"Os mais excitantes contos eróticos"


Química perfeita!


autor: Soffiebh
publicado em: 23/04/17
categoria: hetero
leituras: 1188
ver notas
Fonte: maior > menor


Me chamo Soffie, tenho 30 anos, negra, 1,65 seios grandes durinhos (próteses), quadril largo, bunda grande, pernas torneadas, cabelos na cinturas cacheados e cintura fina, muitos falam que pareço com a atriz Thaís Araújo, mas tenho mais Peito e bunda.
Esse caso aconteceu no começo da minha carreira.
Tinha uma paciente que precisava de tratamento domiciliar devido a falta de condições físicas.
Ela tinha um filho que não conhecia, e quem cuidava dela era uma cuidadora.
Eu ia fazer curativos e verificar sinais vitais, dia sim e dia não.
Em uma das minhas idas a cuidadora perguntou se eu poderia ir no domingo, porque seu filho estava vindo para BH e queria conversar com a médica.
Disse que sim!
No domingo às 09 cheguei, e seu filho veio me atender, que homem lindo!
Moreno claro, com 1,90, forte, delicia de homem ele estava apenas de shorts, minha boceta deu os primeiros sinais que queria rola.
Eu estava de vestido branco justo, jaleco e salto.
Nós apresentamos.
Rony: Então você é o anjo de mamãe? Que anjo lindo!
Eu: Anjo?! Sim…
Rony: Ela falou de você com muito carinho.
Eu: Que bom, essa relação entre médico e paciente é muito boa.
Conversei com ele tecnicamente sobre sua mãe, como já estava ali, verifiquei os sinais vitais e conversei um pouco com minha paciente linda!
Ele me convidou para almoçar com eles, ele mesmo prepararia a refeição, D. Noêmia insistiu, agradeci mas disse que tinha compromisso na casa da minha sogra (o que era verdade, na época namorava um rapaz de família rsrs).
Rony me convidou até a cozinha e me ofereceu um suco, aceitei e ele preparando a refeição de sua mãe (dieta exclusiva), ficamos conversando e eu observando aquele homem gostoso e imaginando ele me fodendo e pensei “Soffie, se comporta ele é filho da sua paciente, e você está indo para casa do seu namorado.”
“Segura a onda”.
Ele abriu um vinho e me ofereceu aceitei apenas meia taça, estava dirigindo. Ele foi dar a dieta da sua mãe e fiquei ali imaginando ele me fodendo.
Ao retornar ele disse “você é linda” “ que pena que já tem namorado, queria te conhecer intimamente”
Foi a deixa que precisava.
Eu: Mas você pode me conhecer intimamente, o que impede? Meu namorado? Não se prenda a isso.
Rony se aproximou e lascou um beijo cheio de Tesão que correspondi na mesma intensidade, não precisamos falar mais nada, nossos corpos diziam o que queríamos, a química foi de imediato, minha boceta molhada e seu pau duro.
Ele me sentou na mesa e nos beijamos ardentemente, eu alisava aquele peitoral ele tocava em meus seios e ficamos nesse clima por uns 03 minutos, coloquei a mão no pau e senti aquela pica grossa e dura me querendo, ele tirou meu vestido e calcinha me deixando nuazinha em cima da mesa, abriu minhas pernas e viu minha boceta toda babada querendo levar rola, socou lentamente me fazendo gemer, ele ficava olhando seu pau entrar até o talo e minha boceta engolir ele todo, ficou me fodendo lentamente por uns 05 minutos, estava me deixando louca, queria sentir aquela rola grossa me fodendo com força, não aguentei e pedi “me fode com força” ele sorriu olhou pra minha boceta e meteu com força e rápido, me fazendo soltar um gemido alto, tampei minha boca e ele socando cada vez mais rápido gozei,deixando seu pau todo branco, ele me pegou no colo com seu pau encaixado na minha boceta babada e me levou em direção ao seu quarto no andar de cima, enquanto subia as escadas comigo no colo, dava uma paradas e socava, eu queria logo chegar no seu quarto para poder sentir mais seu pau me fodendo.
Chegamos e ele muito carinhoso me deitou em sua cama e veio por cima, sem penetrar foi me beijando, beijando meus seios, barriga e finalmente encontrou minha boceta, deu umas linguadas no meu grelo que me fez gemer alto.
Veio de encontro a minha boca me beijando e senti seu pau penetrar até o talo, nos movimentos lentos me fez gozar novamente, ele me colocou na posição frango assado e meteu me fazendo gemer alto, tive que morder o travesseiro porque gritava feito vadia, senti minha boceta encher de porra ele gozou dentro deixando minha bucetinha cheia de porra.
Nos beijamos e subi em cima dele, me deitei e ele fazendo carinho em minhas costas e bunda, senti seu pau crescer e encaixei na minha boceta e comecei mexer lentamente fazendo ele gemer no meu ouvido, estávamos loucos de tesao, me posicionei e comecei a cavalgar, pressionava seu pau com minha boceta e ele urrava de tesao, eu disse:
“ vou gozar” ele sorriu e gozei gostoso deixando seu pau todo melado.
Me deitei de costas pra ele de ladinho, ele abriu minhas pernas e socou fundo, me fodeu deliciosamente me fazendo gozar como uma cadela.
Pedi “ come meu cuzinho”
Ele olhou não acreditando no que eu estava pedindo, ele deitou fui por Cima de costas para ele, encaixei seu pau no meu cuzinho e comecei a rebolar, ele foi ao delírio soquei gostoso e logo senti meu cuzinho encher de porra.
Me deitei toda arrombada em seu peitoral e ficamos ali só trocando carinhos, ele era muito carinhoso, me beijava, fazia carinho em meus cabelos e acabei adormecendo.
Fui acordada com seu pau dentro de mim, minha boceta molhada, e ele penetrando lentamente.
Que DELÍCIA ser acordada assim, gemi manhosamente, ele percebeu que eu estava adorando e socou forte, e iniciamos mais uma foda com muitos gozos.
Me levantei e fui tomar um banho.
Ele já havia trago minha roupa e desci, tinha um lanche pra mim, quando olhei pela janela e vi escuro, me assustei que horas eram?
Já era 18:45, puta que pariu!
Olhei no celular várias ligações perdidas do meu namorado, que merda estava ferrada.
Ele viu meu nervosismo e disse “ Não fica assim princesa, estou com vc”
Eu: Está comigo?
Rony: Quero você, preciso de você, há anos que não tenho uma mulher que me fizesse sentir o que você fez, você é especial.
Como mulher amei ouvir todos os elogios.
Terminei com meu namorado e fiquei com o Rony por um 1 ano e meio.
Depois que D. Noêmia faleceu ele foi embora do Brasil, e nos encontramos outras vezes quando vinha ao Brasil.
Mas nossas vidas tomou rumos diferentes e não nos vimos mais.
Ao escrever tive que parar, pegar meu vibrador e socar na minha boceta que ficou molhada!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.