"Os mais excitantes contos eróticos"


Serviço a Domicilio


autor: Daniel_Polansk
publicado em: 30/06/17
categoria: hetero
leituras: 2327
ver notas
Fonte: maior > menor


Serviço a Domicilio

Comecei a trabalhar cedo para poder pagar meus estudos, e quando tinha 18 anos fui trabalhar em um depósito de materiais para construção onde comecei a trabalhar com esquadrias de madeira, montando portas e Janelas, as vezes algum cliente pedia para ir trocar uma fechadura ou trocar a folha da porta que, e estava eu trabalhando em um sábado quando o meu patrão me chamou, e pediu para eu ir trocar quatro fechaduras de uma cliente que acabara de comprar, logo indaguei pois já estava praticamente na hora da minha saída, foi quando a cliente veio até mim e me observou, confesso que não era e não sou um cara bonito, pois sou negro tenho 171m de altura na época tinha 69 Kg, cabelo cortado bem baixinho era do tipo bem musculoso, ela então tirou os óculos e falou para o meu patrão que não era justo eu ir sendo que estava acabando meu expediente e se propôs a pagar pelo meu serviço, ele veio até mim e disse assim você vai, disse sim mais com uma condição ela me leva e me trás de volta pois o local do trabalho era longe em uma chácara, acertamos tudo e peguei minhas ferramentas e fomos para a chácara, lá chegando ela me mostrou as portas que deveriam ser trocadas as fechaduras, e logo comecei a trabalhar como estava muito quente estava com uma camiseta branca um pouco fina e eu estava suando demais, logo veio aquela mulher linda Ruiva de olhos verdes um sorriso embriagante me trazer um copo de limonada, foi ai que notei que ela vestia uma saída de praia completamente transparente e me disse pena que tem várias destas para você trocar se não te convidaria para um banho na piscina, foi quando falei que mais ou menos em cinquenta minutos estaria acabando o trabalho ela sorriu e saiu rebolando a aquela delícia de bunda, acabei o serviço e fui e direção a piscina, lá chegando que surpresa ela estava completamente nua tomando sol, aquela pele branca toda bronzeada me deixou louco, ao chegar mais perto via aquela linda mulher com seus 38 anos linda, uma bunda bem servida, um linda buceta ah... meu pau ficou duro na hora
ela percebendo a minha presença pediu para eu deitar ao lado dela, eu nem acreditava que isso estava acontecendo, fiz imediatamente o que havia me pedido ela me olhou e disse tudo isso é seu que pau lindo você tem e começou a passar a mão alisar com carrinho e eu já não aguentava de tanta tesão, deitei ao lado dela e fizemos um delicioso 69, onde eu chupava aquela buceta maravilhosa rodando minha ponta da língua indo e vindo devagarinho, tirei minha língua e coloquei meus dedos indicador e anelar acariciando seu clitóris e fui passado a língua em seu cuzinho ela se arrepiou todinha quando fiz isso e começou a comprimir sua vagina de um modo que nunca tinha visto e gozou logo em seguida, me pediu então para penetrá-la que precisava muito do meu pau em sua buceta, mais eu queria deixa-la com mais tesão e comecei a introduzir me dedo anela no cuzinho dela e a chupar sua boceta deixando ela em um extado de excitação incrível, dizendo coisas desconexas me xingando me pedindo mete em mim agora e assim ela gozou pela segunda vez, foi então que eu a coloquei de quatro, dei um beijo demorado em sua nádega e pude ter a visão mais maravilhosa, aquela bucetinha depilada , aquele cuzinho rosadinho, peguei meu pau e comecei a esfregar de baixo para cima devagarzinho ela rebolava e tentava encaixar sua buceta em meu pau quando coloquei a cabecinha ela começou a urrar e a empurrar o quadril para trás nesse momento eu parei e deixei ela tomar o comando meu pau foi entrando e ela gemendo só parou a hora que minhas bolas bateu em sua bunda ai ela começou a empurrar e tirar ia até a cabecinha e voltava tudo eu segurava em sua cintura me deliciando com aquilo tudo, isso demorou até que não aguentava mais gritei vou gozar ele pediu goza na minha cara e foi assim que fiz tirei me pau da boceta dela e gozei na cara dela ela segurou meu pau e chupou todinho meu néctar, fiquei ali deitado do lado dela foi quando eu fiquei sabendo que ela estava saindo de casamento conturbado e que já fazia um tempo que não transava, tomamos um banho na piscina e começamos novamente em mais dessa vez gozei no cuzinho virgem dela ela disse que não sabe como aguentou tudo meu pau em seu rabinho virgem e que queria mias nesse dia repetimos por 3 vezes , ela me prometeu uma surpresa que em uma próxima vez eu conto,,, Espero que gostem desse conto.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.