"Os mais excitantes contos eróticos"


No ônibus muita coisa acontece...


autor: luah
publicado em: 29/05/17
categoria: hetero
leituras: 6413
ver notas
Fonte: maior > menor


Hoje o ônibus estava vazio, nem a metade dos lugares estava ocupado, quando precisei escolher onde ia sentar, escolhi ao lado de uma jovem que estava no autocad terminando um projeto, ficar ao lado de gente inteligente pode ser bom visualmente na tela do computador.

Ouvindo música, me distrai nas plantas que ela estava editando, quando me deparei com alguém sentado na cadeira ao meu lado, separados pelo corredor pude olhar bem um pé 46, era grande naquele tênis azul com efeitos verdes, fui subindo o olhar e as coxas eram grossas numa calça jeans grossa, quase não cabia na poltrona, blusa cinza de gola alta e uma toca preta na cabeça mas os lábios carnudos salientaram meus pensamentos, poderiam percorrer meu corpo todo de baixo até em cima, imaginei ele abrindo facilmente meus lábios inferiores e me chupando sem parar.

A mão dele mexendo no celular era robusta com dedos compridos e daqueles que podem girar fazendo gemer até gozar e fazer o copo todo tremer, evitei seus olhos pois poderia não aguentar e fazer uma loucura no ônibus mãos uma vez ...

Fiquei pensando nas possibilidades de algo delicioso, meus pensamentos voaram e minha bolsa que estava no meu colo caiu e rapidamente estiquei o braço para pegá-la no meio do corredor quando acabei por pegar a mão dele que estava com ela, foi rápido como se estivesse tomando conta de mim e sorriu ao comentar :

Devia esta pensando em algo muito bom pois se distraiu.

Eu confesso que fiquei sem jeito com a investida dele mas fui educada ao sorrir e responder, sem pensar , sabem como sou, sexualmente tarada.

Estava pensando em você! ! ! Desculpa, pensando em nós dois!!!

Ele respirou fundo e fez cara de desentendido enquanto recoloquei minha bolsa no colo e ficou em silêncio por uns cinco pontos quando a poltrona do meu lado ficou vazia e sentei no canto e fiquei a olhar a estrada, evitando qualquer contato visual com ele.

Do nada senti alguém sentar ao meu lado e quando olhei de relance era ele sorrindo, senti sua mão passando pela minha nuca rapidamente puxando meu rosto para perto do seu enquanto sua outra mão já estava na minha coxa segurando firme, me olhou no fundo dos olhos, olhou minha boca e me beijou me devorando com força, me senti maravilhosamente sugada e deliciosamente excitada.

Suas mãos subiam e desciam pelo meu corpo e ele parou e levou meus olhos para aquela pika que latejava dentro da calça e eu tive que colocar a minha mão que ele levou até ela, peguei com vontade enquanto senti ele roçando minha buceta por cima da minha roupa, nem reparei se alguém olhava… meu mundo era só eu e ele , sensação mais que deliciosa e neste tocar gostoso ele abriu sua calça e me aproveitei por debaixo da sua mochila ao tocar aquele caralho robusto e grande que latejava me pedindo pra chupar e não me contive engolindo algumas vezes com cuidado para ninguém ver.

Aquele gosto dele era sem igual, um melado misto, um pouco doce e por vezes salgado, daqueles que dá vontade de preencher toda boca até ver ele virando os olhos. Passando na troca de salivas e com o aperto da sua mão na minha bunda, eu tive certeza que ele poderia me fazer gemer até chorar na cama, o que busco e nem sempre encontro no parceiro.

Num momento muito imprevisto, ele acariciou meu cabelo e beijou minha testa me puxando para seu corpo me envolvendo num abraço caloroso e no meu ouvido disse:

Quero muito mais, me liga !!!

Logo ele levantou me dando ao sussurrar seu número de telefone, que acabei por não consegiir guardar, agora espero uma mensagem dele pois o meu cartão de visita ele levou, sou LUAH.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.