"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Como pegar o seu tatuador


autor: abgailsafadinha
publicado em: 10/01/17
categoria: hetero
leituras: 1189
ver notas


Olá pra quem não me conhece me chamo Abgail, mas pode me chamar de Abi eu sou baixinha de seios bem grandes e um bumbum médio, nem magra nem gorda normal com meus 19 aninhos logo, logo 20 eu tenho três tatuagens um filtro dos sonhos bem na costela, uma cinta liga bem instigante na perna, e um lacinho no coquix bem próximo do bumbum e hoje vou contar pra vocês como foi fazer essa tattoo bem safada.

Com meus 18 anos eu queria causar, eu já tinha me acostumado muito bem com meu jeitinho safada de ser, e não passava vontade e nem me prendia por pouco afinal como diz as amiguinhas um dia sem meter o louco e um dia perdido, eu já queria a algum tempo fazer uma tattoo só faltava o desenho, resolvi que e iria homenagear esse meu jeitinho no formato de um lacinho rosa bem discreto um pouco acima do bumbum e esse dia se mostro bem interessante e delicioso.

Era uma terça eu acabei me atrasando um pouco e sai de casa tarde rumo a galeria do rock, ao chegar lá avistei um estúdio de tattoo resolvi entrar.

-Oi da pra fazer uma tattoo hoje?

-O linda já tô fechando.

-A por favor moro longe sabe.



Olhando pra ele percebi , me olhava de um jeito um olhar voraz me deixo excitada me sentindo uma presa indefesa.



-Se for pequena eu faço tudo bem.

-Claro e pequenininha.



Passei por ele já tirando uma casquinha daquele braço grande, era bem alto com uma barba por fazer que o deixava ainda mais sexy todo tatuado oque me deixava curiosa pra ver o resto das suas tattoo.



-Oque você que fazer linda?

-Um lacinho no coquix.

-Mas você está de vestido .

-Alguém vai entrar aqui ?

-Não.



Levantei bem devagar o vestido na altura dos seios mostrando um fio dental minúsculo vermelho, seu olhar era devorador deitei na cadeira esperei ele abaixar um pouco a calcinha, e limpar a área sua mão era quente passando de leve até no bumbum, depois de limpar começo a rabiscar a tattoo na minha pele, não sentia dor mas a cada apertão dele no meu bumbum eu ficava mais molhada sempre escorregava um dedinho travesso e eu já tinha certeza que ia ser fodida por esse tatuador safado.

-Terminei.

Dei uma voltinha pra visualizar melhor, além de gostoso tatuava super bem.

-Agora eu merece um beijinho não gatinho



Ele veio em minha direção o empurrei e virei de costas, tirei o resto do vesto e me debrucei sobre a cadeira.

-Eu quero na minha nova tattoo



Veio um tapa forte e ardido mas a minha excitação era maior, tiro minha calcinha de uma vez entre beijos e tapas, ele me abriu com uma chupada de tirar o ar sugava tudo dando umas dedadas eu queria gritar mas a cada grito tentado um tapa estralava, ele me puxo pela cintura e me jogo no chão, ouvi o barulho do preservativo sendo rasgado e sendo preenchida de uma vez sóo safado sabia socar, me virou de frente pra ele e me fez mamar seu pau delicioso enquanto empinava a bunda pra receber seus tapas forte me viro de novo e volto a me foder mais forte apertando minha cintura com força.

-Nossa que putinha safada ainda bem que veio fazer essa tattoo hoje geme sua cachorra.

-Mete mais.



Eu já estava gozando, senti alisando meu cuzinho eu queria dar a bunda pra esse safado eu já não aguentava mais ficar naquela posição com as pernas bambas ele me levantou e me debruçou sobre a cadeira.

-Nossa gostosa acabei de embrulhar esse cuzinho já vou arrombar. Me diz ai esse seu cuzinho e treinado?

-Arromba seu puto



Umas linguadinha e dedadas meu cuzinho já tava pronto pra ação, socava forte muitos tapas meu bumbum já devia estar roxo mas eu estava amando aperta aquele pau gostoso no meu anelzinho senti o seu pau pulsar ele ia gozar.

-Ajoelha e fecha essa boca quero gozar na sua cara.

Estralo um tapa na minha cara, e lambuzo meu rosto todinho.

-Então quanto te devo.

-Depois dessa foda Nadinha, Mas vou querer te ver de novo.

-Porque não.



Ele fez minhas outras tattoo mas hoje somos sóamigos mas foi uma transa inesquecível.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.