"Os mais excitantes contos eróticos"

 

O Consultório da Psicóloga!


autor: MrStarr
publicado em: 04/05/17
categoria: hetero
leituras: 2930
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá aqui é o Michael Starr, tenho 22 anos, moro em Taguatinga-DF, tenho cabelos pretos curtos e lisos, olhos castanhos escuros, porte físico atlético devido à academia. Estou aqui para postar mais uma de minhas aventuras, lembrando que todas são reais e realmente aconteceram, essa que irei contar para vocês será bem excitante e espero que gostem.

A aventura de hoje é com uma loira safada chamada Lívia, que tem seus 40 anos, olhos castanhos claros, peitos médios mas bem durinhos, uma bunda não muito espetacular mas bem empinada, barriga bem sarada devido a constância sua na academia. Lívia é psicóloga, por meio de preservar seu trabalho não direi mais do que isso, além de uma mulher incrível na cama também é uma excelente profissional.

Mas, vamos a história, houve um período na minha vida de transição da vida de colégio para a vida adulta e isso acabou por gerar alguns conflitos internos, que fizeram com que com auxílio da minha família, eu assim procurasse uma psicóloga, para poder lidar melhor com essas mudanças.

Uma amiga da família, receitou então Lívia, que atendia em sua própria casa, num local não muito longe de onde eu morava na época, o que além do preço fez com que aceitássemos a indicação e fossemos procurar Lívia, para iniciar meu tratamento.

Chegando no dia da primeira consulta, logo me surpreendi pela beleza da mesma, no dia fui no meu carro e cheguei em 10 minutos, pois o local realmente era perto, além do que o horário de 10:30 da manhã era bem tranquilo o trânsito. Lívia me encantou não só pela sua beleza, mas também pela sua educação, nos cumprimentamos e logo começou a consulta.

Durante a consulta, enquanto Lívia procurava entender o que eu procurava ali e eu ia contando sobre a minha vida e tudo mais, comecei a olhar bem pra aquela loirinha madura e deliciosa, tanto que acho que ela deve ter percebido meus olhares, mas preferiu ignorar. Ela então analisou meu problema e disse o que iríamos fazer para tratar, acertei o preço com ela e infelizmente a primeira consulta ficou só nisso, olhares mais incisivos meus e uma defesa por parte dela.

Na segunda consulta, enquanto desabafava sobre meus problemas, notei que a mesma estava sem o anel de noivado como da vez passada, tirando esse detalhe, tudo corria normal, mas eu ainda tentava chamar sua atenção dando indiretas ou mesmo com meus olhares. Mas tem horas que o tesão fala mais alto, foi quando perguntei sobre o anel de noivado, a mesma ficou surpresa com a minha pergunta, mas procurou ser objetiva mesmo não parecendo verdadeira. Após aquela pergunta, no restante final daquela segunda consulta, notei que Lívia já me olhava de um jeito diferente meio intrigada, talvez interessada em saber minhas reais intenções com aquela pergunta. Mesmo assim, ao final antes de nos despedirmos, Lívia me avisou que na próxima consulta faríamos uma sessão de relaxamento para expulsar as energias ruins, o que acabou me deixando curioso no fim das contas.

Chegado o dia da sessão de relaxamento, Lívia me mandou deitar sobre uma espécie de sofá cama e mandou eu me concentrar na voz dela, enquanto a mesma proferia certas palavras. Então por um momento, senti suas mãos macias começarem um movimento de massagem nas minhas costas, aquilo foi me deixando excitado, pois em cada toque daquela loirinha, mais aumentava a minha vontade de agarrá-la ali mesmo. Meu pau de 18 cm, já estava começando a ficar duro, quando a mesma mandou eu virar de frente, o que maliciosamente obedeci. Lívia continuou com o processo das palavras e da massagem de relaxamento, até que senti uma leve excitação da mesma, que depois continuou o processo lentamente. Notando uma respiração ofegante por parte da mesma ao fazer a massagem, num ato rápido, peguei uma de suas mãos e coloquei no meu pau, para que a mesma o massageasse.

Lívia parou a massagem e fez movimento de tirar a mão, quando eu segurei firme e ajudei a mesma a massagear meu pau aos poucos. Depois de um tempo a mesma, começou a ficar ofegante e a massagear sem a ajuda da minha mão, fazendo por conta própria. Aproveitando a deixa, comecei a passar a mão pelos seus peitos enquanto ela me punhetava bem gostoso, me deixando com o pau ainda mais duro.

Num ato rápido, levantei, puxei Lívia pela cintura, segurei na sua nuca e dei-lhe um beijo com bastante pegada, que não demorou muito aquela loirinha já correspondia aos meus beijos e mostrava-se entregue a mim. Comecei a me despir e Lívia fazia o mesmo, mostrando o quão fora do controle aquela loira safada estava. Não demorou muito e estávamos nus e completamente entregues um ao outro.

Deite ela no sofá cama e comecei a beijar seu corpo todo, demorei um tempo chupando e lambendo seus peitos o que arrancava gemidos dela que pedia por mais e mais. Notando o tesão daquela psicóloga levada, caí de boca naquela buceta com poucos pelos loiros e bem rosadinha, comecei chupando e lambendo devagar e ia acelerando aos poucos. Inicie uma chupada mais rápida acompanhada de 2 dedos dentro daquela bucetinha, Lívia gritava muito e acabou gozando bem gostoso seu melzinho na minha boca, chupei até o final, até sentir que tinha vindo tudo.

Lívia que parecia sedenta por um pau, logo em seguida começou um boquete fantástico, eu estava de pé já, enquanto a mesma estava ajoelhada no chão, engolindo e chupando meu pau, me dando uma dos melhores boquetes que eu já tive, mexendo bem a língua na cabecinha, chupando até o fundo, chegando até a lamber e chupar minhas bolas sem nenhum pudor. Aquela chupada me deixou bem no ponto, então interrompi aquela loira safada e pedi para a mesma deitar novamente no sofá cama.

Deitei ao seu lado e num ato rápido, enfiei meu pau todo dentro daquela loirinha safada e comecei a comer sua bucetinha de ladinho, indo devagar no começo mas bem fundo. Depois, fui acelerando nas estocadas e ao mesmo tempo xingava no seu ouvidinho e puxava o cabelo daquela loira safada, que estava gostando de ser dominada daquele jeito. Lívia gritava e gemia alto enquanto eu aumentava ainda mais o ritmo, sentindo toda aquela buceta no meu pau bem molhadinha e gostosa.

Lívia levantou e veio por cima pra sentar no meu pau, com um movimento rápido, ela colocou meu pau na sua buceta e começou a cavalgar bem gostoso, sorrindo, gemendo, gritando e me xingando, enquanto aumentava o ritmo e sentava cada vez mais fundo. Eu puxava seu cabelo, batia na sua bunda e arranhava suas costas, me deliciando com aquela mulher madura sentando que nem uma putinha no meu pau.

Depois daquela cavalgada maravilhosa que durou bastante tempo até, botei aquela loirinha de quatro e enfiei sem dó. Comecei metendo bem fundo, sentindo seu corpo junto do meu e sua respiração ofegante, mas o olhar daquela mulher demonstrava o quão realizada ela estava e ainda sim pedia por mais. Eu metia, alternando com tapas fortes na sua bunda que estimulavam ainda mais aquela mulher que gemia cada vez mais alto, pedindo para eu arrombá-la todinha. Sabia que meu limite havia chegado, avisei então a Lívia que se ajoelhou na minha frente e recebeu toda a minha porra nos seus peitos, espalhando pelo seu corpo aquele prêmio que ela fez por merecer.

Nos limpamos depois daquele sexo quente e Lívia veio me agradecer e ao mesmo tempo me pedir segredo por aquilo tudo, pois não queria ter sua carreira comprometida e nem que seu noivo descubra. Com meu jeito tranquilo, falei que faria tudo aquilo que ela pediu se a mesma, me desse seu cuzinho na próxima consulta, o que ela fez, mas fica para uma próxima.

Bom espero que todos tenham gostado do conto assim como eu também gostei de tê-lo escrito. Aguardo a resposta de vocês, sobre o que acharam, alguma crítica e por aí vai. Aqui está meu e-mail de contato para que possamos ter um contato mais íntimo e conversar melhor também: michaelstarr2017@gmail.com Bjoos e Abraço a todos, aguardo a mensagem de vocês e até a próxima.







ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.