"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Uma noite inesquecível


autor: odeflor
publicado em: 27/02/17
categoria: jovens
leituras: 1231
ver notas


Enfim chega a tão esperada formatura, meu namorada da mesma sala íamos junto ao baile, mas brigamos uns dias antes devido a uma discussão boba sobre meu vestido do baile um vestido meio transparente e decotado ele não gostou e me proibiu e falou que se eu fosse assim estava tudo terminado entre nós, como sou uma mulher independente não abaixei a cabeça e falei.

-Você quem sabe, vou com esse vestido a minha mãe já autorizou e até já alugou se tem alguém que pode proibir são meus pais eles não opuseram.

Assim terminamos e chegou o dia, coloquei aquele vestido fiquei parecendo uma diva, com tinha 19 anos meu corpo estava com tudo em cima, ele caiu muito bem ficou agarrado dando destaque a minha bunda coxa grossa que os homens tanto gostam e me elogiam.

Estava sentindo a toda poderosa a dona da festa, o vestido da desunião parecia que tinha sido feito para aquele momento e minhas amigas também não ficaram atrás cada uma mais linda e elegante que o outra.

Na festa meu namorado queria falar comigo mas não veio e eu também não fui até ele e assim ficamos aquele clima de disputa, do meio para o final do baile eu vi ele com uma garota que não conhecia mas pelo jeito e corpo era bem novinha, eu dava de dez nela, segui os dois e vi eles se beijando fiquei muito puta mas não atrapalhei, resolvi dar o troco e voltei para mesa onde estava com meus pais ao meu lado tinha um garoto que não conhecia mas não tirava o olho de min resolvi dar corda e quem sabe dar o troco no meu namorado.

Não demorou muito e já estávamos conversando ele era mais velho do que eu e estudava em outra escola e já era formado anos antes, me convidou para dançar e resolvi aceitar ainda não tinha dançado com ninguém, no caminho ele me elogiou, elogiou minha roupa meu corpo perguntou se tinha namorado falei que não ele não acreditou e assim fomos dançar quando terminou ele me pegou pelo braço me deu um beijo na boca e pediu desculpa disse que não resistiu estava com vontade desde que me viu no início da festa, não reclamei e aceitei e ele ficou mais saidinho e me convidou para ir a um lugar mais sossegado calmo (sem barulho) para conversar e nos conhecer melhor.

E assim fomos para minha surpresa ao chegar no local meu ex estava lá beijando a tal garota que eu já tinha visto com ele anteriormente. Fingi que não o conhecia e ficamos ali no mesmo espaço conversando até que o garoto me fala de musica e uma banda que gosto muito e diz que tem a coleção completa no carro e convida para dar uma olhada seu carro estava no estacionamento do clube. Achei que era uma cilada mas fui afinal queria dar o troco naquele safado que estava ali do meu lado agarrando aquela menina novinha que mal tinha seios, chegando no estacionamento era um carro grande bonito com vidros todos escuro ele abriu a porta e já começamos a nos beijar com aquele vontade de jovens tarados “risos”.

A não boba já começa a passear nos nossos corpos e aperta minha bunda meus seios e já fico com tesão ele abre um pouco meu vestido pega meus seios tira eles para fora e começa a beijar eles com carinho especial coisa que fico louca, assim ele brinca como uma criança beija aperta acaricia, passa a língua bem devagar nos biquinhos fico só recebendo aqueles carinhos, aperto a bunda dele beijo seu pescoço enfim ele me empurra e caio no bando do carro onde fico mais fácil para ele me despir ou pelo menos tentar, começa a acariciar minhas coxas levantar meu vestido depois beija novamente meus seios boca orelhas eu tento sair dali tirar ele de cima mas não consigo e não surge resultado e o danado fica mais excitado ainda.

Eu estava deitada no banco com o vestido levantado e os seios para fora ele tira o pinto para fora que já está duro e pede para eu fazer uma chupeta, eu meio sem jeito devida a posição no carro não resisto me ajeito e atendo seu pedido, ele fecha a porta do carro e ficamos lá dentro escondido de alguém que poderia passar e nos ver, enquanto chupo aquele pinto ele me acaricia meus seios e começa a me elogiar.

- Que morena gostosa quando te vi na festa já fiquei com o pau duro, só de ver você andando com essa bundona e esse vestido colado marcando seu corpo, seios do tamanho ideal, corpo moreno, quero te comer hoje e agora ou se você preferir podemos sair e ir a um motel lá ficamos mais sossegado.

Falei que não meus pais estavam no baile e tinha que voltar com eles a garoto então queria me comer ali mesmo, não deixei imagina se alguém nos pega. E me vira de bruços levanta meu vestido e começa a beijar minha bunda, por cima da calcinha minhas coxas na parte interna delas e elogia minha pele morena falar que esta lisinha, tenta afastar minha calcinha de lado sinto sua respiração ficar mais ofegante logo ele pede para eu desvirar e voltar a posição de barriga para cima e enfia seu pau na minha boca com tudo e goza dentro dela, não estava esperando e enche ela de esperma quase engasguei queria cuspir tudo não consegui ele segurou minha cabeça caiu no vestido fiquei muito puta afinal não avisou que ia gozar dentro da minha boca. Levantei me recompus e nos limpamos e voltamos para o baile eu puta com ele mas ainda com tesão. Chegando lá despedi do garoto sentei na mesa e logo meu ex me chama de lado e me rouba um beijo na boca, aqueles que toda mulher gosta e começamos a nos beijar depois do termino ele fala assim

- Que boca gostosa nunca beijei você assim esta com um gosto bom, que bebida andou tomando, seu vestido esta com uma mancha deixou cair algo.

- Mal sabe ele que a mancha e o gosto diferente é esperma de outro macho, pensei comigo.

- Quero voltar com você, esquecer essa bobeira de briga vamos sair daqui ir embora estou louco para dar mais beijos nessa boca linda carnuda e gostosa.

Como a festa já estava quase no final falei com meus pais e fomos embora, eu ele e meus pais no mesmo carro até o portão da minha casa onde os amassos começaram ele só queria saber do gosto daquele beijo me perguntou varias vezes fingi não ouvir.

- Garoto novinho e já leva jeito para ser corno gosta da sua mulher com gosto de esperma de outro.

E assim ficamos no portão conversando até uma hora que meus pais foram dormir dei um jeito de dar para ele na garagem atrás do carro onde ninguém nos via estava com tesão desde a chupeta que fiz para aquele garoto.

Ele me despiu fiquei nuazinha para ele deixei me lamber me chupar bunda seios coxas, ele estava ficando louco, encostei na parede de costas abri as pernas e pedi para ele me chupar toda, ele chupou como sempre e falou assim

- Deixa eu gozar na sua boca hoje para comemorar, eu quero encher essa boca maravilhosa e gostosa com meu esperma. Então falei

- Na boca não, pode gozar no meus seios, tenho nojo isso nunca me aconteceu.

Tinha que me comportar pensei comigo, imagina se ele fica sabendo que é o segundo a gozar na boca naquela noite o namoro ia terminar ou não. Esses meninos tem fetiche por boca tanto lugar legal para gozar no corpo de uma mulher.

Peguei aquele pinto duro passei pelas minhas coxas bunda seios ele ficou louco e deixei ele chupar minha buceta que já estava sedenta por pinto e toda lisinha só esperando ser chupada ele chupava tão gostoso depois me penetrou em pé mesmo fiquei que quatro encostado no carro ele socava tudo dentro de min batia na minha bundona até a hora que ele anunciou que ia gozar e tirou da buceta, virei e abaixei e gozou jatos no meus seios.

Foi maravilhoso uma das melhores transas e noites que tive com esse namorado que ficamos juntos por uns 02 anos e ele sempre me falava daquele dia do baile e o gosto do beijo.

Um dia quase falei assim

- Aquele beijo estava bom porque tinha resto de esperma de outro na minha boca, você gostou posso arrumar mais e te beijar novamente “risos”

Naquela noite fui dormir tranquila mas cansada depois das aventuras com os dois, um nem sabia da existência do outro.





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.