"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Meu Bombeiro Gostoso


autor: Gabi0711
publicado em: 23/07/17
categoria: hetero
leituras: 1035
ver notas
Fonte: maior > menor


Faz muito tempo que não escrevo sobre minhas relações, nunca publiquei nada aqui, mas hoje vou contar resumidamente sobre minhas transas com um dos melhores boys com quem já fiquei....

Eu sempre gosto de escrever sobre, assim que chego em casa, para não perder nenhum dos mínimos detalhes, mas hoje farei um resumo sobre todas nossas transas....

Sempre que entro no carro dele, ele me cumprimenta com um beijo no rosto, pergunta se estou bem, e vamos seguindo rumo ao motel.

Chegando lá, e antes mesmo de descermos do carro, já nos atacamos num delicioso e feroz beijo.

Quando entramos no quarto, ele me dá um abraço muito carinhoso, e delicadamente voltamos a nós beijar... Por vários momentos eu me pego olhando para aquele homem em minha frente, observando aquele corpo que por algumas horas será somente meu, e as vezes eu me pego imaginando... Que puta sorte eu tenho em poder dar muito prazer a esse Deus Grego.

Entre beijos e abraços, carinhos e pegadas... Ele vai me despindo aos poucos.... E em cada peça de roupa que vai tirando, sua boca vai percorrendo pelo meu corpo, entre beijos e leves mordidas, vou ao delírio, desejando ter aquele corpo junto ao meu o mais rapido possivel, porem não deixo de aproveita-lo cada instante....

E aos poucos vou sentindo seu corpo junto ao meu.... E em cada abraço consigo sentir o volume em sua calça, uma coisa que eu percebi que ele gosta muito, e me ver de calcinha e soutiã, essas são as ultimas peças que ele tira de mim, e sempre me vira de costas pra ver meu bumbum....

Outro detalhe muito importante e que me mata de prazer, são os beijos que ele da em minha bunda, ele beija com vontade, desejo, e com muito prazer naquilo que faz...

Conforme ele vai tirando minha roupa, eu faço o mesmo com ele....

Sentir o toque de sua pele, seu perfume... Huuummmm, é muito gostoso...

E adoro quando ele me olha enquanto vou soltando o cinto, desabotoando a calça... E ver aquele pau ali, ereto dentro da cueca.... Nossa... Nao sei nem como explicar a satisfação que tenho em te-lo pra mim....

Vou beijando sua boca, descendo até seu pescoço, barriga, cintura e ao tirar sua cueca box... CARALHO... que pau é esse?!

Era grande e grosso, era o céu! Enlouqueci! Chupei gostoso, coloquei todo na minha boca, até não caber mais! Ele gemeu alto.

Fui fazendo movimentos de vai e vem, como é gostosa aquela rola.... Ai... Como é bom preencher minha boca com ele.... ouço os gemidos que ele solta... Que delicia que é sentir o prazer dele enquanto eu chupo bem gostoso...

Ele me levanta e me joga na cama...

Ele volta a me beijar com mais vontade ainda

Vai descendo, passando pelo pescoço, meus seios dando umas chupadas com umas mordidinhas que me fazem contorcer de tesão.... Puta que pariu que homem gostoso...

Vai descendo pela barriga, cintura, virilha.... E em cada beijo que recebo dele me entrego ainda mais ao prazer que ele me proporciona... Entre cada carícia que recebo daquela boca, chega a vez da minha buceta receber um maravilhoso beijo... Caaaaaralho....

Ele começa a passar sua lingua quente bem na minha virilha, enquanto apertava minhas coxas de uma forma carinhosa, ouvia seus suspiros e ele falando: "Huummm que buceta gostosa.." bem baixinho. Fiz questão de abrir ainda mais minhas pernas, ele começou a passar sua lingua devagar, mordiscava, dava tapinhas, passava o dedo devagar por cima do meu grelo que já estava inchado de tesão.. sem mais esperar, foi com a lingua de encontro dela. Primeiro começou a lamber devagar a entradinha dela podendo sentir meu gostinho, isso o fez suspirar forte. Depois abriu minha buceta com as mãos e eu gemi, gemi alto quando senti sua língua quente macia e molhada tocar meu grelinho AAHHHH. Ele passava a língua rapidamente no meu grelo sem parar, aquilo me fez gemer alto, me fez ter espasmos, começou a suga-lo, ahh como meu bombeiro chupava gostoso!

Fui aos céus quando senti seus dois dedos escorregando pra dentro da minha xoxota. Começou a socar seus dedos enquanto brincava com sua lingua em meu grelo duro e inchado de tesão. Eu me contorcia na cama, gemia feito uma cadela no cio...

depois ele volta me dando um beijo molhado com o gostinho da minha buceta, e eu o beijo novamente com vontade, desejo, e louca pra ter aquele homem dentro de mim logo...

em cada movimento sincronizado do nosso beijo, percebo a cabeça de sua rola roçando na minha buceta... aaah que coisa gostosa... e aos poucos ele vai enfiando aquele cacete maravilhoso dentro de mim... nossa é uma sensação maravilhosa e inexplicavel, a sincronia de nossos corpos para fazer acontecer, não existe igual...

em cada estocada fundo na minha buceta meus olhos reviravam, meu corpo tremia de prazer, minha boca emitia gemidos de tesão...

me levantei e disse a ele que seria minha vez... sentei bem devagar naquela rola, e aos poucos aumentava o ritmo, enquanto ele me beijava, ele apertava meus seios, minha bunda, beijava meu pescoço, dava uns tapas fortes em meu bumbum, enfiava seus dedos cumpridos em meu cabelo, segurando forte minha cabeça em direçao a sua boca, , sussurrava em meu ouvido, que rebolada gostosa que você tem, e em cada palavra que ele dizia, meu tesao naquele homem aumentava cada vez mais... já com as pernas bambas eu não perdia o ritmo em cavalgar cada vez mais gostoso em cima dele... e ao mesmo tempo que tudo isso ia acontecendo, nós conseguiamos olhar no fundo dos olhos um do outro... depois de um tempo maravilhoso em cima dele, ouço um gemido mais forte, dizendo pra ir devagar porque estava prestes a gozar... Ah meu bem... isso era como colocar lenha na fogueira pra mim... porque ai sim metia com você cada vez mais forte...

não demorava muito ele me jogar pro lado e pedir pra eu abrir a boca... aquele jato de porra, com um sabor inigualavel, me enchia cada vez mais de prazer e não queria desperdiçar uma gota se quer daquele homem...

deitavamos na cama, exaustos pelo prazer, mas querendo mais...

sempre conversavamos um pouco, trocavamos carinhos, olhares, e que coisa maravilhosa era deitar em seu peito, ou as vezes deitar de bruços no travesseiro e dizer pra ele, toda vez eu so consigo dormir dessa forma...

baterias recarregadas, ele deitado de barriga pra cima, digo que farei uma surpresa...

peço para que fique com as mãos na cabeça, olho ao redor e acho a toalha, pego e a coloco em seus olhos e lhe ordeno: - Se você se mover, ou tirar essa toalha do rosto para ver alguma coisa, nós vamos embora agora mesmo... hahahaha maldade a minha... mas foi otimo...

pego em minha bolsa um gel beijavel sabor morango ice, meu colar de perolas... e vou movimentando ele em minha mão, causando-lhe curiosidade sobre o que estava prestes a acontecer...

Passo um pouco do gel em minha boca e dou-lhe um beijo, calmo, profundo e feroz ao mesmo tempo, ele se assusta com o sabor em minha boca, mas não me questiona somente curte o beijo e ao final dele diz, nossa que delicia...

vou jogando gel em seu pescoço, mamilos, cintura, barriga... espalho com a ponta dos dedos, leves assopradas para aquecer seu efeito e fui beijando cada centrimetro do seu corpo, em cada beijo, ouço gemidos, vejo seu corpo se contorcer de prazer e ouço uns "puta que pariu" rsrsrsrs

chego na região da virilha, dou-lhe longos beijos naquela região, passando as unhas pela parte interna de sua coxa, e como em todo o momento ele gemia e suspirava de tesao, via mordendo sua mão para se controlar e nao destampar seus olhos e me obsvar.... paro de beija-lo, pego meu colar novamente e volto a mexer com ele em minha mão para atiça-lo quanto ao som... joguei bastante gelzinho no colar e no seu pau... fiz uma leve massagem de vai e vem para espalhar bem... e comecei a enrolar meu colar naquele cacete... novamente dei leves assopradas para aquecer o gel, e comecei a massagea-lo com meu colar num ritmo leve de vai e vem, logo após comecei a chupa-lo somente pela cabecinha... passava a lingua, fazia sucçao, descia um pouco mais, e enquanto fazia isso em sincronia com meu colar... ele se retorcia, gemia, mordia a mão, xingava puta que pariu que delicia... hahahaha parei por um instante, tirei a toalha de seu rosto e voltei para aquele momento maravilhoso, que estava proporcionando a ele... foi sensacional oferecer tanto prazer assim pra ele... até porque ele nao conhecia a tecnica sobre o colar!

ele me puxa, pra me beijar, e começa a fuder forte minha buceta, e que maravillha pois meu colar ainda estava ali, e ele ainda estava lambuzado de gelzinho... CARALHOOOO so de relembrar isso para escrever aqui... bateu uma saudade que nem sei explicar... enquanto ele socava aquela rola bem forte e fundo na minha buceta eu dizia ao pé do seu ouvido, toda vez que você ver qualquer mulher usando um colar desses na rua, você vai lembrar desse momento... e tenho certeza que assim acontece... pois foi inesquecivel.

depois ele me deita de bruços, pega meu cachecol, amarra minhas mãos para tras e enquanto fazia isso ele dizia pra mim... "Eh meu bem, que delicia você é, vou judiar muito de você agora... está com medo?" eu sem me hesitar respondia "Medo nenhum meu bem, confio em você", ele começa e me beijar, começando pela minha perna bem proximo ao meu pé até o meu bumbum... leves tapas, mordidas, e seus beijos subiam pela minha costa, chegando ate minha nuca e por fim minha boca. cada beijo que recebia desse homem, era uma tortura de prazer, pois eu estava ali, imóvel, a merce de seu desejo, e por incrivel que pareça, eu confio inteiramente nele, e sei que nao seria capaz de me ferir, muito pelo contrario, ele era apenas um escravo do meu prazer... entre beijos, mordidas e tapas, ele metia com força em minha bucetinha... aaahhh... que delicia era... nunca fui de curtir coisas do tipo, mas eu dizia a ele que era meu CHRISTIAN GREY BRASILEIRO... vai saber judiar com prazer assim lá na China... Ele sabe exatamente como me dominar, me judiar e me dar prazer em um só momento... Fudemos, fudemos muito e forte...

como se o mundo inteiro terminasse naquele momento e que nada mais existisse ha nao ser nos dois, aproveitando ao maximo um ao outro...

enfim...

como falei esse foi apenas um resumão de muitas transas maravilhosas que tivemos, se eu fosse escrever exatamente cada detalhe de tudo que ja aconteceu aqui, daria uma serie perfeita de livros....

depois que comecei a escrever esse conto, nós encontramos somente mais uma vez, diria que uma despedida com chave de ouro, com direito a dar-lhe de presente uma grande amiga, mas depois falo especificamente dessa noite...

espero que tenham gostado, e meu bombeiro, quero deixar claro aqui que você é uma pessoa muito especial em minha vida, e jamais vou te esquecer...

um grande beijo pra todos vocês...

Até a proxima!!!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.