"Os mais excitantes contos eróticos"

 

pecados da mente


autor: pesquisador222
publicado em: 09/07/17
categoria: incesto
leituras: 2262
ver notas
Fonte: maior > menor


ENTRE O CEU E O INFERNO A MUITO MAIS PECADOS QUE VOCE POSSA IMAGINAR.
Quinze anos após exorcizar todos os demônios do seu passado sóror Marli Regina retornou ate o velho solar onde habitara .quando foi levada por frei Inácio para o convento . ela jurou nunca mais voltar ate aquele lugar . foram longos anos em que muito penitente lavou sua alma esquecendo a vida pregressa que levara. Para provar a si mesma que não havia mais nenhum resquício daquela Marli . dentro dela e que nenhum rancor, nenhuma magoa ficara mesmo cheia de tremores voltara para perdoar e ser perdoada pelo homem que causara todos os demônios que atormentaram sua alma.
Sóror Marli Regina teria que enfrentar a maior batalha de sua vida
Antes de se tornar madre superiora , encarar seu pai
Ao atravessar o velho portão vislumbrou o velho casarão carcomido pelo tempo . e na soleira da grande porta de mogno impassível estático jabur urso com sua careca reluzente a enorme barba branqueada pelo tempo com uma calça rota gasta pelo tempo uma camiseta regata que talves um dia já fora branca deixava a mostra a quantidade de pelos que cobriam sei corpo oque lhe dava a alcunha de urso . no primeiro momento ele não reconheceu ela vestida naquele habito .
Ao se aproximar ele a reconheceu , seus olhos faiscaram fitando a figura de sua filha , ela passeou os olhos pelo corpo daquele senhor com mais de dois metros de altura mais de cento e vinte quilos . suas vistas se torvaram ela percebeu que ele estava tendo uma ereção violenta , ele entrava para dentro da casa se afastando ela caminhava indo em direção ate ele a s malas já não estavam em suas mãos ele continuava andando de frente para ela subia as escadas ate o adro ela continuava seguindo-o lambia os lábios voluptuosa um riso sarcástico lhe escapava dos lábios lagrimas escorriam dos seus olhos as peças do seu habito estavam esparramadas pela escada que levava ate o adro entre soluços risos histéricos ela gritou a pleno pulmões
SINTO O CHEIRO DO SEU PAU SINTO O CHEIRO DA SUA ROLA DO SEU CARALHO DO SEU CASSETE VEM VEM QUANTO TEMPO ,,, QUANTO TEMPO .




ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.