"Os mais excitantes contos eróticos"


Casada Gostosa


autor: H_Ctba
publicado em: 29/04/17
categoria: traição
leituras: 3335
ver notas
Fonte: maior > menor


Esse conto é um pouco antigo. Aconteceu comigo no final de 2008. Tinha 21 anos na época e hoje com 30 anos.

Trabalhava na matriz de uma média empresa em Curitiba/PR, com aproximadamente 150 colaboradores.

Sempre teve muita safadeza nas festas e encontros da empresa, mas eu como estava há apenas 1 ano lá, ainda não tinha conseguido nada.

Sou de pele clara, olhos verdes, 1,76m, cabelo curto, corpo normal (nem gordo nem magro). Atraente para algumas mulheres.

Na minha empresa (como em várias outras) tínhamos um comunicador interno para assuntos ref. aos negócios da empresa. Mas claro, como em toda boa empresa, sempre tem assuntos paralelos nesses canais de comunicação.

E nessas conversas paralelas investi muito em uma mulher casada, 1,70 aprox. morena de cabelo e olhos escuros. Pele um pouco bronzeada. Ela tinha uma bunda maravilhosa e em forma, redondinha e macia. Tinha também dois pares de peitos perfeitos. Eram grandes e ela tinham recém realizado uma cirurgia para reduzir os seios, mas graças ao corno do marido não reduziu muito e continuou com 2 peitos grandes e deliciosos.

Saíamos do trabalho às 18h. Nesse dia em questão, saí mais cedo para compensar horas (17h00) e combinei com ela de nos encontrarmos no meu apto. após o trabalho. Ela disse ao marido que ia em um shopping próximo de onde eu morava e ele nem pestanejou.

Aguardei ansiosamente sua chegada e assim que abro a porta, ela estava em uma confusão de sentimentos: medo, ansiedade, tesão e curiosidade. Eu não estava difefente. Já puxei-a para dentro, encostei-a na parede e começamos nos beijar com muito desejo e força, como se fosse o primeiro e último beijo das nossas vidas.

Levei-a para o quarto, retirei sua blusa e meu primeiro prêmio para ousadia: dois grandes e deliciosos peitos. Comecei a chupá-los com força e ela gemia forte (estava usando-os pouco após a cirurgia). Me deleitei naqueles deliciosos peitos que ainda posso sentir o sabor. Em seguida, tirei a calça e a calcinha dela, e já vi aquela buceta carnuda e molhada, latejando de tesão. Caí de língua naquela delícia. Chupei deliciosamente, como sempre gostei até ela gozar na minha boca. Continuei chupando aqueles lábios e ela me implorava para fodê-la. Troquei a posição com a Marcela* e ela caiu de boca no meu pau. Nada de diferente nele. 16, 17cm. Mas ela chupava com vontade, mordia, e eu gemia forte com aquela boca engolindo meu pau. Quase gozei. Tirei o pau da boca dela e disse que agora a casadinha ia ser fodida com força, pra fazer valer a traição do corno. Abrir as pernas dela com a buceta muito lubrificada e soquei com força. Bombava muito freneticamente e ela gemia alto, e gritava: - mete na sua putinha. Mete forte esse pau gostoso. Ficamos algum curto tempo e ela gozou.

Coloquei-a de quatro na cama, dei um tapa na sua bunda e disse: - agora vou foder mais forte sua putinha. Arrebentar essa bucetinha gostosa que o corno do seu marido não está dando conta. E dava tapas em sua bunda linda enquanto metia na sua buceta carnuda.
Após algum tempo nessa posição, Marcela gozou novamente e eu não aguentaria mais. Disse que ia gozar, mas queria jogar meu leite nos seus grandes peitos.

Tirei o pau virei a cara da minha cadela e ela chupou e punhetou minha pica até eu anunciar o gozo. Tiramos da sua boca e gozei muito naqueles peitos.

Em seguida ela tomou banho assustada com o horário (demoramos um pouco mais que o previsto) e foi embora rapidinho para o corno não desconfiar. Corno esse que mais tarde (no mesmo dia) me daria uma carona para outra foda, mas sem saber de nada.
Essa conto em uma próxima...

Espero que tenham gostado do conto. Foi o meu primeiro conto e foi muito bom pra mim poder relembrar esse dia tão prazeroso.
Por favor, comentem e deixem feed backs para melhorias nos próximos. Ainda vou postar outras aventuras.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.