"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Bêbados de um gozo


autor: Chronos
publicado em: 23/12/16
categoria: poesia
leituras: 1207
ver notas


Teu canto me encanta ...

O primeiro canto que amo ouvir é seu gemido
A melodia que embala meus ouvidos
Numa dança que não quero terminar

Nossas línguas, bêbadas, se caçando
Nossos corpos, alucinados se digladiando
Nenhuma água pode apagar essa paixão
Porque o primeiro som que me embriaga
É teu silêncio gemido
Através dos olhos atrevidos


Acordamos bêbados de um gozo
Que bebemos e embriagamo-nos na taça-corpo .
Águas mornas,
lágrimas que correram nas coxas
Eu na tua boca
Você em minhas coxas

Meu corpo serpenteia
Enlouquecendo o teu
Teu falo com vigor
Preenche o interior meu
Teu corpo parece que vai explodir

É champanhe agridoce
O gozo que explode
Embriagada de uma cachaça grossa . Da cana morna rosada
Minha boca bebe no gargalo . Eu me embriago.
Brinda língua.
As tantas bebidas servidas nos corpos
Copos . Corpos
Bebem eles de tudo
Do licor ou vinho rubro.

Amor, tudo que quero é beber o néctar entre suas pétalas
De tanto essa rosa chorar de prazer
Tudo que minha mente deseja, com furor, é você

Pois eu acordo com fome procurando
Teu sabor em minha boca transbordando
Meu falo em tua boca pulsando

Bêbados e famintos
Somos nós
Você, senhora de mim
Eu, senhor de ti
Neste bar que é o amar.
Nos embriagados de prazer
Eu, você. E nosso louco beber do foder

By: Chronos/ Byfenix



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.