"Os mais excitantes contos eróticos"

 

Minha Primeira Vez - Parte 1


autor: Mari3
publicado em: 01/08/17
categoria: lésbicas
leituras: 1318
ver notas
Fonte: maior > menor


Olá! Apesar de ser muito fã de contos, essa é a primeira vez em que conto algo aqui!

Meu nome é Mari, sou branquinha, cabelos e olhos castanhos, 33 aninhos muito bem vividos, 1,58, tipo gordinha gostosa! Rs..
Sou lésbica assumida desde os 18 anos, e o que não me faltaram foram aventuras!
Apresentação feita. Vamos ao conto! Rs..

Aos 17 anos estava no ensino médio, 1° colegial na época, tinha perdido 1 ano devido à mudança de cidade, enfim.. Como já havia estudado nessa escola, conhecia todos os professores e diretoria e todos ficaram felizes ao me ver, perguntando como estava a vida, o que eu tinha feito naquele tempo fora da escola.. Papo vai, papo vem, acabou rolando uma dinâmica para apresentação e integração entre alunos e professores! Fizeram duas rodas grandes, uma dentro da outra, as pessoas iam girando e quando parava a música você tinha que se apresentar pra pessoa da frente e vice-versa.. Fui me apresentando, girando.. Até que dou de cara com uma delicia de menina! Seu nome era Lavínia, estava no 3° ano, baixinha, branquinha, cabelo comprido, castanho claro e um sorriso de matar qualquer um! Meu coração acelerou! Nos apresentamos e ela disse: “Então você que é a moça nova na cidade? Pelo visto já conhece todo mundo né?!” e eu com toda minha “inocência” disse: “sou sim, e conheço algumas pessoas da outra vez que estudei aqui mas na época você não estava nessa escola, senão com certeza já teria me apresentado pra você” Ela sorriu e a música começou a tocar.. Gira pra cá, gira pra lá e eu torcendo pra cairmos juntas de novo, mas isso não aconteceu! Me senti um pouco frustrada mas tudo bem.. Tinha o ano todo pra seduzir aquela delicinha e ia cair matando, mesmo sem saber nada sobre ela!

Voltamos pra sala de aula e eu fiquei o tempo todo pensando nela, desejando conhecê-la mais e torcendo pra encontrá-la na saída.

Fim de aula, todo mundo saindo e nada dela.. Como era uma cidade pequena ia e voltava a pé.. Então me despedi dos colegas e segui rumo pra casa.. Torcendo pro dia seguinte chegar logo. Quando estava entrando no meu bairro, me virei pra atravessar a rua e quem eu vejo? Lavinia!! Noossaa.. Que felicidade! Ela estava acompanhada de uma menina mais nova, que depois soube ser sua irmã! Disfarcei, peguei o celular, fingi estar falando com minha mãe.. E quando ela chegou perto falei “tá bom mãe, eu volto pra pegar!” e ela me olhando perguntou o que eu estava fazendo por lá, disse que morava ali perto mas que estava voltando pro centro da cidade fazer um favor pra minha mãe! Ela disse “boa menina! Rss.. Eu Tb moro por aqui, naquela rua lá em cima e apontou pra rua, mais tarde vamos andar de bicicleta, eu e minha irmã, se quiser passamos na sua casa te chamar e eu te apresento o bairro” na hora aceitei, expliquei onde ficava minha casa e combinamos um horário.. Logo que ela sumiu virando o quarteirão eu voltei pro trajeto até em casa pra que ela não percebesse que aquilo tinha sido só um teatro pra poder falar com ela… Continua….



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.