"Os mais excitantes contos eróticos"

 

1ª vez na casa de Swing


autor: ksada_31
publicado em: 27/06/17
categoria: hetero
leituras: 2499
ver notas
Fonte: maior > menor


Hoje vou contar a primeira vez que eu e meu marido fomos há uma casa de SWING, a ideia de ir partiu de mim, sempre adorei sexo e cada vez que fazia queria mais, acho que sou insaciável, rsrs então certo dia falei para meu marido da curiosidade de conhecer uma casa de SWING, ele achou estranho no inicio, acho que até ficou surpreso, mas me levou para conhecer, antes colocamos algumas regras e marcamos de ir num sábado que frequentava apenas casais, quando chegamos uma promoter nos apresentou a casa, como funcionava, os cômodos e nos levou para nossa mesa, pedimos uma cerveja e ficamos ali conversando, falando das coisas que vimos e observando os casais que iam chegando e nos acariciando, trocando beijos, eu estava achando tudo muito legal o ambiente, as pessoas, a musica e assim a hora foi passando e a casa lotou, fomos para pista dançar um pouco e logo começou a apresentação dos SHOWS, uma das apresentações era um casal fazendo sexo ao vivo, uau que delicia que casal lindo, ele metendo gostoso na menina me deixou muito excitada, logo que acabou o show falei para meu marido para irmos dar uma volta pela casa e ver o que estava rolando no andar de cima.
Conforme íamos andando e passando víamos casais se acariciando, grupos de casais fazendo trocas e tudo aquilo ia me excitando, nesse momento já estava toda molhadinha, deslumbrada com algo que jamais imaginaria ver e me perguntando se algum dia eu iria ter coragem de fazer como eles, passamos pelas cabines onde são fechadas, mas consegue ver o que acontece lá dentro, vi uma mulher fazendo uma boquete no seu parceiro aff parecia se deliciar com aquele pau, que por sinal era bem robusto bem maior do que o do meu marido, nossa como gostaria de estar no lugar dela chupando aquele pau, mas isso passava apenas na minha mente, continuamos a andar e notava alguns olhares maliciosos para mim, mais como era minha primeira vez estava com vergonha não me sentia segura para avançar e curtir com outro casal, falei para meu marido que gostaria de entrar no dark room, é um quarto totalmente escuro onde não se vê nada, ele me perguntou se tinha certeza e disse que sim, ao entrarmos já ouvíamos gemidos gostosos, mulheres pedindo para socar mais, homens dizendo que putinha gostosa, que buceta deliciosa entre outras coisas, nossa eu já estava explodindo de tesão de ouvir todos aqueles gemidos, continuamos andando e fui sentindo mãos passando pelo meu corpo me tocando e meu marido falando ao meu ouvido se estava gostando, disse que sim, me excitando cada vez mais, paramos em um canto e logo um casal se aproximou senti as mãos me tocando passando pelo meu seio e falei, amor tem alguém me tocando e ele disse se eu queria continuar sentindo, eu disse que estava bom e continuei, comecei a passar a minha mão também no cara que estava ao meu lado e fui descendo, e me deparei com o seu pau, nossa aquilo foi uma injeção de adrenalina, senti meu corpo todo formigar, nossa era um pau delicioso apenas sentindo pelo toque, comecei a apunhetar aquele pau, e disse para meu marido o que eu estava fazendo e ele disse que queria me foder ali mesmo, e eu continuava a pegar no pau do cara, eu disse pra ele então mete porque to doidinha para sentir seu pau na minha buceta to ardendo de tesão, como eu estava de vestido e nessa hora já sem calcinha, virei de costas para meu marido que meteu seu pau com gosto na minha buceta, enquanto ele metia eu perguntei pra ele se podia chupar o pau do cara e ele me disse que seu eu estava com vontade que fizesse porque o cara iria adorar minha boca, nossa naquele momento não tava acreditando que ia chupar um pau diferente, me curvei e comecei a chupar aquela pica, nossa estava me deliciando, chupava com gosto e a cada mamada ouvia a respiração ofegante do rapaz.
Meu marido continuava a me foder, dava cada socada seu pau deveria estar encharcado, pois eu estava muito excitada, sendo fodida pelo meu marido e chupando outro caralho ao mesmo tempo. Meu marido disse que ia gozar, pois não estava aguentando mais, o deixei gozar e saímos dali, saí com um olhar de safada que tinha gostado da brincadeira, descemos para tomar uma bebida e nos recuperar um pouco, meu marido não parava de me acariciar e dizer que eu estava muito putinha e que estava adorando me ver assim, dei um sorriso malicioso e disse que tinha adorado aquela noite, fomos para casa e ao chegar já fomos tirando a roupa e fazendo sexo novamente, estávamos com muito tesão com o que havia acontecido, passamos a semana fazendo sexo sem parar, era se olhar e já estávamos de novo metendo por todos os cantos da casa, adorei nossa ida a casa de Swing, e como gostamos tanto planejamos que no próximo mês iríamos novamente.




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.