"Os mais excitantes contos eróticos"

 

O PROFESSOR DA FACULDADE. PT 04.


autor: ricardosafado
publicado em: 23/06/17
categoria: hetero
leituras: 1863
ver notas
Fonte: maior > menor


continuação...



Não sei o que estava acontecendo comigo, pois eu jamais tinha ficado com tanto tesão assim. Com minha mão já dentro da calcinha, tomei a atitude de mandar um aúdio perguntando o que mais ele faria comigo depois de me ensaboar.
Meu professor então respondeu também com um aúdio dizendo: Depois de passar o sabonete em ti, eu começaria a beijar o teu pescoço bem devagar, depois morderia tua orelha, te chamando de gostosa meu no teu ouvidinho.

Fui a loucura ouvindo ele dizendo aquilo, e quando dei por mim, já gemia como louco, enquanto brincava com meu dedo na minha entradinha.
Respirei fundo e mandei um aúdio para ele dizendo assim: Melhor parar por aqui, pois ficar só imaginando é ruim.
Ele então responde: Então podíamos por tudo isso em prática, assim eu posso te dar um banho bem gostoso de verdade.

Respondi a mensagem com uma carinha de espanto e dizendo que aceitaria, mas com uma condição.
Ele rapidamente perguntou qual era a condição!
Eu então disse que só aceitaria se ele me desse algumas "aulinhas" particulares, pois ainda era inesperiente em alguns assuntos.
Ele entendendo a "condição" que eu tinha proposto respondeu: Pode deixar, te ensinarei tudinho minha aluna preferida.
Depois disto, me despedi dele dizendo que iria dormir, e que na segunda-feira combinaríamos tudinho.
No outro dia depois do serviço fui para a faculdade, ansiosa para ver o meu professor. Neste dia estava muito calor, então tive a ideia de levar na bolsa um vestidinho bem sexy, assim eu poderia colocar ele após o trabalho.
Ao chegar na faculdade, fui direto para o banheiro para trocar de roupa, colocando um vestidinho preto e bem decotado. Antes de sair do banheiro, tive a brilhante idéia de tirar a minha calcinha, pois estava disposta a fazer uma loucura.
Ao chegar na sala de aula, sentei de frente a tua mesa, onde pude ver a tua cara de espanto me vendo ali próximo dele.
Antes de começar a aula, ele me mandou um zap dizendo: Nossa, você tá linda.
Olhei para ele disfarçademente e sorri, toda feliz com o teu elogio. Ele então começou a aula normalmente, até que depois de alguns minutos, resolvi pegar um pirulito em minha bolsa para chupar, olhando para ele com um olhar de safada, o deixando sem graça na mesma hora.
Nem eu estava me reconhecendo, pois eu estava sendo uma menina muito safada, mas estava amando ver a carinha de sem graça, tentando disfarçar o tesão.
Fiquei a aula toda provocando ele, até que chegou a hora do intervalo, onde acabei ficando na sala, pois queria provocá-lo ainda mais. Ele se sentou em tua mesa e me mandou uma mensagem dizendo:
Você tá me deixando doido chupando o pirulito desse jeito.

Dei uma risada olhando para ele e mandei uma mensagem logo em seguida dizendo: Ah é! Na verdade queria tá chupando outra coisa.



CONTÍNUA NO PROXÍMO CAPÍTULO.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.