"Os mais excitantes contos eróticos"


Gozando com a amiguinha no banheiro.


autor: _any
publicado em: 25/07/17
categoria: hetero
leituras: 2424
ver notas
Fonte: maior > menor


Bom vamos lá, sou Any tenho 19 anos, sou morena, cabelos castanho escuro até a bunda, 1,68 de altura, não sou gorda mas também não sou magrinha kakaka tenho peitão e bundão, e cá entre nos sou muito cobiçada pelos homens e até mulheres.
Esse conto que vou contar foi com uma menina...
Fui numa festa dessas de social com umas amigas, e vodca vai vodca vem, tequila vai tequila vem, comecei a ficar bêbada e tarada quando me deparei que tinha uma menina dançando olhando para mim e se esfregando em mim, ela era magrinha, peitos não tão grande, uma bunda durinha e um sorriso encantador e ao mesmo tempo tentador e safado.
Cada vez mais perto da minha boca, me provocando e eu dançando de boa, quando não aguentei mais tanta provocação, já estava morrendo de tesão, lasquei um beijo naquela boca que pedia para ser beijada.
O beijo estava muito gostoso mas eu precisava de mais, eu já sentia minha calcinha molhada, e eu nunca havia sentido tanto tesão numa mulher.
Havia vários banheiros lá, e tinha um que era só para os organizadores da festa porque era uma suíte dentro da casa da chacara, como eu era muito conhecida dos organizadores pedi para que um deles me deixasse entrar lá com a minha “amiga” (mal sabiam que eu ia é comer ela HA HA HA).
Eu e ela já estávamos muito alterada, com muito tesão, ufaaa, enfim eu podia tocar nela, começamos a nos beijar loucamente e para a minha sorte ela estava de saia, quando subi a saia dela MEU DEUS A SURPRESA ME APARECEU ELA ESTAVA SEM CALCINHA!!!! Quando toquei naquela buceta encharcada de goza eu delirei, ela estava muito molhadinha, ela não perdeu tempo e logo abaixou meu shorts também, eu estava com uma calcinha bem pequena preta com um laço atrás, ela começou a passar a mão no meu corpo inteiro, eu estava em outro mundo.
Quando decidi enfiar um dedinho na bucetinha pequenininha dela, ela soltou um gemidinho no meu ouvido que eu não consegui me conter e enfiei dois dedos, deixando ela bem molhada e cheia de tesão, ela começou a fazer o mesmo comigo.
Eu tenho um peito bem grande, mas ela estava tão excitada que só foi lembrar dos meus peitos mais tarde, eu estava com uma blusinha bem larguinha de alcinha, ela foi tirando as alças e chegando ao meu sutiã, abriu o feixe atrás, e logo encontrou meus enormes peitos durinho e caiu de boa, e eu aumentei o ritmo dos meus dedos quando PUFFFF ela deu uma gemida de satisfeita e gozou gostoso, senti seu melzinho nos meus dedos e não aguentei gozei nos dedos dela também, foi quando ela tirou os dedos da minha buceta e chupou e fazia cara de safada para mim
Já estávamos no auge do prazer que eu precisava cair de boca na buceta dela, peguei ela e coloquei ela em cima da pia, como ela estava sem calcinha abri bem as pernas dela e comecei a chupar aquela maravilha e com a mão rodeando o cuzinho dela, e ela gritava pra eu não parar e pedia pra eu enfiar o dedo no cu dela, foi dito e feito, fiz o que ela pediu e não demorou muito ela gozou na minha boca, e me pediu que eu deixasse no chão e tirou minha calcinha com a boca, nossa eu estava toda arrepiada eu via os pelinhos do corpo dela todo arrepiado também, e quando ela começou a fazer um oral em mim eu via estrelas, e ela chupava o meu clitóris e enfiava dois dedos na minha buceta, depois começou a chupar meu cuzinho e minha bucetinha já toda vermelha de tanto que ela me mordia e sugava, estava piscando e eu mesmo comecei a me tocar, aquelas mãos macias passando no biquinho do meu peito não resisti e gozei na boca dela também, estávamos satisfeitas com tanto prazer que decidimos tomar um bom banho, tomamos nos beijamos mais e logo saímos do banheiro que dava no quarto da chácara, penteei meu cabelo e também o dela, ela pediu meu telefone e falou no meu ouvido que queria gozar muitas outras vezes comigo, senti minha calcinha molhada de novo kkkkk falei para ela que queria também, e logo saímos do quarto, um dos meus amigos veio correndo perguntar se eu estava melhor, eu afirmei com uma clareza obvia que eu estava absurdamente melhor e que a minha amiguinha havia cuidado de mim...
Tivemos outras oportunidades mais isso eu conto em outras oportunidades.

Tenho muitas contos eróticos para contar para você e amo ouvir contos também, se você tem um e quer contar especialmente para mim ou até mesmo contos amorosos ou conselhos entre em contato comigo no meu email any.contos@outlook.com vou amar conversar com vocês...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.