"Os mais excitantes contos eróticos"

 

O Psicologo e a paciente tímida pt4


autor: Raskolnikov
publicado em: 08/08/17
categoria: hetero
leituras: 2520
ver notas
Fonte: maior > menor


Dando continuidade a série de contos sempre recomendando a quem não leu que clique no meu nick e leia as partes anteriores. Boa Leitura.

Fiquei algumas semanas sem ter contato com Ana, nem mesmo por whatsapp, eu por ter mais idade que ela quase dez anos mais velho não iria ficar puxando assunto por mensagem, então optei em esperar e nem mesmo ela apareceu em meu consultório. O tempo foi p... assando e pensei que ela já tinha resolvido seu problema de timidez e nem mesmo voltaria a ver a Ana. A vida foi seguindo, até um dia em uma tarde de terça feira a secretária me passa uma ligação: "Dr Eduardo é a mãe da paciente Ana, aquela que consultava mês passado." pedi pra passar a ligação:

- Alo?

- Oi Eduardo tudo bem?aqui é a mãe da Ana tá lembrado?

-Sim claro, como estão as coisas? tudo bem?

- Olha, bem e não. O caso é que a Ana está novamente se fechando no mundinho dela e penso que só você pode dar jeito nisso, eu não sei, quem dera você morasse conosco pois é difícil saber quando ela vai se fechar, as penso em bipolaridade ou algum transtorno de personalidade pois hora ela está normal ,feliz e hora se fecha no quarto dela, fica só no computador ou assistindo séries, escrevendo, só sai pra comer e ir pra aula. Gostaria que você tratasse ela novamente é possível?

-Sem dúvida, só que eu gostaria de frisar que o tratamento não pode ser interrompido a revelia, pois por mais que eu seja psicologo e não psiquiatra a terapia é justamente pra que ela mesma sinta aonde pode melhorar e buscar as respostas em si mesma.

-Claro, eu compreendo. Então amanhã pode atende-la?

-Eu vou transferir pra minha secretária que cuida da agenda e então a senhora já bem certo.

-Muito obrigado você é muiito gentil como sempre.

Desliguei o telefone e senti a alegria de ter aquela menina tão linda e inteligente novamente sozinha comigo, mesmo que não rolasse sexo, só o fato de estar com ela, sentir seu perfume, ouvir sua voz meiga já me deixava feliz. Na noite anterior ela puxou assunto comigo no whatsapp.

- Saudades, muita...

-Eu também Ana, por que sumiu?

-Optei por sumir, amanhã te conto porque, ah não vai rolar nada, estou naqueles dias rsrsrsrs

-tudo bem! eu te espero.

-Mesmo assim tirei uma fotinho pra você com um pijaminha novo, sei que você fica doido com esses pijaminhas de verão então comprei um novo só pra você vê como fica, detalhe estava sem calcinha quando tirei a foto olha.

(a foto chegou e ela estava mais gostosinha do que nunca, o shortinho azul clarinho de bolinha branca motrava bem a pouca da bundinha assim como a blusinha de alcinha realçava o decote, respondi)

-Está linda como sempre, vai ser bom amanhã

-Já estou ansiosa.

Conversamos por mais alguns minutos por whatsapp, trivialidades entre outras coisas até chegar o dia de amanhã. Antes de dormir tomado pelo tesão de ouvir sua voz e ver ela de pijaminha não resisti e gozei gostoso no chuveiro.

No outro fiquei aguardando a chegada dela que seria no período da tarde, a última consulta, exatamente as 16:10 chegou a Ana, entrou na sala, fechei a porta, dei um abraço apertado sentindo o seu perfume e notei que ela demorou a me soltar. Ana estava vestida muito bem vestida, short jeans, meia calça preta, tenha all star, camisa e uma jaquetinha, óculos escuros sobre o cabelo e óculos de grau, aqueles pretos de aro grosso. Sentou-se e começamos a conversar:

-Então Ana, me conte, realmente está tímida novamente ou fingindo pra estar aqui?

-Não sei Edu, acho que um pouco de tudo, mas acho até que isso tem motivo.

- Por que acha isso?

- Sabe, eu nunca me relacionei com ninguém antes de você, só meu vicio por masturbação já era suficiente aí então conheci você a gente fez muito sexo, gozei muito passei a me masturbar todo dia pensando em você o que me da muito tesão, mas acho que é algo mais que sexo, acho que estou apaixonada por você (escorreu uma lagrima) eu nunca tive nem na família um homem atencioso, carinhoso, que gosta do mesmo que eu, que se preocupa e ainda por cima me fode como uma putinha. É isso, queria te falar pessoalmente.

- Eu já imaginava isso porém não tinha certeza, eu não acho correto isso até devido a minha profissão e posição que ocupo porém devo dizer que sinto o mesmo por você

-Séééério? (sorrindo)

-Você é incrível, cada dia mais adoro o sexo com você e nossas brincadeirinhas, adoro me divertir com você e mesmo sendo mais nova nem lembro da sua idade.

-Então era tudo o que eu queria ouvir, vem cá.

Nos levantamentos e começamos a nos beijar, empurrei ela contra a parede e sentir todo tesão que não podia sentir na sua bucetinha vindo da sua língua e no bico rosadinho do seu seio, o máximo que conseguimos foi ficar se pegando com muito tesão no consultório, por fim dei uma puxada forte no seu cabelo derrubando o óculos da teste e disse: "Assim que estiver podendo vamos comemorar" depois em abraço gostoso ela disse baixinho no meu ouvido, acho que te mo. Respondi que também. Passada a euforia nos sentamos e começamos a conversar normalmente agora sobre o comportamento dela em casa e como iriamos fazer pra até ter uma relação:

_ Agora você precisar deixar a timidez totalmente de lado no próximo mês pra sua mãe ter certeza que eu fui bom e continuarei a ser pra você.

-Claro vou fazer isso, logo logo você já vai estar dormindo na minha cama comigo, meu terapeuta, meu amor! e lá você vai poder dormir e acordar comigo vestida do jeitinho que você gosta.

O tempo foi passando, passando e ela já estava totalmente bem, sua mãe ligou novamente pra agradecer por tudo e disse que Ana já havia comentado sobre a possibilidade de termos algo, ela aprovou mas me convidou pra jantar três dias depois. Continuei a conversar com Ana por whatsapp, na noite anterior ao jantar ela me mandou um vídeo no whatsapp dizendo : Olha o que você vai ganhar hoje. Só puxando o shortinho do pijama pro lado se masturbando deixando a bucetinha depiladinha toda melada e no final mostrando o melzinho nos dedos pedia pra eu lamber, obviamente retribui a altura. Até que chegou enfim o dia do jantar e dos assumirmos para a família dela e assim podermos ir adiante mas agora podendo dormir um na casa do outro.

Continua...

SE VOCÊ GOSTOU E TEM SUGESTÕES OU QUER SE CORRESPONDER ESCREVA PARA: escritordecontos80@yahoo.com



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.