"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Prima safada fingindo ser virgem.


autor: Luanzitoborges
publicado em: 12/12/16
categoria: incesto
leituras: 4248
ver notas


Olá sou Luan, 26 anos e corpo normal, e pau normal também, e o que vou relatar aconteceu em meados de 2011, fui levar algumas coisas na casa da minha tia que minha mãe havia pedido, chegando lá mal dei um Oi pra tia que saiu logo em seguida para uma consultar. Ficamos na casa eu minha prima Juliana e sua irmã pirralha. Então minha prima me chama no quarto e começamos a conversar sobre namoro e tudo mais, detalhe que ela estava de vestido sem sutiã, e ela tem seios enormes, e sem querer deixou a mostra um dos mamilos, meu pau ficou duro feito pedra na hora, ela percebeu e perguntou:
Juliana: o que é isso aí duro?
Eu: é por causa desses teus peitões que deixam ele assim...
Juliana: posso ver?
Eu prontamente abaixo o short e mostro a ferramenta de trabalho.
Juliana: posso tocar?
Eu: pode!
Ela. Então ficou pegando e acariciando, punhetando de leve e perguntou.
Juliana: posso chupar?
Eu: claro!
Nossa que boca gostosa ela tinha e então aproveitei e peguei naqueles seios enormes nossa que delícia....
Juliana: olha põe aqui...
Afastou a calcinha e lado e pediu pra eu meter nela, que buceta gostosa e sem pelos, quando fui colocando percebi na hora que não era mais virgem e questionário.
Eu: você não é mais virgem Prima?
Juliana: sou, mais as vezes não sangra quando fazemos a Primeira vez.
Eu fui na dela e fingir acreditar, não queria perder uma transa gostosa por mera formalidade (risos). Tava bombando gostoso quando de repente vem a pirralha da irmã e aparece no quarto. Rapidamente nos recompomos e então Juliana foi lá e convenceu a pirralha a ficar brincando na sala... E então voltamos a fuder no quarto tava muito gostoso ela gemia e fazia cara de safada e gemia baixinho pra irmã não ouvi e eu metendo gostoso e rápido, mas novamente a pirralha veio... E dessa vez resolvemos ir para o banheiro é trepamos de pé coloquei ela de quatro meu pau passou pelo cuzinho dela que piscou e então ela disse.
Juliana: não mete no meu cú por que me disseram que dói muito.
Cara como ela era sinica, acho que já tinha dado o cú também, mas não forcei a barra e continuei fudendo aquela buceta gostosa, trepamos até os pais dela chegarem, pelo zap ainda marcamos de trepar de novo outro dia, mas nunca mais rolou. E até hoje não esqueço aquele belo par de peitos da safada que fingia ser santinha.
Mulheres que curtem um sexo virtual me contatem no Skype: umpromessista@gmail.com.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.