"Os mais excitantes contos eróticos"

 

O dia que comi a pastora


autor: fortesp
publicado em: 13/01/17
categoria: hetero
leituras: 4520
ver notas


vou contar como foi a primeira vez com a pastora de lá pra cá como ela na medida do possivel...
eu observava ela com aquele vestido e me dava um tesão eu chegava em casa e batia uma, até um dia eu peguei ela me olhando achei estranho porque né pastora casada mas o olhar dela era diferente você sabe quando é, então a gente começamos se aproximar mas bem tranquilo um dia ela me perguntou e a namorada rapaz cade? isso era um vento que tinha na igreja, eu falei olha estou sem ela riu eu também e ela saiu, a igreja marcou um evento de carnaval na chácara ela me chamou eu fui dai aonde começou a desgraceira kkk.
eu sempre via ela de vestido na chácara vi ela de shortinho eu de óculos escuro olhava e ela percebeu eu fiquei sem graça ,mas ela riu eu então fui ao banheiro e bati uma quando foi umas uma da madrugada escutei um barulho e fui ver era o pastor falando pra ela ficar porque ele tinha que ir na cidade e votaria depois de um dia, cara minha imaginação foi a mil, então as 6 da manha eu já tinha dormido fui a cozinha e vi o pastor saindo eles dormiam em um chale reservado então eu fiquei ali tomando um café a turma sóacordava as 11 ou 12 pra lá, eu fui na varando umas 8 e ela saiu pra fora e me viu entrou em seguida eu vi que estava com roupa de dormi, mas continuei ali e vi ela olhando pala janela nossa foi a deixa, então criei coragem, eu sai da varanda e fui no gramado pra testar sabe pra minha surpresa ela saiu e disse oi Diego vai dormi eu olhei pra todos os lados possiveis e falei não consigo, ela pq? perguntei posso entra ela tá pode então quando ela fechou a porta eu abracei ela e ela não Diego não faça isso eu beijei o pescoço dela e ela foi se derretendo e disse olha nao aguento mais garoto e me empurrou achei estranho, ela desabafou e disse a tempo meu marido nao chega junto, eu falei deixa comigo kkk ela olhou eu beijei ela e joguei ela na cama mas cama faz barulho joguei o colchão no chão e e comecei a chupar ela tanto que ela pedia rola vem por favor vem então coloquei meu pau na boca dela ela babava no pau dai peguei ela e deitei então colocou as pernas dela no meu ombro e metia ela falava no meu ouvido quero gritar nao posso e eu metia sem dó entao enchi ela de porra dei mais duas e sai dai mas e noite na madruga voltei ela me disse pra fazer oque eu queria fazer então peguei um lençol e amarrei ela e chupei e comi ela de todo jeito e até hoje traço ela...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.