"Os mais excitantes contos eróticos"


Eu e minha sobrinha safada


autor: VadinhoSantos
publicado em: 10/05/17
categoria: incesto
leituras: 5901
ver notas
Fonte: maior > menor


Estou dando uma de pintor pois achei os preços de pintura um absurdo, paguei apenas a pintura externa por causa da altura (a minha casa é um sobrado) e internamento junto com meus familiares estou pintando.

Estou lhes contando isso porque hoje aconteceu uma coisa sensacional, uma sobrinha minha estava esses dias todos me ajudando, ela e a mãe dela além de outras pessoas. Hoje fui apenas eu para terminar de pintar uma escada e essa sobrinha me deu carona até a metade do caminho e depois ela foi levar a mãe dela no trabalho.

Lá pelas tantas quem aparece lá em casa? Ela, sim minha sobrinha foi me ajudar. Bem, ela entrou e perguntou se mais alguém iria aparecer lá para ajudar eu falei que não pois não tinha avisado ninguém que iria hoje e ela então foi para um dos quartos se trocar. Meu Deus! Ela apareceu com um tope escandaloso aparecendo a beirada dos seios e um short de matar do coração, na hora me pareceu que ela estava sem calcinha (e estava mesmo).

Ela começou a pintar a escada e eu só apreciando, de repente ela olha pra mim e pergunta porque eu estava olhando tanto para ela, e eu falei que ela estava uma tentação com aquela roupa, ela se vira pra mim e diz: se estiver te incomodando eu tiro. Meu coração foi a mil.

Eu me dirigi aonde ela estava e comecei a brincar no shortinho dela dizendo que estava escandaloso e dava até para sentir a xaninha dela e acabei passando a mão nela. Caramba, aquilo foi a senha, ela parou de pintar e tirou a roupa, e voltou a pintar. Eu falei que ela ia me matar do coração e ela disse: mas vai morrer de pau duro, olha só como ele está, tira ele pra eu ver. E eu tirei e fiquei como ela, peladinho.

Fui até ela e comecei a alisar a perna dela e fui subindo e ela se ajeitando na escada, acabei mergulhando na bucetinha dela e no cuzinho, chupava ela por trás e ela rebolava gostoso.
Estou contando e meu pau ficou duro só de relembrar.

Levei ela para um sofá e comecei a beijá-la e chupá-la, que seios maravilhosos, grandes, fartos, deliciosos, chupava e alisava aquele corpo maravilhoso. Fui em direção à bucetinha dela e oferecendo o meu pau à boca dela que abocanhou-o e começou a chupá-lo com uma maestria que eu não imaginava que ela tinha.

Depois de muito nos chuparmos, com um 69 delicioso onde gozei fartamente na boquinha dela, sentei no sofá e ela sentou no meu colo de frente para mim oferecendo novamente os seios à minha boca. Eu metia e chupava, metia e chupava, ficamos assim um bom tempo até ela pedir para ficar de 4. Coloquei-a de 4 no sofá e entrei naquela bucetinha linda mais uma vez, eu já não aguentava mais de tanto tesão queria gozar novamente mas me segurei e continuei bombando naquela bucetinha deliciosa. Enquanto isso eu fazia carinhos no cuzinho dela, molhava meus dedos e passava na portinha, depois comecei a enfiar lentamente um dedo e brincar com ele lá dentro do cuzinho dela.

Coloquei dois dedinhos dentro do cuzinho dela e ela começou a reclamar dizendo que estava doendo um pouco, salivei mais os dedos e voltei a enfiar, fiz isso várias vezes até ela não reclamar mais. Senti que era o momento e tirei meu pau da bucetinha dela e fui colocando no cuzinho e ela ajudando e se esforçando para entrar e foi entrando. Gente não meti nem a metade do pau no cuzinho dela e gozei não aguentei segurar mais. Brinquei mais um pouco e paramos satisfeitos pelo que aconteceu.

Perguntei a ela porque ela quis meter comigo e ela me disse que uma prima dela tinha falado que era gostoso meter comigo, quase engasguei pois não imaginava que minha outra sobrinha fosse contar para alguém o que tinha acontecido entre a gente. Mas fiquei feliz pois acabei comendo mais uma sobrinha, essa de dezenove anos.

Na hora nem pensei, mas devia ter tirado umas fotos pelo menos da bucetinha e dos peitos dela mas paciência vou pedir para ela, quem sabe ela deixa.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.