"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Enlouquecido por minhas ex-alunas 3


autor: Chronos
publicado em: 10/01/17
categoria: hetero
leituras: 2291
ver notas


Olá, pessoal, Sou o Sávio, agora não mais profissional da área de Educação Física somente. Hoje também sou Executivo de Marketing Multinível. Muita coisa aconteceu na minha vida depois de dois eventos que tornaram meus dias totalmente loucos e agitados. Apesar de ensinar ser meu grande sonho, tive de abrir mão de uma parte do dia para desenvolver uma nova atividade que geraria uma renda maior para eu poder assumir as novas responsabilidades.

Eu explico a vocês: Como todos que acompanham as minhas histórias já sabem, envolvi-me freneticamente num triângulo amoroso com duas ex-alunas: Dani, com quem aos trancos e barrancos mantenho-me casado e aguardando a chegada do nosso pequeno Savinho, e Amanda, minha amante, que por azar da minha escolha ou providência Divina( escolho a segunda opção) enviou-me também um filho de nossa intensa relação. Fiquei literalmente fudido de mente, quase perdi meu casamento devido a isso, minha esposa ficou deprimida, algumas vezes sem comer, passava o dia inteiro chorando quando via dentro de casa, foi foda. 2016 foi um ano para eu colocar a cabeça no lugar e refazer todo meu plano de vida.

A princípio, cuidar de duas gravidas não despendia de tanta grana. Lógico, ainda não haviam nascido. Mas eu não podia cuidar somente da Dani e largar Amanda de lado. Eu realmente não via saída pro meu problema. Agora mais do que nunca eu tinha a necessidade de ter uma renda extra. Um certo dia, na academia onde malho, um Consultor de uma Empresa de MMN chegou para oferecer suplementos alimentares da área de saúde. Era uma linha que eu não conhecia no mercado, e ele estava divulgando um novo shake a base de taurina, sem glúten, e que ajuda a emagrecer e também a adquirir massa magra. Eu estava no intervalo da minha serie de trabalho de musculação de pernas e fui buscar uma barra de cereais na loja. Foi quando eu vi o André, professor Mestre e administrador da empresa, analisar a oferta do novo produto. Enquanto eu comia minha barra, ouvi atentamente o consultor, engraçado até, porque ele é gago, apresentar o plano de vendas do marketing de sua Empresa.

O intervalo da sessão de musculação tornou-se uma verdadeira aula de negócios para mim, e ali vislumbrei a possibilidade de ter uma franquia, mesmo sem ter academia, loja, nenhum estabelecimento comercial que pudesse despender de uma gigantesca papelada que me custaria os olhos da cara.

O André declinou, disse que já trabalhava com shakes de uma outra empresa de Marketing multinível, mas indicou amigos que poderiam interessar-se pelo ramo, pessoas com a mesma ambição de construir uma renda residual através de um consumo inteligente. Renda residual e consumo inteligente eram termos desconhecidos para mim, até. De verdade. Eu nunca tinha ouvido falar do negócio. Mas me chamou a atenção pois a margem de lucro as vendas era de 100% e a possibilidade de ganhos construindo times de profissionais e fora outros ganhos da empresa possibilitaria ao Executivo enriquecer através do consumo e venda de ativos. Ativos são produtos que proporcionam a você reembolso do seu dinheiro.

Vislumbrei naquela aula acidental minha oportunidade. Quando André se despediu do cara, corri até o Consultor e pedi-lhe mais informações. O rapaz, apesar do não do Gestor da academia, mostrou-se animado e disposto. Perguntei a ele sinceramente:

Eu: Cara, diz pra mim uma coisa: Você tira quanto por mês batendo de porta em porta, apresentando esse Marketing de Rede aí?

O nome do consultor era José Soares. Dava para ver que ele não era muito instruído, tinha língua pesada, mas demonstrou conhecimento e convicção ao responder:

José: Estou nesse empreendimento há cinco meses. No mês passado eu bati minha meta de R$1.800,00, estou vendendo não somente o shake, mas vários outros produtos, como perfumes, cosméticos, coisas que normalmente as pessoas usam no seu dia-a-dia. Não é nada inovador. O nosso diferencial é que comprar nossos produtos resulta em renda para você, é o consumo ativo.

Eu: Kkkkkkkk, acho que entendi. Tem um numero de contato para entrar em contato com você ?

E foi aí, que ele passou seu cartão personalizado da empresa. Havia o site, página do Facebook, enfim. Fui para casa com as informações que ele transmitiu ao meu colega André e fiquei um longo tempo pensando. Pensei muito mesmo.

Abrir um negócio era muito arriscado, ainda mais vivendo o drama que estava vivendo. Dani me encontrou refletindo profundamente sentado no sofá, olhando pro telefone, e perguntou:

Dani: Posso saber o que está te deixando tão compenetrado nesse telefone!?

Eu: Nada demais. Eu ouvi hoje uma proposta que por muito ajudar a gente, mas... Tô em duvidas sobre esse negócio!

Dani: Humm, entendi. Mas isso não vai atrapalhar na sua carreira, não!?

Eu: Atrapalhar, não atrapalha, mas é praticamente começar tudo de novo. Já ouviu falar de MMN( MARKETING MULTINÍVEL)?

DANI: Acho que não. Trabalha com que, isso!?

Eu fui tentando explicar a ela sobre esse novo mercado, e então ela sugeriu que o melhor a se fazer seria pesquisar para não me meter numa roubada. Entrei no site e vi em slides s mesma apresentação falada do José. Impressionante como tudo que José disse veio em flashes na minha mente. Naquela noite eu varei horas a fio no notebook buscando informações e fiquei encantado com a estrutura da empresa. Deixei uma mensagem no WhatsApp do José.

Eu: Estou impressionado com seu conhecimento e com a forma como tudo que diz está no site da empresa. Quanto tempo você tem de experiência nisso!? Quero saber mais!

E preparei-me para desligar e dormir com minha mulher, quando de repente, recebi duas mensagens. Uma era de Amanda. Outra do próprio José.

Amanda: Ei, psiu. Tem alguém acordado aí!?

Eu: Oi, Amanda, pode falar!

Amanda: Que houve que você passou dias sem falar comigo!?

Eu vacilei bonito com ela. Mas foi devido à depressão de Dani. O choque das revelações foram demais para ela. Um mês, véio. Achei que não iria segurar a gravidez. Por Deus, ainda bem que tudo estava em ordem com o Savinho. Sim, descobri que era homem há poucos dias. O moleque nem deu as caras e já era um herói por suportar comigo essa barra. Culpa toda minha.

Eu: Culpa toda minha, Amanda. Perdão. Vivi dias de cão desde aquela vez que estivemos aí.

Amanda: Porra, nem fala. Como ela tá!?

Eu: Andou deprimida pra caralho,nem comeu direito. Por quase um mês, tive que ficar de olho nela, ligando, marcando em cima e a porra toda.

Amanda: E você me deixou de lado, né! Abandonou legal, valeu, Savinho, belo tratante você está sendo comigo!

Eu: Olha, não é isso, Amanda! Cara, minha cabeça está girando a mil com a chegada dos dois meninos na minha vida. O que ganho como professor não basta! Não quero dar mais a um e deixar o outro de lado. Me perdoa!

Amanda: Só te perdôo com uma condição.

Porra, lá vem bomba. Agora é foda, irmão. É foda!

Amanda: Mata essa saudade de pica que tô de você, vem! Desde que houve aquele confronto entre mim e essa doida que você me deixou na seca, não consigo ficar com mais ninguém além de você. Acha que paixão passa de uma hora pra outra, seu cachorro, rsrsrs!

Eu: Olha a proposta da garota... Cara, como tu consegue falar merda numa hora dessas!?

Amanda: Se tem uma coisa que aprendi foi não levar a vida tão a sério, baby, afinal de contas todo mundo veio de uma gozada. E que gozada gostosa que a gente deu, hein! Roberta foi muito bem feita!

Eu: 😢, é menina!?

Amanda: É. Mas ta aqui, sem ouvir sua voz, porque você me abandonou!!!

Eu: Eu vou te ver, Amanda! Viu te ver mesmo.

Amanda: Não promete, faz! E aproveita, dá uma pressão gostosa aqui que ultimamente tenho sentido desejo pra caralho!

Eu: Desejo de foder!?

Amanda: Lindo, tem mulher que sente desejo de comer até tijolo com chocolate, o meu , amor, é foder! Kkkkk.

Puta que pariu. Eu tô frito.

Eu: Não sei se rio ou te esgano, sua maluca!

Amanda: Fode gostoso, não vai me fazer mal, não. Aliás, até ajuda, sabia!?

No meio do papo, Dani pergunta com quem estou falando. Desconverso, digo que é coisa sem importância. Mas que José havia me deixado uma mensagem.

Dani: Não se mete em furada, tá! Por favor, Sávio, a ultima coisa que precisamos é de dividad e enganação!

Eu: Sei disso! Mas tem duas vidas para eu cuidar, tenho que arrumar alguma coisa!

Dani: Olha, nem me fala nada que lembre aquela puta, ok!? De bom, o que ela tem é só aquele bebê que ela carrega, que é seu!

Eu: Na verdade... Aquela bebê! É menina!

Dani: Não importa, Sávio! Nada daquela garota eu quero saber, ok!? Agora vem dormir! Amanhã você pensa sobre o que você vai fazer!

Teria muito o que pensar. Mas eu já tinha uma resposta para aquilo.

Eu: José, ainda acordado, mano!?

José: Opa! Pode falar, companheiro!

Eu: Como posso fazer parte dessa parada que tu mostrou hoje!?

José: Cara, posso marcar uma reunião caseira na minha casa, e tu vai conhecer de uma maneira mais aprofundada e profissional. Experiência não precisa ter, precisa ter é força de vontade, e desejo de querer aprender.

Eu: Cara, não tenho conhecimento sobre esse negócio, sou professor de Educação Física, ok!? Mas hoje eu preciso sim, de uma renda extra e tenho dois grandes porquês vindo dentro de nove meses!

José: Eita, que maravilha, parabéns! São Gêmeos!?

Eu: Antes fosse, irmão. Antes fosse!

José: Caralho, véio, estão separados!?

Eu: Em duas barrigas diferentes!

José: Então você conheceu a empresa certa. Vamos acertando os detalhes! E boa sorte, mano, saúde pros meninos!

Eu: É um casal!

José: Cara, vem que eu te conto minha história e você vai saber que entendo o que está passando.

Assim, gente, meus dias de putaria desenfreada terminaram (?). Enquanto tiver Amanda perto, acho difícil manter-me sério. Quando encerrei o papo com José, tinha mensagens dela me esperando:

Amanda: Ei, me deixou sozinha de novo!?

- Caraca, Sávio, brincadeira, hein!

- Psiu, alguém vivo nessa porra!?

Eu: Calma, cara, tô aqui!

Amanda: Falando com quem!? Outra mulher!?

Eu: Nem que eu quisesse! Tenho duas já para cuidar!

Amanda: Duas em teoria, né! Você tá cuidando somente de uma, eu to largada!

Eu: Amanhã eu vou aí, Amanda!

Amanda: Quero só ver, hein! E vem de preferência sem a coleirinha da dona no pescoço!

Eu: Deixa a Dani quieta, tá!? Eu prometo, sem falta te verei.

Amanda: Ok, então. Tô com saudades .

Eu: Eu sei que vacilei, Dani. Sinto muito!

Amanda: Deixa esse lamento para lá! Quero que o sinto muito seja o tesão que ainda temos pelo outro!

Eu: Tu quer foder meu casamento, não é cachorra!?

Amanda: Acorda, baby: Tu já tá fodido! Quer pior que dois filhos ao mesmo tempo!? Kkkkkk, logo você, quem diria! O meu professor de Educação Física que impedia aquela garota louca de foder com os coleguinhas no vestiário, hajahahaha!

Eu: Caralho, rsrsrs. Cara, só tem sacanagem na tua cabeça!?

Amanda: Com você, sim! Aliás, muita, sempre fui louca por você!

Não podia negar, essa puta mexia comigo. E muito, ainda. O que vou fazer!? Sempre quando quero fazer tudo direito ela me surge! E agora o que eu faço!?

Essa é minha vida, pessoal: Tô casado, grávido de dois filhos, de amante e esposa, com uma seria decisão que poderia mudar o rumo da minha vida profissional... MAS NÃO TÔ MORTO!!! E agora, Amanda resolveu quebrar o silêncio pedindo que eu saciasse o desejo dela.

Até uma próxima. Ai, mas ter!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.