"Os mais excitantes contos eróticos"


Além da amizade


autor: Carpe Diem
publicado em: 10/03/15
categoria: hetero
leituras: 3683
ver notas
Fonte: maior > menor


A relação de amizade entre eles era algo de chamar atenção, alguns amigos chegavam a Ricardo e dizia que ele tinha algo com Mara, eles negavam, pois até o momento realmente tinham apenas amizade, porém, aquela amizade de andar de mãos dadas, abraçados e sempre
brincando um com outro, realmente, era uma amizade diferente e no mínimo
deixava algo a se pensar quando eram vistos juntos pela universidade.<>
<p>Os amigos de tanto que comentam, acabou gerando em ambos um sentimento diferente e despertando a curiosidade em Mara e Ricardo.<>
<p>Certo dia, após uma manhã de aulas, almoçam e resolvem ir ao cinema juntos a tarde,  sentam na última fileira... E como a sessão ocorre num período de pouco movimento e sala vazia, começa a bater o frio em ambos...<>
<p>Mara retira o encosto de braço entre os dois e deleita-se sobre os braços dele, de forma carente e aconchegante, neste momento, Ricardo esquece as cenas do filme e passa a pensar agora em outro “filme”... Sobre tudo que eles faziam juntos e tudo que os amigos comentavam sobre os dois...<>
<p>Ele segura a mão fria de Mara e começa a fazer uma massagem de forma até inconsciente, olha com a visão privilegiada de cima para baixo dos seios dela e começa a se excitar... Fica envergonhado por ela estar sobre ele e de certa forma pressionando seu amigão...<>
<p>Ainda inseguro, resolve deixar os hormônios assumir a ocasião e pensa nela neste momento como sua parceira... Faz carinhos em sua nuca, pescoço e orelha... Respirando de forma ofegante e dando mordidinhas suaves... Mara se arrepia e pede para que ele pare... Menino... Presta atenção
no filme... Cuidado que a carne é fraca... (risos). Ele pensa sobre a amizade e o sentimento que tem um pelo outro com receio de estragá-la... Então dispara:<>
<p>  - Fiquei imaginando como seria por um momento...<>
<p>  Mara olha fixamente nos olhos dele e pergunta: - Como seria nós dois?<>
<p>  Ricardo: Sim... (Respondendo ofegante e excitado em seu pescoço)<>
<p>  Mara então congela enquanto ele vai de encontro a sua boca pequena, bem desenhada e
sempre rosada pelo batom, aliás, ela é uma verdadeira Barbie... Corpo lindo, branquinha, loirinha e olhos castanhos esverdeados e com a maquiagem sempre impecável...<>
<p>  Enfim, chega a sua boca suavemente, como se estivesse descobrindo algo novo naquele
momento, e estava, descobria outro lado de uma amizade, o desejo de tê-la por completo.<>
<p>  Beija-a carinhosamente devagar... Lambendo lentamente seus lábios inferiores e superiores alternadamente, alternando mordidas suaves e molhadas... Neste momento, nada mais importava... Principalmente as cenas do filme... O beijo segue demasiadamente prolongado... Os sentimentos são confusos e intensos... Mas aquele beijo suave se intensifica quando ele a segura firmemente pelo pescoço, trazendo-a cada vez mais próximo a ele... Ela coloca sua mão por debaixo de sua camisa e acaricia lentamente seu peitoral. Estão descobrindo-se como casal... <>
<p>  Olham-se em seguida, sorriem juntos e tornam a assistir novamente ao filme... Agora ainda mais agarradinhos. Ao final, se beijam novamente e sorrindo Mara pergunta: E agora???<>
<p>  Ricardo então responde: Culpa de nossos amigos... (risos) Vamos contar???<>
<p>  Mara: Ainda não... Escondido é mais gostoso... (risos)<>
<p>Sabe Mara, depois de um tempo ficava imaginando como seria se nós estivéssemos juntos... Mara concorda que já passou pela cabeça dela também... (risos) Vamos deixar acontecer... e ver no que dar, gosto muito de você!<>
<p>  Mara se despede dizendo que tem algumas coisas pra fazer, mas se quiser podem combinar
algo a noite... Ricardo então sugere que ela vá ao seu apartamento, pois irá cozinhar para ela... Ela se derrete toda e brinca: Agora você quer cozinhar pra mim não é? Seu safado... Ele safado sorri, você não me conhece por completo... Mas vai conhecer... Oito horas então? <>
<p>Mara – Combinado! Quer que eu leve algo?<>
<p>Ricardo – Não precisa, irei te surpreender... Venha pronta então!<>
<p>Os dois se beijam rapidamente e se despedem...<>
<p>Ricardo vai ao supermercado, compra alguns ingredientes e duas garrafas de um bom vinho do Porto e vai para casa...<>
<p>Em casa, faz um ajuste fino na limpeza, ajeita sua estante e seus livros, que são muitos... Faz questão de pegar seu Kamasutra em seu quarto e expõem junto aos demais e segue para fazer o
jantar. Prepara uma massa Penn ao molho branco, com batatas gratinadas e carne vermelha assada, para sobremesa, deixam pré-pronto os morangos, kiwis,uvas e a raspa de chocolate meio amargo para o delicioso fondue a dois.<>
<p>Arruma à mesa de jantar, com direito a toalha branca rendada, jogo americano, taças e luz de velas... Então percebe quão próximo está o seu jantar e corre para o banho, faz a barba, em
seguida, veste uma calça jeans e uma camisa sport fino casual branca, coloca seu perfume amadeirado, olha no relógio e agora é só esperar...<>
<p>O interfone toca, Mara chegou... Atende e libera sua entrada...<>
<p>Mara chega e encontra a porta entreaberta a sua espera, empurra-a lentamente e se depara com ele, a mesa de jantar e o ambiente tênue a luz de velas... Sorrir e cai nos braços dele, beijando-o timidamente usando um vestido vermelho tipo tubinho... Não consegue esconder tamanha excitação ao ver tudo perfeito, foi assim que descreveu o ambiente... Ele diz que é só o começo, e complementa  dizendo o quanto ela está linda... Sorrindo diz: falta só aprovar o tempero... <>
<p>Ela admira seu apartamento, os móveis e a decoração rústica a deixa ainda mais excitada. Vê-se num terreno totalmente aconchegante e seguro... Sentam-se a mesa, bebem um bom vinho e provam a massa... Mara aprova e fica ainda mais encantada e concorda com ele dizendo que realmente foi surpreendida... Eles terminam a ceia e segue para o sofá, neste momento, ele coloca uma música relaxante e adentram na segunda garrafa de vinho, sentam no sofá e se beijam apaixonadamente... <>
<p>Ela não tem dúvidas que aquela noite será ainda mais especial... Ricardo levanta-se e diz que quase esqueceu o fondue, e pergunta se ela quer agora... Ela diz, deixa pronto e vem cá... Agora
é minha vez de te surpreender... Em pé, puxa-o pela camisa e cola seu corpo junto ao dele, beijando-o apaixonadamente enquanto entrelaça seus braços em seus ombros... Em seguida, desabotoa sua camisa de cima pra baixo enquanto beija-o, se livra daquela camisa e empurra-o para o sofá, surpreso, percebe a transformação daquela meiga amiga numa linda e gostosa felina lhe despindo com os olhos... <>
<p>Ela levanta um pouco seu vestido e senta rebolando em seu colo... Ofegante, ele procura seu pescoço e chupa-o com vontade, ela retribui deixando-o ainda mais excitado... <>
<p>Após alguns beijos, ele segura suas nádegas com força, suspende seu vestido e livra-se dele com um pouco de dificuldade por este ser bem colado... E revela o que tanto imaginava ver por
baixo daquele vestido... Uma lingerie vermelha rendada fio dental que percebeu ao tatear suas bordas... O que fez seu mastro latejar de tesão... Percebendo tamanha excitação, Mara abre sua calça, coloca a mão por dentro de sua cueca e busca aquele cacete teso de tão duro, toca uma punheta rapidamente e cai faminta de boca naquele pau... Ele geme gostoso enquanto ela mama e engole todo seu membro, chegando a se engasgar em alguns momentos... <>
<p>Ele livra-se de seu sutiã e acaricia seus seios, percebe uma fina marca de bronzeado e fica ainda mais curioso... Mara segue agora alternando suas bolas, virilhas e glande... No ápice de gozar em sua boca, ele se levanta, tira sua calça e agora a deita sobre o sofá, beija-a, suspira em seu pescoço e desce de encontro aos seus rosados mamilos... Continua a descer e chega a sua virilha, lá, dá suaves lambidas enquanto ela se remexe loucamente, afasta-lhe a calcinha e suga seu grelo retribuindo o gostoso sexo oral que recebeu... <>
<p>Ela quase a gozar, tem sua calcinha retirada e o ver indo por cima dela lentamente na posição de “69”, a excitação toma conta daquele ambiente tênue enquanto as velas tendem a queimar... Seu clitóris prestes a saltar de tão rijo, sua buceta de tão encharcada, lambuza sua face... Ele então coloca suas coxas em seu ombro e a suspende segurando-lhe pelas nádegas, fazendo um 69 invertido, neste momento, ela está de cabeça para baixo chupando aquela rola e sendo chupada de uma forma que jamais esperou ser... Lembrou-se rapidamente do Kamasutra na estante... Ela já
extenuada de prazer, geme alto e goza gostoso em sua boca... Em seguida, desfaz a posição e a senta em seu colo no sofá... Enquanto ela senta e remexe gostoso e respira ofegante em seu ouvido... Ele já no ápice de gozar dentro dela, tem seus músculos contraídos e ver chegar o ápice de seu gozo... Ela percebe e geme ainda mais gostoso em seu ouvido... Próximo de gozar novamente, ela continua a cavalgar rapidamente e acabam gozando simultaneamente... <>
Após um banho quente tomado a dois, usam apenas as roupas de baixo e seguem para saborear o fondue a dois, neste momento, Mara vai até a estante, pega o Kamasutra e diz: Agora vamos ler um pouco... (risos safados).



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.