"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Sofrendo na mão do dotado


autor: Katita
publicado em: 07/04/17
categoria: hetero
leituras: 6584
ver notas


Grazi já estava arrependida de ter aceitado dar para ele, se arrependeu no momento em que Rodrigo abaixou as calças e ela viu o tamanho da rola que ia ter de encarar, mas agora não dava mais pra fugir estava na cama no motel só de calcinha nem que implorasse ele ia levar ela pra casa antes de comer sua buceta.

---- Nossa, menino olha isso... - disse ela chegando perto e medindo com a mão passou bastante de um palmo dela - não vai caber isso em mim não.

---- Cabe, cabe sim quer ver.

Rodrigo estava de pé do lado da cama ela de joelhos a sua frente, ele segurou firme em seus cabelos e puxou pra perto do seu pau.

---- Primeiro vams na boquinha.

Grazielle envolveu os lábios em volta da piroca dele aquilo encheu sua boquinha e se dedicou em um delicioso boquete, ia só até a metade do pau, descascando a cabecinha e lambendo bem com a língua. Rodrigo fechou os olhos e aproveitou a habilidade da menina, a medida que o tesão aumentava Rodrigo queria meter mais fundo na boquinha dela.

---- Vai Chupa mais... Engole ele todo pra mim.

---- Não dá Rô, ... - disse ela parando de chupar e punhetando ele bem rapidinho - já tá quase na minha garganta, você quer me matar a mãozinha dela nem fechava em volta daquele monstro.

---- Então espera ... Vamos assim ó na bochechinha.

Grazi tirou a mão deixou ele comandar, Rodrigo a fez de puta estudando suas bochechas o máximo que dava primeiro uma depois a outra socou como bem quis na boca dela só livrou sua garganta, Grazi já ficou feliz por isso.

---- Isso boa menina chupou direitinho.- disse ele segurando o pau e batendo com ele na sua cara.- Mas o boquete é só o aperitivo agora eu quero o prato principal, Anda deita aí tá na hora de dar essa buceta agora.

Grazi se deitou massageando a pepeka pra preparar ela para aquela tora Rodrigo ajoelhou na frente dela e afastou suas pernas deixando aquela buceta rosinha abertinha.

----- Ta preparada? - disse ele segurando no pau e apontando no meio da rachinha dela.

----- Não, espera. - pediu ela.

Mas ele não esperou foi pondo todo pra dentro, Grazi agarrou no lensol da cama com as duas mãos e apertou pra aguentar aquela pica, serrou os dentes e segurou um gemido enquanto ele ia até o talo.

----- Ta gostando vadia? - perguntou ele.

Rodrigo se deliciava quando alguma garota sofria pra aguentar seu pau, meteu nela com gosto mesmo meladinha Grazi se contorcia toda no seu cacete.

----- Ahh! Ahh! Ah!

----- Isso gatinha geme , geme pra mim geme.

Rodrigo tirou o pau e olhou pra grutinha dela já meio arrombada fez um carinho e deois pau de novo nela ia destruir aquela xana, Grazi dobrou o pescoço pra trás num espasmo de prazer e continuou abrindo a buceta o máximo que conseguia e ainda entrava apertado.

---- Ahii! Nossa que rola é essa.... auuhh!! Ahh!

A surra demorou mais de meia hora, ele começou a meter mais forte e rápido dando indícios de que ia gozar, a cabeça do pau pulsação dentro dela quando sentiu o primeiro jato de porra quente dentro dela não aguentou e gozou junto com ele arranhando suas costas toda enquanto tinha a bucetinha transbordando porra, gozou tanto que quando tirou o pau dela escorreu tudo pro lensol.

----- E aí foi bom pra você? - perguntou ele.

----- Nossa foi ótimo minha melhor foda com essa pica mostro que você tem.

----- Achou grande foi?

----- Nossa não nunca vi uma assim, se me arrombou sabia tô sentindo ela aqui em mim ainda.

----- só faltou eu comer seu cuzinho hem .

---- Ta louco jamais, nunca que eu vou dar a cupra você se quiser deixo você por o dedinho o pau nunca.

---- A gente passa um gelzinho.

---- Nem com gel dá pra aguentar esse troço não na buceta eu já sofri imagina no cú.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.