mais velho) uma adoração. Thiago é o preferido dele, talvez porque é filho de da primeira esposa. ( rs )
Então chegou meu gatinho, lindo, estava com uma bermuda moderada, mas toda vez que ele sentava-se mostrava a coxa, pernas cabeludas, um tesão de homem, eu não parava de olhar para ele, ele já tinha percebido e evitava olhar para mim, mas sabe como é, depois de alguns goles de cerveja, ele já estava brincalhão com todos, inclusive comigo, em certos momentos eu aproveitava para encostar nas coxas dele, e sempre esperando por uma retribuição
já era 2 horas da madrugada e ele enfim foi se deitar, estava cansado, e como não poderia deitar-se na cama de meus pais, foi para meu quarto que tem duas camas de solteiro, para não dar na pista, fiquei mais uma hora com os velhos conversando, rindo, disfarçando a ansiedade de ir me deitar, foi quando vi que todos já nem estavam ai para mim, fui então para o quarto, peguei em meu guarda-roupas uma camisola bem curta, fui ao banheiro e me troquei.
Voltei ao quarto e deitei na beirinha da cama de meu gatinho, e comecei a passar a mão por seu corpo, ele nada, estava exausto, tive que me deitar por cima dele e beijar a boca dele para ele acordar, ele acordou e se assustou com a cena, mas rapidamente disse que só queria um beijo de boa noite, e antes que ele se decidisse, lasquei o beijo, longo, ele nem reagiu, foi ai que coloquei a mão dele em minha cintura e ele desceu ate minha bunda, (que modéstia parte é muito gostosa, arrebitada e durinha) e apalpava forte foi quando tirei a camisa dele, e sem perder tempo tirei a calça também, deixando apenas de cueca, e daí rolávamos naquela cama de solteiro, nos esfregando, sentia o pau dele perfeitamente se encaixando em minha xaninha, ele so dizia a mesma coisa:
- você é louca,
Aquilo me deixava mais excitada, foi quando pedi a ele que me fizesse sua mulher, ( só faltava eu ser virgem para tudo ser perfeito) ele então tirou minha calcinha, a camisola, e tirou seu pau para fora e bem devagar foi enfiando em minha xana, aproveitei que o som estava muito alto do lado de fora da casa e gemi em um volume moderado, ele me chamava de gostosa, chupava meus peitinhos, me mordia o pescoço, fazia tudo que sabia fazer, parecia ate um sonho, mas para minha sorte, era tudo real, e quanto mais eu gemia mais ele estocava com força
Ate que ele pediu que eu fosse por cima, eu como sou muito safadinha, mostrei que sei muita coisa, comecei a morder o seu tórax cabeludo e cavalgava naquele pau lindo, grande e grosso, me preenchia toda, parei de cavalgar e comecei a chupar aquele kct molhado, que delicia, passava a língua desde os ovos, ate a cabecinha, e para mau dos pecados, ele depila os cabelos do pau, tudo lisinho, uma delicia, fiquei chupando por um bom tempo, ate que ele disse que ia gozar
Daí parei na hora, queria aproveitar mais, comecei a beijá-lo e logo a cavalgar novamente, ate que senti vontade de me entregar por completa a ele, foi então que tirei o pau dele de minha xaninha e coloquei na portinha de meu cuzinho, ele gemeu de prazer, e eu que nunca tinha feito por traz, fui sentando em cima daquele monumento, que prazer, foi muito gostoso, fiquei um bom tempo cavalgando devagar em cima daquele caralho, ate que ele segurou firme na minha bunda e começou a estocar com força, vi que ele estava querendo gozar
Meu tesão então aumentou e disse a ele que gozaria primeiro que ele, foi quando ele pediu para chupar minha xana, chupou com toda vontade e eu gozei como nunca havia gozado antes, ele então tirou a camisinha e começou a foder minha xaninha ate que depois de tanto estocar com força, ele gozou, gozou muito, tudo dentro de mim, senti tudo com enorme tesão.
Ficamos nos acariciando por mais duas horas ate que ele pediu que eu fosse para minha cama para não dar problemas, fui, no outro dia, senti que ele estava nervoso, eu por outro lado, estava feliz como nunca havia estado.
Desde então nos não tivemos mais juntos, ele está como sempre esteve, comento uma e outra, minhas amigas quase todas me contam que já ficou com ele, minha melhor amiga sabe dessa historia, e nunca deixei de pensar nele, ainda vou armar para uma nova noite de muito sexo, quero sentir tudo de novo, Beijinhos!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.