"Os mais excitantes contos eróticos"

 

INCESTO AMISH NA PENSILVÂNIA


autor: tigresiltario
publicado em: 05/08/17
categoria: incesto
leituras: 2316
ver notas
Fonte: maior > menor


Oi, meu nome é Carrie, eu moro em Lancaster County, Pensilvânia. Eu sou uma amish, tenho 1,58 m e 52 kg. E vivemos nas varas (não sei se seria o equivalente ao nosso sítio ou chácara), no meio do nada, os vizinhos mais próximos vivem 2 milhas (3,3 km) de distância.

A minha história começa numa manhã de sábado, após o café da manhã, onde meu irmão foi ao celeiro para obter os ovos e o leite da vaca. Ele trouxe todos o ovos na cesta, e foi feito ordenhar as vacas e me chamou para ajudá-lo. Eu abri a porta, mas neguei com a cabeça. Ele veio e disse em alemão: "Venha comigo?"

Por favor, venha. Eu coloquei meu sapato, então saí pela porta e andei até o celeiro. Quando entrei no celeiro onde meu irmão me encontraria, em seguida ele salta de um estábulo vazio e me agarra pela cintura redonda. Ele tapou minha boca com mão dele. A minha mãe e minhs irmã mais velha foram a um evento na cidade. O meu pai e meu irmão mais velho estavam consertando um celeiro para um amigo da família. Meu irmão arrasta-me desde a abertura do celeiro, para a escada e depois me diz para começar a subir a escada. Ele então ele sobe atrás de mim. Quando cheguei ao topo e olhei.

Vejo uma forma de mesa como um Y e corrente pendurado o grânulo do telhado. Eu passo a escada e sobre o chão domonte de feno. Ele me imobiliza, onde ele foi tirando sua roupa, para mostrar um pau meio duro. Ele se volta contra mim, levanta o meu vestido. Ele olhou entre minhas pernas e então grunhiu como ele empurrou para a frente, dirigindo seu pau dentro de mim, passando meus lábios da cona. Seu pau não era tão grande quanto nosso irmão mais velho, mas ele era muito menos paciente do que nosso pai. O pau dele começou a cortar furiosamente dentro e fora de mim. Entrar e sair, então ele tirar o pau da minha boceta. Depois de algumas estocadas, sinto ele gozar na minha boceta.

Ele segura a minha braçadeira, me leva para a mesa e ele diz o meu o ficar na mesa de rosto para baixo, então ele algema o meu braço. Então ele se move para a minha perna é ele tranca a algema na perna, então ele disse que estaria de volta. Ele caminha para a escada, e ele desceu, então eu acho que ele foi para o levar o ovo e leite para a casa. Ele me deixou no monte de feno por uma boa hora. Ele volta para cima, então ele vem para mim, ele aponta para o meu buraco traseiro. Ele empurra o pau para dentro do meu cu. Seu pau começou a cortar dentro e fora de mim furiosamente. Dentro e fora, então ele puxou para fora até que a cabeça de pau foi deixado no lado da minha bunda. Então ele empurra para trás beem duro, ele vai fazer é mais três vezes. Então eu o sinto o gozo. Depois que ele despeja seu esperma na minha bunda.

CAPÍTULO 2

Quatro semanas se passaram, sem problemas com meu irmão. Em um evento de sexta-feira a mãe e pai me disse para mim e meus dois irmãos que eles estão indo para o leilão de ações ao vivo, e eles estavam levando a irmã mais nova com eles. Eles nos disseram para ficar e cuidar da casa e dos animais.

Eles foram às 4:00 e eu estava na cama do quarto, e meu irmão foi alimentar a vaca e as galinhas. Depois dos serviços feitos, eles vieram até o meu quarto e ao abrirem a minha porta, um deles me agarrou em torno da cintura e arrastearam-me para fora da casa e me levaram para o celeiro. Mandaram subir a escada e para o monte de feno.

Então eu cheguei ao topo da escada onde ambos vieram acima da escada e me agarraram, e arrastam-me à corrente que pendura do feixe do telhado. O outro agarraou a minha mão direita, e então ele pegar a minha mão esquerda e travou na outra braçadeira. O outro irmão que me arrastou, passou para trás e foi tirando a sua roupa. E o outro irmão tira uma faca do bolso e, Começou a cortar no topo do meu vestido e corte no chão. Depois cortou-me o soutien e cortou-me a roupa. O outro irmão como é agora bunda nua, caminhe até mim e ficou de joelhos e começou a chupar minha boceta. O outro irmão foi tirando sua roupa, ficando nu. E o que chupa minha boceta para, se levanta e põe pau na minha buceta. Ele empurra tudo . O outro irmão anda atrás de mim, e aponta para o pau no meu cu. Ele começa a empurrá-lo, ele empurra o pau na minha bunda. Então ele puxou para fora, e empurra-lo todo o caminho na minha bunda. Sei que tenho dois pênis dentro e fora dos meus buracos. Eles bombeiam em e para fora de mim por um bom tempo. Então eu sinto o psu na minha bunda, começar a ejacular. Depois dez minutos depois o outro irmão ejacula na minha boceta. Ambos se retiram, e ambos me disseram que se eu contasse para mãe ou pai eles iriam me matar.



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.