"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Comendo a cunhadinha carente


autor: Lenhador
publicado em: 02/06/17
categoria: aventura
leituras: 6081
ver notas
Fonte: maior > menor


Miriam sempre me despertou muito tesão devido a ter corpo de Lolita e tara de mulher. Aos 25 anos tinha um corpo bem definido, todo liso e tentador a se destacar os seios grandes, coxas grossas olhos castanhos claros e cabelos curtos.

Num sábado que estava chovendo forte acabei indo mesmo assim pra casa da minha namorada e como tinha chave do portão cheguei entrando, más sem fazer barulho como de costume.

Empurrei a porta devagar, pois estava aberta e devido ao silêncio pensei que todos estavam dormindo.

Ao chegar à sala comecei a ouvir gemidos vindos de um dos quartos e fiquei curioso em saber o que estava ocorrendo, pois reconheci a voz da minha cunhada gostosa e os gemidos eram de sacanagem pura.

Andando devagar pra não ser ouvido cheguei perto da porta do quarto dela que estava meio aberta e fiquei com baita tesão ao ver a cunhadinha toda certinha nua na cama com uma escova de cabelo atolada na buceta, uma mão no clitóris e a outra bolinando os mamilos.

A visão de bucetinha molhada fez meu pau crescer numa velocidade e ficar pulsando a tal ponto que só iria sossegar com uma mega foda.

Enquanto punha meu pau pra fora da bermuda fiquei observando aquela safada que se fazia de recatada se masturbar e a fim de chupar aquela buceta lisinha e molhada.

Após pensar se devia entrar ou me afastar resolvi abrir a porta devagar e entrar. Miriam estava com tanto tesão que nem se deu conta que eu estava perto e continuou rebolando e se bolinando de olhos fechados.

Perto da cama e a menos de um metro dela eu...

_ Boa tarde cunhadinha gostosa. Soltei as palavras com um cinismo que ela demorou a perceber a situação. Ato continuo já estava sentado ao lado dela impedindo que tirasse a escova da bucetinha.

_ Nossa. Conseguiu murmurar com muito custo.

_ Relaxa vou te ajudar a gozar gostoso. Sempre gentil e cheio de boas intenções comecei a masturbar aquela bucetinha molhada a tão ponto que já estava encharcando a escova e agora minha mão. Abocanhei os seios um a um e mordisquei os mamilos a ponto de deixar a safada arrepiada e ofegante.

_ Não faz isso minha irmã é gente boa. Tentou resistir ela.

_ Te masturbo até você gozar, más não te como e você depois me faz um boquete pra aliviar o tesão que me despertou. Propus.

_ Ta bom safado apenas boquete. Sem nenhum pudor arreganhou a buceta pra ser devorada.

Aquele grelo com cheiro de sexo me deixou maluco a tal ponto que a masturbei muito nele e com a outra mão socava a escova sem dó. No que não demorou a safada gozou a ponto de ejacular seguida de estremecimentos típicos de mulher que goza forte.

_ Minha vez gostosa. Falei já tirando a bermuda e deixando o cacete enorme no que ela olhou cobiçosamente.

_ Que pau grande cunhadinho. Ela começou a apalpá-lo enquanto se masturbava e em seguida caiu de boca no meu pau com uma gula que me arrepiou. Depois de boas mamadas passou a esfrega ló nos seios e sem parar de masturbar a buceta subiu pra cima de mim.

_ Quero sentir esse cacete me rasgando toda. E num movimento já estava mirando a cabeça do meu pau na entrada da buceta e sentando nele de frente pra mim.

_ Que bucetinha apertada cunhada. Elogiei

_ Que pau gostoso cunhado. Ela retrucou.

Vamos acelerar, pois a chuva passando pessoal chega. Ela nem respondeu, pois começou a rebolar tão gostoso que quase gozei naquela buceta. Ela notou e tirou da buceta e após lambuzar o cuzinho enterrou o cacete nele sem reclamar. Aguentou os 23cm com muita gula.

Aquele cuzinho me tirou o juízo a tal ponto que com poucas estocadas o enchi de porra e gozamos juntos.

Após o ato ela se vestiu e correu pro banheiro me deixando ainda extasiado, mas consciente que tinha de me vestir rápido. Fui no outro banheiro e dei jeito de me limpar e tirar o cheiro de foda mágica.

Ficamos na sala vendo TV e conversando até que minha namorada e os pais chegaram. Acabei comendo minha cunhada mais vezes antes que ela ficasse noiva.

Continua...





ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.