"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Então conheci você l


autor: LLIHOU
publicado em: 06/12/16
categoria: romance
leituras: 1031
ver notas


Me mudei para São Paulo, por motivos pessoais onde se inseria trabalho e novo meio de vida.
Estava em um relacionamento a 10 anos e este se encontrava balanceado entre mentiras, brigas e falta de sexo, por conviver com isso a bastante tempo, não percebia o quão isso era problemático, ate conhecer ele. Meu vizinho, e no primeiro momento em que vi, posso confidenciar que gostei do que via.

Ah! A propósito me chamo Sofia, e ele o meu vizinho se chama Henrique. Morava em um sobrado em qual facilitava observá-lo, já que ele morava no mesmo nível da rua, vê como andava e como se comportava no dia a dia se tornou umas das interatividades mais prazerosas do meu dia, ele era bonito mais isso passava por bônus e não algo essencialmente importante para mim... Como sabia que eu era compromissada ele não passava de mera observação. Assim acreditava!

Comentava com minha amiga sobre ele, e como ele me olhava como um animal em beira da extinção. Mexi-a comigo, a forma em qual ele me encarava e o modo fácil para conversar, gostava dele de um jeito estranho que não conseguia compreender. Minha amiga tinha um fake e enviou uma mensagem, simples, em qual desencadeou um turbilhão de emoções, e disparidade que nunca em toda minha vida acreditei em cometer.

As mensagens insinuavam que eu gostava dele, embora fosse verdade não queria que ele tivesse conhecimento desse fato, constrangida comecei a falar com ele no intuito de poder me explicar, falávamos pelo WhatsApp e expressei que pensava muito nele, evidente que me senti ridícula. Ele por vez, logo se animou e logo queria marcar um dia para poder saciar o desejo incontido que dizia sentir por ele.... Fiquei decepcionada 😞 pois a grande verdade é que não o via assim.... Não queria sexo e não estava sedenta por isso, mais queria ele de alguma forma.

Alguns dias passaram e as conversas continuavam, até uma tarde de quarta feira ele me ofereceu uma carona. Fiquei desconfortável, não sabia bem o que dizer ou como me comportar, ele por vez parecia descontraído, feliz e um tanto espontâneo me olhou e disse _ vou entrar em um motel. Meu coração disparou e logo gritei em contraposição _ não esta louco! Eu não posso.

_vamos somente conversar .
_não, você so vai gastar dinheiro.
_tudo bem!. Ele disse.

Não estava acreditando naquilo, mal dizia que não, ele já entrava no motel, fiquei em choque, não sabia o que pensar e nem mesmo o que sentir, nunca havia traído, ficado com o outro homem, feito algo tão fora dos limites.
_ agora podemos conversar aqui.

_ ai minha nossa o que você fez? Ele me olhava e ria... E eu ainda me encontrava atônita 😶
Chegou próximo de mim, e eu queria gritar, me reencostei na cabeceira da cama e notei que estava sozinha com ele a primeira fez, não tinha como fugir. Meu consciente me lembrava o tempo todo das minha obrigações, mas meu corpo se preparava para o que estava preste a acontecer.
Ele se reclinou sobre mim e me beijou

_ pare com isso! Falei. Meu corpo estava em puro êxtase e adrenalina. O meu beijo em retribuição foi tímido, daquele que se da quando não estamos pronta, mais em contraposição, o toque dele já tinha feito meu corpo despertar, sentia o quanto molhada estava e como queria ele logo dentro de mim. Ele estava duro, mostrando um tesão em qual me deixava louca, já não lembrava mais de nada, só existia ele....

Ele aumentou as investidas e continuou me beijando com verosidade... Retirou a camisa e foi tirando a minha roupa, fui me soltando aos poucos... E já estava completamente pronta... Ele foi me beijando e desceu na minha bocetinha, me chupando de forma magistral, não sabia me conter _ohh que delicia!! Meu corpo estremeceu... Que boca incrível, me deixando em êxtase, fiquei boquiaberta, nunca em toda minha vida, ninguém havia trabalhado tão bem com a língua, meu corpo se contorcia em extremo devaneio, não conseguia mais me conter e gozei. Puxei ele para cima e me beijou senti meu gosto e estava clamando para que ele entrasse dentro de mim...

O pau dele pulsava e ele me penetrou e por mais que tentasse evitar em não parecer uma putinha que adora ser fodida não conseguia conter os gemidos altos de puro prazer... ele parecia uma maquina de foder e minha nossa! estava adorando aquele pau dentro de mim... gozei novamente... meu corpo amoleceu e ele continuou me fodendo ate gozar... oh que delicia!! sentir aquele jato quente dentro de mim... ficamos por um tempo quietos, e logo em seguida ele já estava pronto, era enlouquecedor sentir aquele corpo quente suado querendo mais, fiquei de quatro e ele metia fundo tirando gritos de prazer __ que bom comer a vizinha.... ele anunciou ___ oh que delicia, pedia para ele mais, mete mais, me fode gostoso...

Estava exausta, mais ele era como um doce que você nunca cansa de comer... que homem delicioso, as metidas frenéticas dele me alucinava e os meus gritos e gemidos demorava cada vez mais para sair o som, estava louca, pois não recordava da ultima vez que havia sentido um orgasmo tão poderoso... ele gozou novamente. Então ali eu sabia que não queria mais somente observá-lo, queria estar com ele sentir o pau dele duro dentro de mim.... foder e foder com o meu vizinho gostoso... E de fato muitas fodas inacreditáveis surgiram depois dessa...

Aguardem continuação.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.