"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Flerte gostoso em boate de luxo nos EUA


autor: CasalAventura
publicado em: 15/12/16
categoria: aventura
leituras: 951
ver notas


Tenho 31 anos e minha mulher 29. Formamos um casal bonito, sempre malhamos e temos muitas fantasias. Ainda não temos filhos.
Estamos juntos há 7 anos. Fomos passar férias em Las Vegas no ano passado. Fomos a um night club e a uma pool party. Ficamos muito excitados com o clima de Las Vegas e transamos muito nesses dias. Foi tudo muito intenso e divertido. Era muita gente alegre, bonita, jovem regado a bebida!
No fim das férias minha mulher quis ir a uma boate de alto nível no Hotel Cosmopolitan. Excelente clima, música, diversão e gente jovem e bonita. Antes de entrar, minha esposa me propôs entrarmos como se fôssemos solteiros, para brincar um pouco. Segundo ela, ela poderia ver se era assediada nos EUA, se faria sucesso, e como não falava inglês bem como eu, também poderia ver se desenrolava bem com a língua.
Já eu, fluente em inglês, poderia ver se tb faria sucesso. Me disse que eu estava liberado para flertar com quem quisesse e ela apenas conversaria com quem chegasse nela. Fiquei um pouco surpreso, mas topei a brincadeira. Afinal, um tempero e uma brincadeira como essa só faz bem. E ainda teríamos uma história para contar.
Como não poderia deixar de ser, logo um cara chegou nela. Conversaram um pouco, mas logo se despediram.
Uma mulher bonita começou a me encarar. Esperei a bebida fazer efeito e fui falar com ela. Era americana e começamos a trocar ideias. O papo fluiu e aos poucos já estávamos flertando. Minha esposa me olhava com um cara de surpresa e excitação. Aos poucos a bebida foi fazendo efeito e reparei que minha mulher começou a dançar e se soltar mais. Então sentei num sofá com minha paquera e fui conversando, bebendo e reparando o que minha mulher fazia.
Para minha surpresa um cara de uns 30 anos, alto, forte e, tenho que admitir: muito bonito, chegou e começou a falar com ela. Ela ria muito para ele e conseguiam se comunicar bem. Aquilo já estava me dando ciúmes. Comecei a beber mais e reparei que ela fazia o mesmo. De repente ela me manda um Whatsapp falando que eu estava liberado para beijar quem eu quisesse e que ela ia beijar o rapaz que estava conversando com ela. Nem deu tempo de responder e ela já estava beijando o cara e dançando agarrada com ele. Tive um misto de ciúmes e excitação. Resolvi entrar na brincadeira e investi na linda loira com quem eu estava conversando. Em pouco tempo já estávamos no maior amasso. Ela realmente havia gostado de mim. Me chamou para um canto mais escuro e reservado e começou a beijar meu pescoço e passar a mão no meu pau, sobre a minha calça. Tenho um pau grande e logo ela deu uma gargalhada e disse que havia ficado surpresa com o tamanho…
Quando me dei conta, minha esposa estava perto de nós no maior amasso com o cara também. Pela conversa deles, percebi que ele falava espanhol e por isso estavam se comunicando bem. Ele a agarrava com força e lhe dava uns beijos no pescoço.
Ficamos curtindo a festa até que minha loira teve que ir embora mais cedo. Uma de suas amigas passou mal e foram todas embora. Me passou seu contato e pediu para manter contato.
Então passei um whatsapp para minha mulher para tb irmos embora para hotel, quando poderíamos meter muito, após este clima de puro êxtase. Mas ela parecia encantada pelo rapaz e o beijava de forma alucinada. Já era umas 4 da manhã quando ela pediu para disfarçar e me encontrar na porta do banheiro.
Então ela me disse que estava muito excitada com o Espanhol e que eu sabia que sua maior fantasia era transar com um desconhecido no exterior, que depois ela aceitaria que eu fizesse o mesmo. Lembrou ainda que já havia realizado uma fantasia minha, de transar com 2 mulheres.

De fato, antes de nos casarmos, ela hospedou uma amiga de trabalho na sua casa e um dia rolou um sexo a três muito gostoso. Essa amiga era linda demais. Fiquei doido de tesão e foi muito bom de verdade esse ménage. Tinha sido a melhor experiência sexual de minha vida. Devia isso a ela.

Mas meu ciúme falou mais alto e não aceitei. Disse que não aceitava chegarmos a este ponto. Ela então disse que não perderia este momento e que não era justo da minha parte. Além disso, disse que eu poderia transar sozinho com outra mulher e que ainda faria novamente um ménage comigo e que estava decidido! Ela iria para o nosso hotel com o espanhol. Que uma hora e meia depois eu poderia ir embora, que ela o mandaria embora antes de eu chegar.

Fiquei sem saber o que fazer. Fiquei com ciúmes, mas tb excitado. E percebi que ela estava decidida. Era uma coisa que ela fantasiava muito. Continuei na balada e peguei uma outra mulher. Dei muitos amassos pensando na minha mulher sendo fodida por aquele cara. Bateu uma insegurança. Quando deu o horário eu fui embora. Cheguei no quarto e minha esposa estava no banho. Logo ela saiu peladinha e veio para cima de mim. Começou e me beijar e falar no meu ouvido que tinha acabado de transar gostoso demais. Que o espanhol era muito carinhoso e tb tinha uma pica enorme, que ela havia adorado chupar. Que deu de quatro e gozou gostoso sentado na pica dele, beijando-o alucinadamente. Que ele havia chupado a buceta e o rabinho dela maravilhosamente. Que tinha gozado duas vezes, mas que estava doida para gozar comigo tb. Começamos a meter e ela falava detalhes da transa com o espanhol no meu ouvido. Que estava realizada e jamais faria novamente. Perguntei como ele havia gozado, ela disse que tinha tirado a camisinha dele e tocado uma punhetinha, e que ele gozou muito na mão dela.
Nessa hora enchi a buceta dela de porra num gozo alucinante… Ela disse que um dia iria cumprir a promessa de fazer um novo ménage o trois para mim e que eu poderia transar com uma desconhecida tb, desde que contasse os detalhes para ela depois…
Então fui tomar um banho para digerir tudo que tinha acontecido. Estava muito atônito, com ciúme, mas muito excitado com tudo que havia ocorrido aquela noite.
Para minha surpresa, quando saí, minha esposa rindo disse que nada disso havia ocorrido, que não teria coragem de transar com outro, mesmo com aquele espanhol bonitão que gostara tanto. Que foi apenas um jogo! Que assim que saiu da boate deu uns amassos no espanhol e se despediu dele! O máximo que havia feito foi ter passado a mão no pauzão dele.
Mas que mesmo assim, cumpriria as promessas que havia me feito.
Isso já faz um 6 meses. Realmente acredito que tudo não passou de um jogo e não tenho indícios de que ela mentira, mas certeza mesmo nunca terei. E esse episódio mudou para melhor nossa relação. Ficamos ainda mais cúmplices na vida e na cama… Mas confesso que tenho muita curiosidade para ter certeza sobre a verdade. O que acham?




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.