"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Namorando minha Tia


autor: Rikardo_Negrão
publicado em: 07/02/17
categoria: romance
leituras: 2633
ver notas


Me chamo Henrique tenho 22 anos e a 5 anos atrás aconteceu algo que mudou minha vida, me apaixonei e descobri a mulher da minha vida.

Quando tinha 17 anos meus tios se mudaram para minha cidade pois eram do interior, meu tio (irmão de minha mãe) que também era meu padrinho sempre foi um homem frio e meio bronco, já minha tia sua esposa era uma mulher linda porém triste, sempre passei as férias na casa deles no interior e isso criou uma amizade forte entre minha tia e eu.

Como meu pai conseguiu um emprego para meu tio em sua firma no turno da madrugada minha tia ficaria sozinha, para evitar isso minha mãe pediu para que eu dormisse na casa deles, como eramos amigos minha tia não se opôs.

Na primeira noite percebi que minha tia estava muito cabisbaixa, perguntei o que aconteceu, ela me falou que a muito tempo vinha se sentindo desvalorizada que meu tio não ligava para ela, logo pensei comigo mesmo “que idiota, tem uma mulher linda e atraente e não da assistência”, mas guardei minha opinião e apenas disse:

-Tia não liga não, você merece mais.

Ela sorriu e me beijou na testa e foi preparar o jantar, fiquei olhando para ela, uma morena linda cheia de curvas, cabelos longos até cintura, bundinha redondinha e impanada, coxas bem definidas, tinha seios pequenos e firmes, uma borca carnuda, olhos castanhos claros, uma deusa, foia primeira vez que vi minha tia de outra forma. Ela sentiu que estava sendo admirada e começou de forma discreta se insinuar.

Fui tomar um banho para ver se acalmava as vontades, ao sai do chuveiro estava apenas de toalha, minha tia me lançou um olhar que me mediu de cima a baixo e fez o seguinte comentário:

-Henrique já é um homem e um belo homem, forte lindo, aposto que faz sucesso com as meninas.

Acabamos rindo juntos, troquei de roupa e fomos jantar, terminando a refeição ajudei ela a arrumar a louça, e foi inevitável não me aproximar, enquanto ela lavava os pratos, me cheguei por trás dela e comecei a passá-los para o escorredor.

Minha tia foi para o quarto e vestiu uma camisola curtíssima e acada movimento mostrava a calcinha, um fio dental preto rendado , sentou ao meu lado no sofá e assistimos TV, por volta das 23:00 horas me disse que iria se recolher perguntou se queria ir para quarto para conversarmos um pouco mais antes de dormirmos, aceitei o convite.

Falamos sobre tudo, até ela tocar no assunto de namoradas, disse que estava solteiro mas na hora certa apareceria alguém, esse assunto ramificou até intimidades, confessei que tinha mais de 8 meses sem fazer amor, ela gargalhou e disse melhor que eu que estou a 3 anos:

-Seu tio não comparesse, não sei o que ha de errado comigo?

Na mesma hora falei :

-Ele deve ser louco pois você é muito linda uma mulher gostosa, charmosa, adoraria ter uma namorada como a senhora.

-Senhora? Senhora não Henrique me chame de Luana não sou tão velha assim.

Realmente minha tia era uma jovem mulher tinha apenas 34 anos.

Ficamos trocando elogios, até que me deitei ao lado dela e comecei a fazer carinhos em seu cabelo, ela sorria e me acariciava no peito, aquele momento foi ficando mais intenso, então ela se colocou mais próxima e não aguentei segurei em seu rosto e lhe beijei, o beijo foi correspondido.

Em meio a trocas de carícias e beijos, sentei minha tia em meu colo e tirei sua camisola, revelando seus seios nus, ela não disse nenhuma palavra apenas se posicionou para receber minhas mãos sobre eles, ficamos assim por algum tempo, até que ao percebe meu estado de excitação ela me despiu e começou a chupar meu membro viril com intensidade, acada sugada sentia a pressão sobre ele.

Segurava a cabeça de minha tia e ditava o ritmo do oral, antes que gozasse em sua boca, joguei-a na cama arranquei seu fio dental e literalmente cai com a boca entre suas pernas, chupava com vontade e ela não parava de gemer e me chamar de safado, cachorro, gostoso.

Ela se ajoelhou sobre a cama, eu fiquei a trás dela beijando seu pescoço e agarrando seus seios, quando ela ficou de quatro vi que era na quele momento que iriamos de fato nos entregar a paixão, penetrei vagarosamente sua bucetinha apertada, ela soltou um gritinho que me levou a loucura, ela mandava que eu a fodesse com mais força, e assim eu fiz, com aquele êxtase a chamava de minha gostosa, de minha putinha linda, ela adorou ser chamada assim.

Luana gozou antes de mim, gozou tão divinamente que derramou seu néctar pelo lençol da cama, me deitei para que ela pudesse me cavalgar, não demorou muito e gozei com todo o prazer.

Ficamos a noite toda nos beijando e nos amanado, pela manha antes de meu tio chegar fomos tomar banho juntos, e minha tia (agora minha amante namorada mulher) estava feliz como a muito tempo não estava, me arrumei tomei café com ela e fui para o colégio, afinal ainda estava no meu último ano na escola, a noite quando voltei ela já me esperava na porta, foi logo me beijando e me chamando de cachorro gostoso.

Essa relação entre nós já dura a cinco anos e não conseguimos viver um sem outro , porém já faz um tempo que não durmo na casa de meus tios para não levantar suspeita reveso com minha irmã que também fará companhia a minha tia, sempre fazemos amor quando estamos sozinhos.

E meu tio como não desconfia de nada me pediu para acompanhá-la em uma viajem até a casa da família de Luana, mas oque ocorreu nessa viajem contarei em outra oportunidade.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.