"Os mais excitantes contos eróticos"


ENCONTRO NA PRAIA


autor: lililover
publicado em: 19/07/17
categoria: aventura
leituras: 1041
ver notas
Fonte: maior > menor



Esse foi um encontro que tive numa praia deserta na região dos lagos, quem quis escrever foi meu FÃ , Marcelo , que se tornou meu amante fixo ate hoje.

Uma tarde bem tranquila em uma praia bem deserta! Eu e Lili caminhando! Lili com um vestido bem sensual e que facilitava muito o acesso ao seu corpo! Pelo que posso me lembrar acho que era só o vestido e mais nada! Em dado momento Lili pára, me segura, e me encosta em uma pedra, que na minha opinião ela escolheu a dedo. Ela se abaixa na minha frente me fitando com um olhar bem safado, enquanto abaixa meu short. Ele como sempre pra ela já tava doendo de duro!

Acho que a visão dele excitou de tal maneira, que ela pegou meu pau e chupou, de uma forma que ninguém nunca havia me chupado antes! De uma forma tão carinhosa, mas, ao mesmo tempo, com uma intensidade e uma vontade que foi difícil não gozar na sua boca naquela hora!
Consegui me controlar e inverti o jogo. Agora era eu quem encostava ela na pedra. Desci as alças do seu vestido e comecei a acariciar e a sugar seus seios da melhor maneira que pude, pra dar muito prazer. E que deliciosos eles são, nossa! Poderia ficar muito tempo brincando com eles, mas preferi aproveitar outras coisas.

A pedra tinha o formato ideal e a altura também. Coloquei ela sentada enquanto descia as minhas caricias até a sua bucetinha, que nessa altura já estava molhadinha e mais deliciosa que nunca! Há que delícia de buceta! É muito bom chupar um grelo como o da Lili ! é muito gostosa! Depois de chupar bastante, ela me pediu pra colocar ele todinho dentro dela ! E pediu de um jeito que não pude recusar! Como a pedra tinha a altura perfeita, e ela se pôs toda abertinha pra que eu entrasse, foi só me ajeitar um pouquinho e meter ele ! No início com jeitinho, em estocadas suaves pra ele se acomodar e dar a oportunidade de ir sentido a penetração. Depois que ele já estava todo lá dentro, encaixadinho, aí comecei as estocadas mais firmes e cadenciadas, sempre de acordo com a intensidade do tesão que isso proporcionava. Nossa, como é bom meter na Lili !

Depois de alguns minutos e muitos gemidos e muito prazer ela pediu que eu parasse! Não entendi muito bem, mas obedeci! Ela desceu da pedra, virou de costas pra mim. Se apoiou na pedra novamente e me disse: "Vem!" Quando eu já ia enfiar bem gostoso na sua bucetinha por trás, ela me diz:"Aí não, agora é no cuzinho!" Como não ficar no limite do tesão vivendo isso! Como não atender um pedido feito dessa forma! Coloquei ele na portinha e comecei a enfiar da melhor maneira que pude! Não queria machucar, e ficava difícil diferenciar nos seus gritos o prazer e a dor, sem contar a vontade que eu estava de meter ele todo naquele cuzinho maravilhoso! Mas depois de uns segundos ele estava todo lá! Comecei então as estocadas bem macias e gostosas, e ela ia me conduzindo com relação a intensidade. Muito bom!!!! Segurei o máximo que pude e, quando não tava dando mais Lili falou: "Na minha boquinha, quero na minha boquinha!" Tirei ele com cuidado, ela se abaixou mais uma vez na minha frente e começou a me masturbar e a pedir por ele!

Como já estava no limite, enchi logo a sua boquinha com aquele leite quente que ela tanto queria! ela bebeu e engoliu toda minha porra, lambendo bem o pau depois ate ficar sequinho !!!Que delícia, que sensação maravilhosa! Depois um banho no mar, pra relaxar e continuar o passeio...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.