"Os mais excitantes contos eróticos"


PERIGO


autor: Wynne
publicado em: 17/08/17
categoria: hetero
leituras: 626
ver notas
Fonte: maior > menor


Com risco é mais gostoso…

Sempre gostei bastante de aventuras e essa rolou com um crush que saio a bastante tempo. Como temos horários apertados sempre que sobra tempo marcamos algo e o sexo rola onde estivermos, nesse dia rolou no prédio dele rs rs, calma que eu explico. Primeiro vou me apresentar, sou a Dany, sou magra, tenho seios médios e como faço ballet tenho bunda e pernas bem gostosas que deixam meu “amigo” maluco, o nome dele é Rafael, alto, branco e com barba e dono de um pau delicioso.

Neste dia marcamos de nos encontrar no apartamento onde ele mora com os pais, que deveriam estar na igreja, mas para nossa infelicidade eles não foram. Ao chegar ele foi logo me dando essa má notícia, mas me falou que as escadas do prédio dele eram bem vazias, fiquei com receio, mas a aventura me fez ficar excitada, decidimos subir de elevador até o quinto andar e quando estávamos no terceiro andar do nada o elevador parou e apagou as luzes, de início eu fiquei com medo, mas logo o porteiro ligou para o Rafael e nos comunicou que tinha faltado luz e que o gerador estava com problemas que em pouco tempo ele irá ser consertado e que voltaria ao normal. Ficamos ali nos olhando esperando até que senti as mãos dele me apertando, tocando nos meus seios por cima da blusa, comecei a ficar excitada e logo fui dar um beijos bem gostoso em sua boca, ficamos nos beijando. Não percebi mas o safado já tinha tirado o pau pra fora, e colocou minha mão sobre ele, não resisti e fui logo me abaixando e comecei a mamar aquele pau gostoso, podia sentir cada veia daquele pau gostoso enquanto chupava, nossa, ele me puxou e me dou um beijo bem gostoso, me virou e foi logo abaixando meu short e minha calcinha até meu joelho, logo me empinei toda, já estava molhada e fiquei esperando aquele pau gostoso, mas ele me surpreendeu, pois em vez do pau eu pude sentir a sua boca, que chupava e sugava minha xota, lambendo bem gostoso minha xotinha e meu cuzinho, tentava me controlar mas, os gemidos estavam começando a ficarem altos. Ele subiu e foi lando me penetrando com aquele pau gostoso e começou a meter bem gostoso, podia sentir aquele pau entrando e saindo, nossa, como comecei a gemer alto, ela tapava minha boca, porém quando estava bem gostoso, a energia voltou.

Nos arrumamos e ao chegar no quinto andar fomos direto para as escadas onde não perdi tempo, fui logo abaixando meu short e me virando, dava sentir quão molhada estava, ele não perdeu tempo e foi logo encaixando aquele delicioso cacete em mim, ficamos um tempo em pé metendo até que meu deu vontade de quicar gostoso naquele pau, ele tirou a camisa e colocou no chão se sentou e eu fui sentando de costas, bom demais poder ir sentando devagar ir controlando o ritmo com que eu subia e descia, quivacava bem gostoso e cada vez mais rápido a medida que ele gemia bem gostoso, me chamando de putinha, puxando meu cabelo, acabei gozando, mas ainda continuava com tesão. Pretendia continuar ali, porém eu tinha gemido um pouco alto (rs rs) na hora que gozei, e com medo de sermos pegos, novamente tivemos que mudar de local.

Dessa vez fomos pra quadra do prédio que estava vazia e escura, tinha uns bancos que aproveitamos pra continuar nosso sexo, estava louca de tesão e decidimos arriscar ainda mais, tirei meu short e blusa botei em um dos bancos me sentei, botei minha pernas para o alto e ele logo entendeu e veio me chupar bem gostoso, estava enlouquecendo com aquela língua me chupando, lambendo, sugando, dando lambidas bem boas no meu grelinho, enquanto chupava ele ia metendo o dedo na minha xotinha, fazendo um vai e vem bem gostoso, não podia dar em outra, acabei gozando em sua boca. Rafael então me botou em seu colo e começou a me beijar, a morder meu pescoço e a mamar meus seios, mordendo o biquinho enquanto de leve ia me tocando, logo já estava querendo mais pau, então sentei de frente para ele e encaixei aquele pau novamente em minha xota, porém o banco não ajudava, então ele sugeriu eu colocar minhas pernas em seu ombro, nunca tinha feito isso e fiquei impressionada como aquele posição era gostosa(procura uma cadeira para dois kama sutra e irão ver como é) , ele segurava bem gostoso o meu quadril, ficamos assim bastante tempos, má ele me falou que queria gozar vendo minha bunda.


Apesar de cansada sabia que ele estava merecendo pois tive gozadas bem gostosas, então sentei novamente de costas para ele e comecei a kikar bem gostoso naquele pau que já dava sinais de que iria gozar fui aumentando a velocidade pois tbm estava sentindo prazer, ele então começou a dar tapas em minha bunda e de vele ia brincando meu cuzinho, não pude resistir e acabei gozando. Ele deu sinais que iria gozar então me virei rapidamente e chupei bem gostoso aquele pau que acabou enchendo bem gostoso em minha boca de gozo, engolir tudinho, nos vestimos e quando ia saindo percebi que outro casal também estava se aproveitando do “prédio” mas isso fica pra outro conto...



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.