"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Minha Japa me fez mulher...amei!!


autor: 47moreno
publicado em: 29/06/17
categoria: coroas
leituras: 2275
ver notas
Fonte: maior > menor


Amigos, desculpem a demora...vida corrida é complicado conseguir parar e escrever. Mas vamos ao conto.

Como sabem eu adorei minha experiência com minha namorada, depois de ter traçado ela de tudo quanto foi jeito e fazer minha garota gozar duas vezes, fui para um delicioso 69, um fechamento maravilhoso, aquela xaninha molhada de tesão e minha rola bombando na garganta dela, divino! Mas como sabem meu sonho era dar para uma mulher que se encontrasse em seus desejos secretos, que soubesse que sentiria segurança nas suas insinuações e obviamente percebesse que haveria prazer para os dois sem arrependimentos. Somos ambos casados com filhos e não queríamos problemas posteriores, apenas sigilo e prazer.

Nesse dia gozamos loucamente e minha linda japinha já sabia que dois dedos e uma gulosa eram suficientes para amolecer esse homem enorme e arrancar gemidos nunca sonhados por mim e por ela, disse para chegar mais cedo no trabalho e eu cheguei.

Ao chegar ela disse que sua criação era sempre muito rígida, seu relacionamento era frio e sexo o mesmo, raramente gozava e dois três minutos depois já satisfazia seu marido, minha vida não era diferente com exceção ao tempo da transa era algo mais para mecânico´do que ardente como no início...ai ela disse!

Vou mostrar a você o que desejo e se quiser depois que ver o que tenho aqui mostre que gostou seguindo minhas recomendações. Se não quiser eu entenderei e espero que não fique chateado, gosto de você e quero viver algo novo com você.

Deixei embaixo de sua mesa...eram 8:00 da manhã!!!! uma sacola, quero que olhe e depois venha aqui dizer se gostou...

Mais que curioso, eu gerente de uma equipe de 32 pessoas numa grande empresa, forte sério e comedor discreto de algumas ninfas taradas fui em busca do pacote, como estava em minha sala ela não podia me ver...entrei e fechei a porta.

Sentei sem saber o que me esperava, abri a sacola e meu coração quase saiu pela boca, vamos ao conteúdo:

Calcinha com strass preta, Corselet com adereços pequenos e discretos de rosas vermelhas, meia cinta liga, batom vermelho, um barbeador e óleo de amêndoas uma peruca que parecia com progressiva de tão lisa de cor castanho escuro, perfume, maquiagens e uma fita adesiva. junto um bilhete...

Hoje vou fazer de você minha mulher e você vai ter em mim seu homem, vamos trocar os papéis e farei com você o que sempre quis que um homem fizesse comigo e você como já comeu um monte vai hoje deixar vir toda a sensualidade que já viveu.

Agora deve estar tão louco como eu molhada a essa hora da manhã, se concorda vá ao banheiro e coloque a meia e calcinha e venha aqui de terno me mostrar..eu quase pirei de tesão meu pau não cabia em lugar nenhum...prenda a sua rola linda com a fita na parte de trás e fique bem atochada...estou esperando minha gostosa.

Tenho uma sala com banheiro e com toda loucura do mundo fui me arrumar para mostrar meu consentimento e me trocar.

nunca coloquei uma calcinha na vida...era pequena fina transparente como várias que já rasguei, puxei, mordi e agora estava ali de frente para o espelho pensando...será que cabe? tirei minha cueca e assustado e excitado coloquei e me observei...será que minha calça vai mostrar tudo? olhei minha bunda e vi que fiquei perfeita...coloquei a fita prendi minha rola e por fim as meias e a cinta...arrumei a camisa a gravata e de terno me sentia sinceramente com um medo sem fim. mas o tesão é mais forte que o medo!!!

Abri a porta da sala e me deparei com a entrada de uma funcionária...me olhou e me senti nu...passei no teste! toca o telefone a rotina segue e resolvi depois de uma hora e pouco lá pelas quase 10 horas mostrar o que ela conseguiu fazer com seu namorado agora quase namorada...rsrss

Parei do lado da mesa dela e sem dar muita atenção pois estava no telefone...me olhou a cintura e disse:

mostra um pedacinho, sei que gostou do bilhete...estava de paletó recuei um pouco, levantei a camisa e ela...agora ele falou nossa escolhi certinho para minha mulher, minhas pernas bambearam eu senti um calafrio, minha realização estava aos poucos se construindo. Voltei a passos largos para a minha sala e tomei um café.. coloquei a xicara nos lábios e entra meu diretor...

Amigos que sensação estranha, perguntou como estavam as coisas, dei alguns feedbacks e ele saiu.

Ele saiu ela entrou e disse: tá gostoso minha morena, vou te almoçar hoje, você não viu o que tenho na minha sacolinha ainda...

Gente isso quase me fez explodir de tesão marquei banco, com a secretária do diretor e disse que ia chegar mais tarde um pouquinho.. eram 11:40 e eu andava flutuando pela empresa...dono de si, pronto para me entregar, se passavam fantasias de amarração, velas, chibatas...essas horas passa tudo na cabeça...ela passou do meu lado e disse: hoje vou marcar sua vida, e libertar meus desejos. esteja no motel as 12:10 eu chegarei lá as 12:30 e quero você linda.

chegou a hora...corri, tomei um banho rápido e me arrumei todo atrapalhado com o corselet, passei batom coloquei minhas madeixas e estava eu linda.

bateram a porta...abri, ela estava de calça social com um volume descomunal entre as pernas...eu tremia ela me pegou pelos ombros e mandou eu sentar na cama...ela tem 1:62 e eu alto sentei...me deu um beijo e disse...relaxa vou te fazer minha...arfava de tesão me beijando...me arranhava e eu gemia agora solta...louca como uma mulher.

Disse para mim que eu mostrasse meu corpo, ela disse perfeito mas falta algo!

pegou um barbeado e disse: de quatro!!! quero você lisinha!!! quase pirei e disse mas como? ele agora me pegou pelo rosto dizendo vai cachorra vira...colocou minha calcinha de lado, passou óleo de amêndoas e me deixou de cuzinho liso...ela mandou eu passar a mão e parecia aqueles cuzinhos que tantos comi...

Perguntei...o que você tem no meio das pernas é enorme

Ela disse: curiosa não é?

Sim!

Então coloque uma taça de vinho para seu macho...vou te mostrar,foi ao banheiro.

Saiu de vinil preto com os seios amostra bicudos e pontudos e disse:

chupa minha cachorra! na outra mão uma chibata encheu minha bunda...

sem jeito enchi a boca tá gostando não é?

uunhummm estou...batia na garganta era do tamanho ou maior que o meu uns 24 sei lá mal cabia na boca, eu lisinha meu pau preso não conseguia sair da fita arranquei e ela disse...

Safado, quer gozar? Vou fazer você gozar!!

Sobe na mesa minha linda morena vou mostrar como é bom dar o cuzinho...mas não se toque...abra seu cuzinho que vou te chupar todo!

Amigos...esse cuzinho lisinho enlouqueceu essa japinha tarada...a língua dela me fez gemer e praticamente implorar para ela me comer... e eu pedi...!!!

ela safada dizia...

grita cachorra

eu gritava quero você minha gostosa vem aqui me come

grita safada quero que todos escutem seus berros...vai lembrar que você pediu para que eu sua menina te domasse...grita chefinho!! grita putinha

Ai gente fudeu...ela pegou na minha rola e melou meu corpo de óleo que escorria pelo caminho do tesao...amarrou meus braços nos pés da mesa e agora estava nas mãos dela!!!

eu escutei...

ISSO agora vou te foder...

bateu uma punheta até quase eu gozar enquanto me fodia com a língua...

ajeito sua cinta com aquele mastro enorme e com carinho disse:

vou entrar

eu disse vem porra me fode toda...sem noção do tamanho da rola...

a cabeça entrou e meu corpo quase ficou duro como pedra...não relaxava

escutei o vento deslocar e minha pele arder!!!

relaxa porra!!!

outra vez senti o vento e mais forte ainda slap slap e outra vez slaaapp...o som me fez olhar no espelho do teto e ver meu cuzinho todo depilado e minha bundinha vermelha.

Respira e relaxa senão mal vai trabalhar...te comer eu vou cachorra...

louca de tesão a cada chibatada ela bebeu a enorme taça de vinho e veio decidida

eu disse agora fudeu...nossa veio que nem nós homens qund sobe o tesão...sem dó!!!

vi estrelas e quase gozei...ela parou dentro de mim na hora que sua perna bateu na minha coxa, pensei...caralho foi tudo? nossa que loucura, quase babando de tanto tesão...

ela dizia que cuzinho mais guloso hein?

mal conseguia responder..apenas gemia

Fala se esta gostando cachorra

eu gemia dizendo fode amor, me faz sua

e ela não se fez de rogada gente e mandou ver...quando entrava tremendo aquele vibrador enorme eu pensava que ia desfalecer...quando saia sentia que precisava dela em mim

meu pau babava duro sobre meu umbigo e a essa altura gritava o nome de minha mulher pedindo aos urros para me dominar...de novo escuto..slaaap slap agora com as mãos..estava entregue e sentia um prazer que jamais pensei ser possível...quando então ela tirou tudo, olhou para mim e disse enfática!

isso é frio quero que sinta minha pele, meu calor..

pensei, como isso...já nem sbia onde eu estava gente.

ela disse vou mostrar

Olhou para meu carnudo já desvirginado e disse...nossa parece uma bucetona...sorriu feliz com o resultado!

Olha amor, sente meu calor...apertando minhas bolas entre o limite da dor e do prazer mostrou que seus dedos entravam e saiam me alucinando de tesão...

eu sentia seu calor e queria mais...ela disse olhando para sua mão...nossa tô louca para ver se consegue...

eu com as bolas em suas mãos perguntei...

O que?

Ela disse...isso! enfiou os cinco dedos em meu anel aberto e falou...agora sinto seu calor e você o meu

eu disse não amor...vc está louca!

minha voz não convenceu nem a mim...a ela apenas excitou e arrancou a cinta e a calça numa rapidez incrível, jogou longe e disse:

bem melhor, eu estava na posição deliciosa de frango assado..olhava no teto pensando que não ia aguentar...ela despejava óleo e num vai e vem persistente e forte sumiu sua mão japonesa linda em mim...

minhas veias saltavam pelo pescoço...amarrado na mesa já sequer esboçava reação...

ela começou a se tocar e eu ouvia aquela boceta encharcada e ela gemia arfando de uma força descontrolada...mal o vai e vem de sua mão era ritmado

vi que ia gozar e dizia...me explora cachorro, me fode meu puto...vem amor...vem..

e ela veio louca, ritmou sua mão, gozava louca e eu via a cena mais louca de minha vida!

gozei sem ela tocar em mim...a porra cobria minha barriga...

perdi as forças e ela ainda em mim, delicadamente tirou seu punho de mim, fazendo me dar espasmos de tesão...enfiou a boca na minha rola e eu gozei o restante...

ela me olhou e disse! se sou sua cachorra vou marcar território...mijando em mim, uma chuva dourada que a fez tremer totalmente.

Amigos que cena...uma japonesinha tesuda, me comeu todo, me alucinou e marcou minha pele.

já eram 14:10... tinha que voltar

tomamos banho juntos e aos beijos...chupei aquela chananinha intacta e acabei fodendo gostoso minha namorada.

trocamos de roupa e fui para o trabalho ardida de chibatadas e unhadas...troquei a calcinha por minha cueca, olhei no espelho e ela havia me depilado o cuzinho e a metade da bunda...sorri satisfeito!

era apenas meu primeiro mês de trabalho...

abraços.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.