"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Matando a saudade


autor: Srtak
publicado em: 24/01/17
categoria: hetero
leituras: 1579
ver notas


Quases quatro meses depois do nosso último encontro, marcamos de nos ver. Ele me pegou no local combinado e fomos ao Motel.

Mal entramos no quarto começamos a nos beijar. Ele me beijava com tanta paixão e volúpia. Sua língua invadia minha boca.

Suas mãos acariciavam meus seios por cima do meu vestido, fazendo com que meus seios ficassem instrumecidos. Ele foi logo tirando meu vestido me deixando apenas de calcinha.

Aproveitei a oportunidade e ajudei ele a se despir também. Me ajoelhei na frente dele e fui abaixando sua cueca para expor seu pau que já estava muito teso, a espera de um carinho. Não me fiz de rogada e o abocanhei com vontade, comecei a chupá-lo olhando para ele com cara de safada, pois sei que ele gosta disso.  Fui passando a língua em toda a cabecinha do pau, lambendo também toda a extensão até chegar nas bolas, que  chupei. E enquanto eu chupava ia masturbando-o. Voltei a chupar o pau e pus todinho na boca. Alternava entre chupadas e lambidas, criando um ritmo gostoso até que ele não aguentou e gozou em minha boca. E eu como boa menina engoli tudinho.

Ele me levou até cama e começou a beijar meu corpo, mordiscava meu pescoço e desceu até meus seios, passava a língua no bico, mamava meus seios  feito um bezerrinho faminto.. Eu já estava enchacada, minha boceta latejava de tesão. Enquando ele chupava meus seios começou a acariciar minha boceta, massageava meu clitóris, me fodia com os dedos. Ele desceu até minha boceta e começou a me chupar, metia a língua fundo e me lambia, brincava com meu clitóris, explorava minha fenda todinha. Então gozei.

Ele me beijou para que eu sentisse o meu gosto em sua boca. Ele disse que ia me foder. Ele me pediu para ficar de quatro eu fiquei. Ele esfregava seu pau em meu clitóris, pincelava o pau na entrada da minha boceta.  E então colocou tudinho. Que tesão sentir aquele pau gostoso me preencher.  Ele socava o pau todo dentro da minha boceta e me chamava de "minha putinha gostosa", me mandava  rebolar no pau dele, dizia que eu era "só dele". 

Ele deitou e me pediu pra vim por cima. Cavalguei gostoso. Subia e descia naquele pau. Primeiro rápido, depois diminuia o ritmo e ia bem devagar, ele urrava de prazer e pedia para eu "quicar gostoso na pica dele".  Enquanto eu cavalgava ele ia colocando o dedo em meu cuzinho, isso me excitava mais. 

Ele me colocou deitada de ladinho, pegou o lubrificante passou no pau e em meu cuzinho e se encaixou atrás de mim. Enquanto ele ia colocando o pau em meu cuzinho ele ia dedilhando minha boceta, beijava e mordia meu pescoço, sussurava sacanagens em meu ouvido. Nossa que delicia. Quando o pau dele entrou todinho em meu cuzinho. Ele começou um vai e vem delicioso que gozei como nunca.  Ele também gozou feito um louco.

Nos recompomos e fomos tomar banho e voltamos para a cama para conversar amenidades.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.