"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Filhinha Gostosa


autor: Little_Bitch
publicado em: 13/12/16
categoria: incesto
leituras: 5714
ver notas


Meu nome é Heitor,tenho 35 anos,sou moreno claro,olhos azuis,tenho um 1,90,tenho um corpo definido já que frequento academia,sou médico e modéstia parte chamo a atenção da mulherada,eu tenho uma filha mas nunca havia conhecido pois quando engravidei sua mãe eu estava no primeiro ano da minha faculdade de medicina e não estava preparado para ser pai,Juliana se mudou para a Inglaterra e nunca mais soube dela e do bebê. Há um ano atrás,Juliana conseguiu entrar em contato comigo e disse que Emily gostaria de me conhecer. Emily viria sozinha ao Brasil para me conhecer,fui ao aeroporto,eu não fazia ideia de como era minha filha fisicamente,fiquei bem apreensivo,levei um cartaz escrito "Estou esperando por Emily Albuquerque,PS:sou seu pai". Fiquei uns 40 minutos em pé agoniado pois estava muito ansioso,quando de repente vi uma loira gostosa,cabelo comprido,seus peitos eram sensuais,seu corpo era espetacular,percebi que ela estava se aproximando à mim,eu nem imaginava que poderia ser minha filha,pois fiquei super interessado nela,quando de repente ela fala:

-olá,sou a Emily você deve ser o meu pai (me abraçou emocionada)

Eu fiquei sem reação,pois senti uma atração muito forte pela minha filha,eu sabia que era errado mas não conseguia me controlar,fomos para a minha casa.
Eu estava na piscina da minha casa relaxando pois havia tido um dia muito cansativo no hospital,Emily veio até a piscina com um biquíni branco,o biquíni valorizou ainda mais seu corpo,fiquei de pau duro na mesma hora quando a vi,ela entrou na piscina e por causa da água seus mamilos ficaram muito visíveis,parecia que ela queria me provocar mesmo sem ter a minima intenção,ela se aproximou à mim e disse o quanto eu era bonito,passou a mão na minha barriga,quando me dei conta estávamos nos beijando,eu estava com tanto tesão que nem lembrava que aquela era minha filha,a levei ao quarto a deitei em minha cama,tirei a parte de cima do seu biquíni e comecei a chupar seus seios,aquele biquinho rosinha me deixava ainda mais louco

-aii papaii,que delicia (gemendo)

Quando a ouvi dizendo isso fiquei ainda mais louco de tesão,desci beijando a barriga dela,tirei sua calcinha com a boca,me deparei com aquela bucetinha rosinha,raspadinha,era tão cheirosinha,enfiei minha lingua em sua buceta,dava girios com a minha língua,puxava de leve os lábios da sua buceta,ela se contorcia de prazer,tava tão molhadinha,quando senti seu leitinho gostoso na minha boca fiquei completamento louco,queria comer aquela buceta maravilhosa,falei que dar pro seu papai sua safada?

-siiim,papai come a bucetinha da sua filhinha,seja o primeiro a comer minha bucetinha.

- você ainda é virgem? (Sorriso malicioso)

-siim papai,quero muito que você me coma.

Meu pênis tem 22cm,grosso,meu pau não parava de latejar,penetrei meu pênis na sua bucetinha com muito carinho,ela era tão apertadinha,comecei a fazer movimentos mais rápido,Emily não parava de gemer

-tá doendo muito (segurando meu braço com força)

-você quer que eu pare? (Beijei sua boca)

-não,continua mas devagar seu pau é muito grande.

Comecei a fazer movimentos leves,senti um líquido escorrendo e percebi que era sangue vindo da sua bucetinha,tirei meu pênis com cuidado,deitei do seu lado.

-me desculpa por não ter sido boa papai

-você era virgem,e não foi tão ruim assim

Nos abraçamos e nos beijamos,dormi com a cabeça nos seios de Emily. Na manhã do dia seguinte,Emily e eu fomos a praia eu morava em ilhabela,fomos apé e conversando sobre varias coisas. Aluguei uma lancha para passearmos,tomamos um martini,Emily colocou umas músicas e começou a dançar,eu havia me arrependido de ter tirado a virgindade de minha filha pois parecia que ela não havia curtido muito,resolvi ir para o quarto para pensar em tudo... Depois de uns minutos,Emily desceu até o quarto,quando a vi percebi que estava completamente nua.

- Emily porque você tá assim?

- Quero te mostrar que sou uma mulher de verdade papai

- Isso é errado não devíamos ter feito aquilo,achei que você não tinha gostado de ter transado comigo (confuso).

- eu amei ter sido sua papai,quero transar todos os dias da minha vida com você.

Emily subiu em cima de mim e abriu o zíper do meu short,meu pau estava tão duro que parecia uma pedra.

Virei Emily,desci meu shorts junto com minha sunga,comecei a pincelar a cabecinha do meu pau em sua buceta,Emily se contorcia de prazer,sua bucetinha não parava de pulsar,meti meu pau na sua buceta,comecei a fazer movimentos leves,sua buceta parecia que havia engolido meu pau inteiro,comecei a fazer movimentos mais rápidos.

-aaiiii,aiiiii,aiiii,que delicia (arranhando minhas costas)

-hoje você vai dormir de cadeira de rodas (respiração ofegante)

-deixa eu calvagar no seu pau? (Gemendo)

-cavalga sua cachorra( dei um chupão em seu pescoço)

Emily ficou em cima de mim,começou a cavalgar,nem parecia que era só a sua segunda vez,pois tinha um rebolado que eu nunca tinha visto em toda minha vida,seus seios grandes e redondos não paravam de balançar,coloquei minhas mãos em seus seios,Emily começou a pular no meu pau,dei um tampa em sua bunda,gozei dentro da sua bucetinha.(dei um gemido)

Tirei meu pênis de sua buceta,ele estava todo lambuzado

-deixa eu lamber seu leitinho papai?

-toma leitinho sua cadela

Emily era muito inexperiente e isso me deixava ainda mais excitado.

Ela lambia meu pênis como se fosse um picolé,dava beijinhos na cabecinha do meu pênis

-dá seu cuzinho para o papai?

-vem comer meu cuzinho (sorriso malicioso)

- você é tão gostosa,vontade de fuder com você o resto da minha vida (prensei Emily na parede)

Comecei a passar meu pau pela sua bunda,era tão redondinha,não havia uma estria ou celulite,enfiei meu pau no seu cu (respiração ofegante)

-aaaiiiiiiiiii papaiiii (gemendo e gritando)

Metia meu pau bem de vagarinho,comecei a pegar mais velocidade,Emily não parava de gritar

-ta doendo?(puxei seu cabelo)

-muito,mas é a dor mais gostosa que existe no mundo (gemendo e suando)

Coloquei uma de minhas mãos nos seus seios e a outra coloquei em sua buceta,fazia movimentos muito rápidos,seu cuzinho era a coisa mais gostosa que eu já havia comido.

-aaiiii,ta doendo muito papai (gritando e suando).

Naquele dia transei com Emily mais três vezes,ela ficou dois meses na minha casa,fizemos sexo em vários lugares exóticos,desde então não vejo a hora de Emily fazer 18 e vir morar comigo.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.