"Os mais excitantes contos eróticos"

 

O pecado dá castidade!


autor: Cami
publicado em: 05/05/17
categoria: traição
leituras: 2326
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá, venho aqui relatar mais uma de minhas "aventuras", este aconteceu a mais ou menos um ano. Eu sempre tive uma paixão por um homem que tocava na igreja, o nome dele era Ricardo, mas ele namorava e "era muito certinho" (pelo menos é o que acham) Enfim, em uma madrugada ele me enviou uma mensagem no Facebook, e começamos a conversar, então a história dá conversa começou a ir pra um lado mais picante, mas eu era virgem então sempre me esquivava por insegurança, e também por ele ter namorada. A partir desta noite ele começou a conversar comigo praticamente todos os dias, me torturava e eu doida pra dar pra ele, em uma carta conversa eu disse: Sim eu topo! Então fui a uma festa na casa de um amigo, três casas a baixo dá dele, foi onde ele me viu e a ideia de sair dali e ir ficar com ele surgiu, dito e feito. Sai de fininho dá festa e entrei no carro, no banco de trás, poucas palavras durante o trajeto, pois estava nervosa, tímida e talvez até arrependida, paramos em uma estrada de terra, entre canas de açúcar, bem isolado dá cidade, pois era proibido, ele namorava! Então ele desceu e se juntou a mim no banco de trás do carro, eu tremia muito de tão nervosa e apreensiva que estava, ele perguntou se eu queria ir embora e eu disse que não, que me arrependeria mas ainda se fosse embora!Conversando então, até pegou em minha nuca e me puxou pra cima dele, nos beijavamos com desejo, tesão, adrenalina, eu era louca por aquela boca e agora ela estava ali me beijando, e eu rebolava no colo dele, sentindo seu pau duro por baixo de mim, cheio de tesão, ah que sensação maravilhosa. Ele tirou minha blusa e meu sutiã e começou a mamar meus seios, ele chupava famintos meus seios enormes, e eu gemia muito, e falava o quanto estava gostoso, tirei a blusa dele, e ele me deitou por baixo dele, não era muito confortável mas era tanto tesão que nem me lembrava disso, ele foi se abaixando me beijando, eu tentei resistir, puxei seu rosto e disse que não então ele começou a lamber minha boca como se fosse uma bucetinha dizendo: Deixa vai, deixa eu chupar sua bucetinha, passar a minha linguinha na sua bucetinha. Então acabei cedendo de tanto tesão, ele foi se abaixando me beijando até morder a parte interna dá minha coxa que foi quando eu mesma ajudei a tirar minha calça e minha calcinha, e meteu a língua na minha bucetinha, delirei de tesão, nunca tinha sentido nada igual, eu gemia muito, era uma delícia, a melhor sensação dá minha vida! Então ele abaixou suas calças e colocou seu pau pra fora, ficou brincando com ele na minha bucetinha ainda virgem e começou logo então a forçar a sua entrada, eu sentia dor mas estava gostoso, então ele foi colocando até enfiar todo seu pau em mim, era um misto de dor e prazer, sensações maravilhosas, ele começou a se movimentar, um movimento maravilhoso de vai e vem! Até que ele gozou e viemos embora pois estava tarde e todo mundo dá festa queria saber onde eu tinha me enfiado, mal sabe que foi que enfiaram em mim !



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.