"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Aguardando


autor: LOBO
publicado em: 29/07/15
categoria: hetero
leituras: 1585
ver notas



Se há a distância dos corpos,
de há muito as mentes se falam.
Se nossas mãos não se entrelaçam,
de há muito buscam o primeiro toque.

Nossos desejos, ainda sonhos.
Mas apenas aguardam o sol,
raiar de um dia que os desperte.

E a cada noite se apuram,
a cada nova fantasia se
aproximam, lapidam na
bruma uma nova realidade.

Se nossos lábios não se tocaram,
já intuem seus sabores.
Se nossas peles ainda não se roçam,
já se arrepiam...

Se nossos sexos não se juntaram ainda,
Alertas, preparam-se para o momento.
E atentos nessa espera,
já estão úmidos...

Ainda aguardamos, mas sabemos:
o destino, que nos fez encontrar
em meio a distância,
tem planos para nós...

Quer que sejamos apenas
homem e mulher.
Senhor e escrava,
Deusa e súdito...

Na arena dos amantes,
toda a lascívia de nossos
corpos será libertada.
Nosso encontro será celebração.

Serão momentos só nossos,
serão completos, infinitos...
Pois nada, nem mesmo a
junção de palavras na forma
mais inspirada, buscando ser
um poema seria capaz
de descrever o clímax.

Alguns apenas sonham,
poucos afortunados como
nós a têm: A paz sublime.

Pois só quem viveu, sabe
dessa paz após o êxtase.
Paz dos momentos temperados
por peles salgadas de suor,
dos corpos saciados pelo amor...


Texto Publicado. Direitos autorais reservados. Proibidas sua reprodução, total ou parcial, bem como sua cessão a terceiros, exceto exclusivamente com autorização formal do autor. Lei 5988 de 1973





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.