"Os mais excitantes contos eróticos"


Minha sogrinha


autor: carioca1978
publicado em: 22/08/17
categoria: coroas
leituras: 4080
ver notas
Fonte: maior > menor


Oi, me chamo Fernando, tenho 1,68 e cabelos castanhos e olhos castanhos, vou contar uma história de uns anos atrás, quando ainda namorava. Todos os nomes são fictícios

Namorei quase dois anos uma menina bonita, morena e alta, chamada Gabriela, mas no primeiro almoço com os pais dela, vi que sua mãe era a real beleza da casa! Seus seios fartos e as pernas fortes ficavam marcadas no vestido justo que usava, era preto e com um decote enorme! Me senti atraído por ela no momento em que a vi, e ela já sabia o que iria acontecer.

Passado um tempo, fui buscar Gabi em sua casa para tomar um suco em um restaurante novo, bati na porta e sua mãe atendeu, se chamava nicole e estava de calça justa e top, meio molhada de suor, quando eu vi tudo aquilo meu pau começou a ficar duro, marcando a calça jeans que eu usava.

Ela me convidou para entrar, e tomar uma água já que Gabi estava atrasada na escola de inglês, depois pediu que a ajudasse a colocar os pesos da academia (que ficava no porão) no lugar, descemos juntos e quando peguei um dos pares e me levantei, ela estava com a bunda na minha cara, e descobri que estava sem calcinha, com a calça marcando seus contornos!Tomei tanto susto que derrubei os pesos, ela já olhava para mim com aquela cara de paixão proibida, e viu que eu entrava cada vez mais em seu jogo.

Ficando naquela mesma posição, ela tirou a calça devagar, rebolando sensualmente, eu já não me aguentava e fui de encontro a ela, deitamos no chão e ficamos pelados, trocávamos beijos apaixonados, carícias e carinhos de amor.

Ela arrancou minha calça e foi de encontro ao meu pau, vendo que já estava duro o suficiente e que nem precisaria bater pra mim, já colocou-o na boca, primeiro só a cabeça, lambendo envolta, me deixando com ainda mais tesão! Depois começou a colocar tudo na boca (meu pau deve medir 18 cm, e estou muito satisfeito com ele) ficou assim até perceber que eu estava tremendo de tanto tesão, então tirou o pau de sua boca, e me deu um beijo de língua, estava toda melada, da boca ao pescoço, mas a sensação foi de prazer máximo, em seguida colocou a camisinha em mim e montou com sua bunda virada para mim, rebolando no meu pau, ela gritava pelo meu nome é gemia como nunca, então coloquei-a de quatro e comecei a comê-la de verdade, pegava nos seus leitos e falava como ela era gostosa em seus ouvidos, ficamos ali, indo e vindo até que meu pau começou a crescer, que estava prestes a gozar, falei pra ela que estava próximo, então ela tirou minha camisinha é colocou meu pau em sua boca, chupando com vontade até que soltei tudo que tinha dentro de mim, ela conteve a maior parte do gozo, mas outra parte escorria pelos cantos de seus lábios pelo pescoço, ou caia em seus peitos maravilhosos que já havia chupado tanto e com tamanho prazer! Entramos numa ducha que ficava ali perto, enquanto nos limpávamos, me ajoelhei e chupei sua buceta com vontade, afim de deixá-la satisfeita após ter feito tudo pra mim, fiquei lá, com aquele cheiro de mulher, e quanto mais lambia, chupava e brincava com meus dedos, mais ela enterrava meu rosto com suas mãos, e assim ficamos, até ela começar a tremer e ficar toda molhada, com o líquido escorrendo pelas pernas, limpei-a primeiro, depois levantei e deu um beijo nela, nos secamos e esperamos Gabi na cozinha, quando ela chegou, disse tchau para Nicole e saímos da casa.
Até hoje lembro da Nicole!!!!



ver comentários

Aviso:

Todos os comentários aqui exibidos são de inteira responsabilidade do comentarista. O site Clímax Contos Eróticos deixa claro nas suas normas que manifestações de pedofilia, racismo ou de qualquer outro teor ilícito serão banidas, assim como seus autores. Publicações ou comentários ofensivos aos demais membros poderão ser removidos.

Faça um comentário:



Sua nota para este texto:

Quero receber email sobre novos comentários.